Casos de uso do Content Migration Tool do Tableau

O Content Migration Tool do Tableau, como o nome sugere, é usado principalmente para migrar o conteúdo do Tableau Server de um site para outro. No entanto, existem muitos recursos na ferramenta que a tornam ideal para realizar várias tarefas relacionadas à migração e manutenção de conteúdo.

Observação: em muitos dos casos de uso, usamos o termo migração para descrever a movimentação de conteúdo de um ambiente, site ou projeto para outro. No entanto, tecnicamente o Content Migration Tool copia o conteúdo e não exclui nem arquiva automaticamente o conteúdo original ou de origem.

Os casos de uso descritos abaixo são alguns casos de uso comuns para os quais o Content Migration Tool é útil:

Promoção de conteúdo

Você pode usar o Content Migration Tool para criar conteúdo em sites de desenvolvimento e fazer migrações rotineiras para ambientes de preparo ou produção.

Siga estas etapas para promover conteúdo em ambientes de produção:

  1. Crie um plano e selecione o site usado para desenvolvimento como origem e o site de preparo ou produção como destino. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo que você deseja migrar do site de origem. Você pode selecionar projetos inteiros, pastas de trabalho específicas e fontes de dados, bem como as permissões do usuário. Para obter mais informações, consulte Planejamento no tópico Visão geral do plano de migração.

  3. Se você precisar fazer alterações ou transformações no conteúdo durante essa migração, também pode fazer essa configuração no plano. Isso é conhecido como Mapeamento. Os tipos de mapeamento que você pode fazer incluem:

    • Alterações nas pastas de trabalho: incluindo renomear as pastas de trabalho e alterar o projeto de destino. Para obter uma lista completa de transformações da pasta de trabalho, consulte Planos de migração: pastas de trabalho.

    • Alterações nas fontes de dados: inclui a substituição dos nomes de tabela ou esquema, configurações de fórmulas de cálculo e definição das informações de conexão. Para obter uma lista completa de transformações das fontes de dados, consulte Planos de migração: pastas de trabalho (fontes de dados inseridas) e Planos de migração: pastas de trabalho (fontes de dados publicadas).

    • Alterações nos usuários: inclui alterações de domínio, usuário e nome de grupo no destino.

  4. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

  5. Para agendar essa ação para ser executada regularmente, você pode criar um script como trabalho usando o Executor do Content Migration Tool e agendá-lo. Para obter mais informações sobre como usar o Executor do Content Migration Tool, consulte Utilização do Runner de console Content Migration Tool do Tableau.

Personalização de conteúdo para clientes

Ao trabalhar em um cenário de consultoria, você pode personalizar o conteúdo para cada um dos clientes usando o Content Migration Tool. Cada pasta de trabalho funciona como modelo para o plano de migração, permitindo que você aplique estilo (texto, imagens, etc.) e substitua fontes de dados para clientes específicos.

Siga estas etapas para personalizar o conteúdo para os clientes:

  1. Crie um plano e selecione o site de produção como origem e o site do cliente como destino. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Na etapa etapa Pastas de trabalho do Plano de migração, use mapeamentos e transformações de pasta de trabalho para personalizar o conteúdo. Veja abaixo os dois exemplos de transformações utilizadas com frequência. Para obter uma lista completa de transformações da pasta de trabalho, consulte Planos de migração: pastas de trabalho.

    • Para personalizar o conteúdo, você pode usar as transformações Substituir imagem e Substituir texto para atualizar a pasta de trabalho com o nome e logotipo da empresa de um cliente.

    • Quando se trata de fontes de dados, você pode usar as transformações Substituir nome de tabela/esquema ou Definir SQL personalizado para modificar o conteúdo do cliente.

  3. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

Migração de conteúdo

Você pode usar o Content Migration Tool para migrar conteúdo entre as implantações do Tableau Server.

Siga estas etapas para migrar conteúdo entre as implantações do Tableau Server:

  1. Crie um plano e selecione o site em que deseja migrar como site de origem. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo que você deseja migrar do site de origem. Você pode selecionar projetos inteiros, pastas de trabalho específicas e fontes de dados, bem como as permissões do usuário.

  3. Crie mapeamentos de permissões do usuário para personalizar e proteger o conteúdo. Para obter mais informações, consulte Planos de migração: mapeamento de permissões do usuário.

