Instalações distribuída e de alta disponibilidade do Tableau Server

A forma mais simples de executar o Tableau Server é instalar um nó único. Com esse tipo de instalação você terá um Tableau Server completamente funcional, com todos os processos do Tableau Services Manager (TSM) e do Tableau Server executados nesse nó único, mas essa pode não ser a melhor forma de usar o Tableau Server. A instalação do Tableau fica a seu critério, com base nas necessidades da sua empresa e nos seus recursos; adicione nós e configure o Tableau para alta disponibilidade. As opções de instalação incluem:

  • Instalação de nó único—Esse tipo de instalação é razoável para testar, executar avaliações e para ambientes que aceitam tempos de inatividade ocasionais e disponibilidade de sistema devido a falta de redundância. Todos os processos do servidor são executados em uma única máquina. Há menos redundância e medidas de segurança no caso de um problema com um dos processos de servidor. Além disso, é necessário garantir que o computador em que o Tableau Server será instalado possui os recursos necessários para suportar os processos e demandas dos usuários e dos dados.

  • Instalação distribuída—Esse tipo de instalação também é chamado de instalação de vários nós e requer vários computadores para instalar e executar os processos do servidor nos nós distribuídos. Espalhar os processos de servidor por vários nós pode aumentar a confiabilidade e eficácia do Tableau Server ao fornecer redundância e potência de computação adicional. Com a configuração adequada, uma instalação distribuída também pode fornecer um failover de repositório automático. Para obter informações sobre failover, consulte Failover de repositório.

  • Instalação de alta disponibilidade (HA, High Availability)—Uma instalação de alta disponibilidade do Tableau Server é um tipo especial da instalação de vários nós, com um mínimo de três nós e várias instâncias dos processos principais (Repositório, Processador de dados/Repositório de arquivos [hyper], Serviço de coordenação e Serviço de arquivo do cliente) em diversos computadores. Com esse tipo de instalação, há uma redundância integrada dos processos principais, incluindo vários Armazenamentos de arquivo e Failover de repositório automático. O objetivo é minimizar o tempo de inatividade do sistema, eliminando pontos únicos de falha e permitindo, sempre que possível, a detecção de falhas com failover.

    Ainda pode ocorrer tempo de inatividade, no caso de uma falha inicial do nó. Painéis e exibições podem carregar mais lentamente do que o esperado, e tempos limite são possíveis, dependendo de como seu sistema está configurado e sendo usado. Para obter mais informações sobre a falha inicial do nó, consulte Se um nó inicial falhar abaixo.

O primeiro computador no qual você instalou o Tableau, o "nó inicial”, tem algumas características únicas. Três processos executam apenas no nó inicial e não podem ser movidos para qualquer outro nó exceto em uma situação de falha, o Serviço de Licença (Gerenciador de licenças), o Serviço de Ativação e o Controlador do TSM (Controlador de administração). O Tableau Server inclui um script que automatiza a movimentação desses processos para um dos outros nós existentes, para que obtenha acesso completo de volta ao TSM e mantenha o Tableau Server em execução.

Dois outros processos são inicialmente incluídos no nó inicial, mas podem ser adicionados ou movidos para nós adicionais, o CFS (Serviço de arquivos do cliente) e o Serviço de coordenação. Dependendo de como sua instalação foi configurada com o CFS e o serviço de coordenação, você também pode precisar tomar medidas para reimplantá-los.

Para obter informações sobre como mover o serviço de licenciamento e o controlador TSM do nó inicial para outro nó, consulte Recuperar-se de uma falha no nó inicial abaixo.

Pré-requisitos

Estas instruções supõem que o cluster atende os Requisitos distribuídos.

Observação: todos os nós em um cluster de vários nós devem ter o mesmo tipo de sistema operacional. Você não pode instalar uma instância de vários nós do Tableau Server em uma combinação de nós do Linux e do Windows.