  4. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

Dicas
- Você pode migrar o conteúdo em etapas, testar e validar o conteúdo iterativamente antes de concluir a migração final. Não há tempo de inatividade do servidor quando você usa esse método de migração. Pode ser uma substituição para importação/exportação do site.
- A migração do Content Migration Tool não lida com credenciais inseridas, assinaturas e exibições personalizadas. Esses itens precisam ser migrados manualmente.

Compartilhamento de conteúdo externo

Você pode usar o Content Migration Tool para compartilhar conteúdo interno com colaboradores externos, sem permitir o acesso ao site. Isso mantém os dados seguros e permite que você publique apenas as pastas de trabalho e fontes de dados selecionadas. Após compartilhar o conteúdo, os colaboradores entram no site do Tableau Server ou do Tableau Online para exibir e fazer alterações, sem afetar o conteúdo armazenado no Servidor interno.

Antes de continuar, verifique se o conteúdo que você está compartilhando é compatível entre os sites internos e externos. Normalmente, o site externo deve executar a mesma versão (2019.X, 2020.X, etc) do Tableau Server ou posterior. Para saber mais sobre compatibilidade, consulte Tornar as pastas de trabalho compatíveis entre as versões na ajuda do Tableau Desktop.

Siga estas etapas para compartilhar conteúdo externamente:

  1. Trabalhe com o administrador externo do Tableau Online ou do Tableau Server para determinar uma conta de usuário que tenha direitos de publicação no site externo. Você usará essa conta de usuário para criar o plano de migração. Para obter mais informações, consulte Definir funções dos usuários no site e Permissões.

  2. Prepare o conteúdo interno. Como prática recomendada, é indicado separar o conteúdo no servidor interno para um projeto, com permissões bloqueadas e regras de governança rígidas. As pastas de trabalho e fontes de dados devem ser claramente rotuladas para indicar que o conteúdo é para uso externo. Para obter mais informações, consulte Usar projetos para gerenciar o acesso ao conteúdo.

    Observação: o conteúdo compartilhado com sites externos deve usar extrações de dados, a menos que a fonte de dados seja acessível publicamente. Para obter informações sobre a criação de extrações e a substituição de fontes de dados, consulte Extrair os dados e Substituir fontes de dados na ajuda do Tableau Desktop.

    Se você implementou a segurança de nível de linha, essas fontes de dados devem ser atualizadas para refletir os filtros de usuário e outros detalhes do site externo. Para obter mais informações sobre a segurança de nível de linha, consulte Restringir acesso no nível de linha dos dados na ajuda do Tableau Desktop.

  3. Crie um plano e selecione o site interno como origem e o site externo do Tableau Online ou do Tableau Server como destino. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  4. Selecione o conteúdo que você deseja compartilhar com o site externo. Você pode selecionar projetos inteiros, pastas de trabalho específicas e fontes de dados, bem como as permissões do usuário.

  5. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

Validação de migrações de banco de dados

Este caso de uso é quando você pretende validar o conteúdo após uma migração dos bancos de dados subjacentes. Um exemplo de migração de banco de dados é a mudança do SQL Server para o Snowflake. O CMT pode ajudar você a validar se o conteúdo criado com base em ambas as fontes de dados é o mesmo antes de finalizar sua migração, mas não pode executar a migração real do banco de dados.

Siga estas etapas para validar as migrações de banco de dados:

  1. Crie um plano e selecione o site do Tableau Server que você usará como origem. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo em que você deseja alterar a fonte de dados ou as conexões de banco de dados e selecione um novo projeto como destino. Vamos chamar o projeto de origem de Projeto A e o novo ou o projeto de destino de Projeto B.

  3. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

  4. Atualize o conteúdo no Projeto B com as novas conexões de banco de dados ou substitua as fontes de dados. Isso precisa ser feito manualmente por meio da criação.

  5. Teste cada pasta de trabalho no Projeto A com a cópia no Projeto B e revise quanto a inconsistências nos dados em decorrência da alteração na fonte de dados.

  6. Após confirmar que tudo está funcionando como esperado, substitua o conteúdo no Projeto A pelo o conteúdo atualizado no Projeto B.

Importante! Se o conteúdo já existir no projeto de destino e você não selecionar a opção substituir, o conteúdo não será copiado para o projeto de destino.