Licenciamento

Você deve ter uma chave do produto válida para o Tableau Server. O tipo de licença que você tem pode determinar em quantos nós você pode instalar o Tableau. Não é possível usar uma chave do produto de teste para uma instalação distribuída do Tableau Server. Para obter mais informações sobre licenciamento, consulte Visão geral do licenciamento.

Criar uma instalação distribuída do Tableau Server

Estas são as etapas a serem seguidas para criar uma instalação distribuída do Tableau Server:

  1. Comece com a instalação do Tableau Server no nó inicial.

    Para obter detalhes, consulte Instalação e configuração do Tableau Server.

  2. Gere um arquivo de configuração do nó (bootstrap) no nó inicial.

    Para obter detalhes, consulte Gerar o arquivo bootstrap do nó.

  3. Instale o Tableau Server em um nó adicional usando o arquivo bootstrap do nó.

  4. Configure o nó adicional com os processos que deseja executar nele.

  5. Repita as Etapas 3 e 4 para todos os nós adicionais que deseja instalar.

  6. Implante um novo ensemble do Serviço de coordenação.

    Para obter mais informações, consulte Implantar um ensemble do Serviço de coordenação.

  7. Adicione o Serviço de arquivo do cliente a cada nó que está executando o Serviço de Coordenação.

    Para obter mais informações, consulte Configurar Serviço de arquivo do cliente.

Criar uma instalação de alta disponibilidade no Tableau Server

Uma instalação de alta disponibilidade do Tableau Server é um tipo especial de instalação distribuída, projetada para acomodar falhas nos componentes principais do servidor sem a perda da funcionalidade do servidor. Para criar essa instalação, siga as mesmas etapas usadas para criar uma implantação distribuída, mas inclua etapas adicionais, para que a implantação se torne altamente disponível. As etapas adicionais incluem ao menos dois nós adicionais (para garantir um mínimo de três nós no cluster), a adição de uma segunda instância do repositório e de uma segunda instância do processador de dados/repositório de arquivos, incluir processos de gateway adicionais e e a implantação de um ensemble do Serviço de Coordenação. Além disso, é possível adicionar um balanceador de carga para distribuir solicitações entre os processos de gateways.

Em um nível mais alto, estas são as etapas seguidas para criar uma instalação de alta disponibilidade do Tableau Server:

  1. Comece com a instalação do Tableau Server no nó inicial.

    Para obter detalhes, consulte Instalação e configuração do Tableau Server.

  2. Gere um arquivo de configuração do nó (bootstrap) no nó inicial.

    Para obter detalhes, consulte Gerar o arquivo bootstrap do nó.

  3. Instale o Tableau Server em ao menos um nó adicional usando o arquivo bootstrap do nó.

    Para obter mais informações, consulte Instalar e configurar um nó adicional.

  4. Configure cada nó adicional com os processos que deseja executar nele. Isso deve incluir uma segunda cópia do repositório do Tableau Server e uma segunda cópia do processador de dados e repositório de arquivos, assim como instâncias adicionais do gateway.

    Para obter mais informações, consulte Configurar o nó adicional.

  5. Implante um ensemble do Serviço de coordenação.

    Para obter mais informações, consulte Implantar um ensemble do Serviço de coordenação.

  6. Adicione o Serviço de arquivo do cliente a cada nó que está executando o Serviço de Coordenação.

    Para obter mais informações, consulte Configurar Serviço de arquivo do cliente.

  7. (Opcional) Configure um balanceador de carga.

    Para obter mais informações, consulte Adicionar um balanceador de carga.

Parar mais detalhes, consulte Exemplo: Instalar e configurar um cluster HA de três nós.

Se um nó inicial falhar

Se houver um problema com o nó inicial e você tiver processos redundantes em seus outros nós, não há garantia de que o Tableau Server continuará em execução. O Tableau Server pode continuar em execução por até 72 horas após uma falha inicial do nó, antes que a falta do serviço de licenciamento afete outros processos. Se afetar, seus usuários ainda poderão fazer logon, ver e usar seus conteúdos depois da falha no nó inicial, mas você não poderá reconfigurar o Tableau Server, pois não tem acesso ao Controlador de administração.