Migração de conteúdo geográfico

Se você estiver mantendo um ambiente geograficamente distribuído de vários servidores, você precisará que parte desse conteúdo seja compartilhada e disponibilizada em todos os servidores. Este caso de uso descreve como migrar conteúdo entre servidores do Tableau em diferentes regiões geográficas. O Tableau Server pode estar no mesmo país ou em todos os continentes.

Práticas recomendadas:
- Recomendamos migrar o conteúdo em uma direção, o que significa apenas Primário para Secundário. Neste caso, usamos o termo Primário para indicar o Tableau Server de origem e Secundário para indicar o destino. Você pode ter um ou mais destino.
- Recomendamos priorizar o conteúdo que você mais precisa em múltiplas regiões geográficas.

Siga estas etapas para migrar entre os sites do Tableau Server distribuídos em diferentes regiões geográficas:

  1. Crie um plano no servidor Primário. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo que você deseja compartilhar entre o Primário e o Secundário.

  3. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

  4. Para agendar essa ação para ser executada regularmente, você pode criar um script como trabalho usando o Executor do Content Migration Tool e agendá-lo. Para obter mais informações sobre como usar o Executor do Content Migration Tool, consulte Utilização do Runner de console Content Migration Tool do Tableau.

  5. Revise o conteúdo na origem periodicamente para determinar se novos itens devem ser adicionados ao plano de migração.

Tarefas de manutenção

Você pode usar o Content Migration Tool para executar diversas tarefas de manutenção.

Marcação de conteúdo obsoleto

Usando o Tableau Content Migration Tool, você pode gerenciar o conteúdo obsoleto para arquivamento. Por exemplo, construa um plano que seja executado em um cronograma regular que pode pegar automaticamente o conteúdo marcado como Conteúdo desatualizado e movê-lo para um Projeto de arquivamento. Depois de um certo período de tempo, as informações nesse projeto poderão ser eliminadas do sistema. Para obter mais informações, consulte Planos de migração: pastas de trabalho.

Restauração de conteúdo

Você pode usar o Content Migration Tool para restaurar o conteúdo removido (acidentalmente ou de propósito) do Tableau Server de produção com o conteúdo de um Servidor de backup. O processo de restauração é simples e não requer tempo de inatividade, em comparação à restauração com um arquivo de backup.

Siga estas etapas para restaurar o conteúdo de um Servidor de backup:

  1. Crie um plano e selecione o Tableau Server de backup como origem e o Servidor de produção como destino. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo que você deseja restaurar do Tableau Server de backup.

  3. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

  4. Revise o conteúdo no Servidor de produção.

Backup parcial

Se você seguir um plano de recuperação de desastres, o Content Migration Tool pode ser usado para manter um ambiente do Tableau Server de backup. Você pode usar o Content Migration Tool para realizar backups parciais, transferindo novos conteúdos da produção para o Tableau Server de backup. Realizar backups parciais mantém o ambiente de backup atualizado e pronto para failover. Se você não tiver configurado um ambiente do Tableau Server de backup, consulte o whitepaper Recuperação de desastres do Tableau Server para obter mais informações

Observação: antes de realizar um backup parcial, entenda as Limitações de migração ao usar o Content Migration Tool. Você ainda pode precisar realizar um backup completo periodicamente e restaurar para o backup todo o conteúdo do Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Executar um backup e uma restauração completos do Tableau Server

Siga estas etapas para realizar um backup parcial do conteúdo:

  1. Crie um plano e selecione o Tableau Server de backup como origem e o Servidor de produção como destino. Para obter mais informações, consulte Criar um plano no tópico Visão geral do plano de migração.

  2. Selecione o conteúdo em que você deseja fazer backup. Você pode selecionar projetos inteiros, pastas de trabalho específicas e fontes de dados, bem como as permissões do usuário. Para migrar apenas conteúdo novo, verifique se as opções de publicação Substituir pastas de trabalho mais recentes e Substituir fontes de dados mais recentes não foram selecionadas. Para obter mais informações, consulte Planos de migração: pastas de trabalho.

  3. Verifique e execute o plano. Quando estiver pronto, clique em Verificar e executar para encerrar a fase de Planejamento da migração e preparar-se para executar o plano.

  4. Para agendar essa ação para ser executada regularmente, você pode criar um script como trabalho usando o Executor do Content Migration Tool e agendá-lo. Para obter mais informações sobre como usar o Executor do Content Migration Tool, consulte Utilização do Runner de console Content Migration Tool do Tableau.

Agradecemos seu feedback!