Mesmo quando configurado com processos redundantes, é possível que o Tableau Server não continue a funcionar após a falha do nó inicial. Isso acontece mesmo quando uma instalação é configurada para alta disponibilidade. Isso significa que é necessário mover os dois processos exclusivos para outro nó em execução o mais rápido possível. Se o seu nó inicial falhar por motivos que sejam recuperáveis em uma quantidade de tempo relativamente pequena (por exemplo, uma falha no hardware que você pode corrigir), em primeiro lugar, tente ativar o nó novamente sem usar o procedimento abaixo.

Recuperar-se de uma falha no nó inicial

Com uma instalação do Tableau Server, o nó inicial inclui dois serviços que estão instalados apenas nesse nó, o serviço de licença e o Controlador de TSM. Se houver um problema com o nó inicial, o Tableau Server pode para de funcionar, mesmo se estiver configurado para alta disponibilidade. Para se recuperar de uma situação de falha do nó inicial, é possível mover o Controlador TSM e o Serviço de licença para um dos nós adicionais já configurados. Isso permite se recuperar da falha com recursos já existentes no cluster. Não é necessário configurar um nó inicial passivo caso o nó inicial falhe.

Para obter detalhes sobre como se recuperar de uma falha no nó inicial, consulte Recuperação de falha no nó inicial.

Configurar um ensemble do Serviço de coordenação em nós adicionais

A configuração de um Serviço de coordenação em vários nós fornece duplicação adicional de processos e, portanto, reduz a possibilidade do tempo de inatividade do servidor devido a um problema com um dos nós do Serviço de coordenação. Para obter detalhes sobre como implantar um ensemble do Serviço de coordenação em um cluster, consulte Implantar um ensemble do Serviço de coordenação.

Adicionar o CFS (Serviço de arquivo do cliente) a nódulos adicionais

O Tableau Server exige pelo menos uma instância do CFS (Serviço de arquivo do cliente). Adicionar instâncias adicionais de CFS a outros nós fornece duplicação adicional de processos e, portanto, reduz a possibilidade do tempo de inatividade do servidor devido a um problema com um dos nós de CFS. Recomendamos que você configure uma instância do CFS (Serviço de arquivo do cliente) em cada um dos nós em que o Serviço de coordenação está implantado. Para obter detalhes sobre como configurar o CFS em outros nós, consulte Configurar Serviço de arquivo do cliente.

Verificação da licença de serviço do Tableau Server

Uma série de processos é instalada quando você instala o Tableau Server. Alguns destes processos dependem da existência de uma licença do Tableau Server válida, enquanto outros processos instalados não. O subconjunto do Tableau Server, que exige uma licença do Tableau Server válida, é considerado um "processo licenciado".

Quando um processo licenciado é iniciado ou reiniciado, ele verifica com o serviço do Gerenciador de licenças do Tableau Server no nó primário a existência de uma licença válida. Quando o Gerenciador de licenças valida a licença, o processo é totalmente funcional e capaz de responder às solicitações de outros processos doTableau Server. Depois que um processo licenciado receber uma confirmação do Gerenciador de licenças, ele não precisará confirmar novamente a licença por 72 horas ou até que o processo reinicie. Se o processo não conseguir verificar a licença (por exemplo, se o nó primário não estiver disponível), ele não funcionará, mas continuará a verificação da existência de uma licença válida até que ela seja confirmada. Para visualizar quando ocorreu a verificação de licenciamento mais recente, consulte os arquivos de log na pasta ou diretórioProgramData\Tableau\Tableau Server\data\tabsvc\logs\licensing . Para obter mais informações sobre processos licenciados, consulte Processos licenciados.

 

Outros artigos nesta seção

Agradecemos seu feedback!