Trabalhar com arquivos de log

Criar arquivos de registro é uma parte regular das atividades do Tableau Server. Os arquivos de registro do servidor podem ser necessários ao solucionar problemas com o Tableau Server ou se o Suporte do Tableau solicitar os registros para ajudar a resolver um problema.

É possível criar um arquivo de registro compactado por meio do comando tsm maintenance ziplogs. O arquivo compactado contém cópias dos registros que podem ser descompactadas e examinadas ou enviadas para o Suporte do Tableau. Depois de criar uma cópia do arquivo, você pode excluir o arquivo do servidor. Para obter mais informações sobre arquivos de registro, consulte Instantâneos do arquivo de log (Arquivar logs).

Este conjunto de tópicos fornece informações sobre como criar arquivo de logs, o conteúdo de arquivos de registro específicos e detalhes sobre quando e como verificar um log.

Conteúdo de registros do Tableau Server

Todos os processo do Tableau Server grava informações sobre o que está fazendo com seu próprio arquivo de registro. Cada um fornece informações detalhadas sobre as ações de cada processo. Juntos, esses arquivos de registro contêm informações detalhadas sobre a comunicação interna entre componentes do Tableau Server enquanto processam as solicitações dos usuários ou executam tarefas automatizadas. Os registros do Tableau Server contêm apenas informações técnicas úteis para a solução de problemas; o status de diferentes componentes, as ações tomadas por diferentes processos, as tentativas de comunicação, as consultas ao banco de dados (sem incluir resultados) e os tempos de solicitações, por exemplo.

Os arquivos de registro podem conter alguns dados específicos, como nomes de servidores de banco de dados, bem como seus endereços e portas IP, nomes ou endereços IP dos computadores do Tableau Server e URLs e nomes das pastas de trabalho e exibições acessadas pelos usuários.

Os arquivos de registro não contêm dados confidenciais do cliente, como senhas, resultados das consultas ou dados mostrados nas exibições.

O comando tsm maintenance ziplogs permite que os usuários não apenas gerem um arquivo compactado com arquivos de registro, mas também incluam dados do repositório do Tableau Server se a opção -d for especificada. O repositório contém metadados do Tableau Server (por exemplo, nomes de usuário, grupos, projetos, permissões no Tableau Server, agendas de atualização de extração). O repositório também inclui informações de layout e conexão para as pastas de trabalho, mas não tem dados como senhas, dados reais do banco de dados ou dados mostrados na exibição.

Os dados mostrados em exibições vêm de arquivos de extração ou bancos de dados, e são armazenados em cache na memória. Eles não são salvos em registros ou, no caso de conexões em tempo real, em arquivos separados em computadores do Tableau Server. Os arquivos de extração são armazenados nos computadores do Tableau Server como arquivos .hyper na pasta dataengine, mas nunca são incluídos no arquivo de registro compactados

Investigação de problemas do Tableau Server

A variedade e a complexidade de problemas possíveis no Tableau Server indicam que não existe um processo simples a ser usado na investigação de todos os problemas, e sim uma abordagem geral que inclui estas etapas:

  1. Apague os arquivos de registro existentes para reduzir seu tamanho. Para obter mais informações, consulte Remover arquivos desnecessários.

    Importante: se houver uma chance de obter ajuda do Suporte do Tableau para solucionar problemas, certifique-se de criar um arquivo compactado dos seus registros antes de limpá-los. A limpeza pode excluir informações importantes para o Suporte. Para obter detalhes sobre a criação de arquivos de registro, consulte Instantâneos do arquivo de log (Arquivar logs).

  2. Defina o nível de registro apropriado. Isso é algo que o Suporte do Tableau o instruirá a fazer. Para obter mais informações, incluindo o impacto de diferentes níveis de registro, consulte Alterar níveis de registro.
  3. Reproduza o problema que você está solucionando para que os logs capturem os eventos relacionados ao problema.
  4. Crie um arquivo dos registros. Para obter mais informações, consulte Instantâneos do arquivo de log (Arquivar logs).

    Importante: use esse arquivo ao examinar os arquivos de registro. É aconselhável não editar, mover ou excluir nenhum arquivo diretamente no servidor.

  5. Examine o log do controlador de administração do TSM \tabadmincontroller\tabadmincontroller_node<n>-<n>.log para entender qualquer configuração ou implantação feita pelo TSM na linha de comando, UI da Web ou API, inclusive tarefas iniciadas pelo TSM. Comece com o log do controlador. É onde você obterá informações mais úteis.

    Observação: O tsm.log é menos prolixo que tabadmincontroller_*.logo, mas pode fornecer informações úteis e complementares de solução de problemas.

  6. Analise os registros do Apache (\httpd\access.####_##_##_##_##_##.log e \httpd\error.log) por solicitações que possam estar relacionadas ao problema sendo investigado.

    Os logs do Apache conterão muito "ruído" que não se aplica a problemas que você está enfrentando.

    • Se você encontrar uma solicitação que pareça estar relacionada ao problema, procure no diretório vizqlserver por entradas que incluam a ID de solicitação exclusiva dos registros do Apache.
    • Procure o código de resposta e a mensagem associados à ID de solicitação.
    • Pesquise pelo nome da pasta de trabalho, exibição, painel ou fonte de dados que está relacionada ao seu problema. Procure um carimbo de data/hora pertinente.
    • Se encontrar uma solicitação que pareça estar relacionada ao seu problema, examine o código de resposta associado à solicitação. (200s são bons, 500s indicam problemas).
    • Localize a ID de solicitação exclusiva associada com a solicitação identificada (a ID de solicitação exclusiva é uma cadeia de 24 caracteres alfanuméricos no final da solicitação).
  7. Revise o arquivo de registro mais detalhadamente para procurar por outras mensagens e possíveis erros.

    • Use a ID de solicitação dos logs do Apache para procurar a pasta vizqlserver do arquivo de log por arquivos que contêm entradas de registro relacionadas. Procure indicações de um problema (por exemplo, mensagens de erro ou consultas em execução há muito tempo)
    • A ferramenta gratuita de código aberto, Logshark, pode ser uma opção útil para revisar arquivos de registro. Para obter mais informações, consulte Solucionar problemas do Tableau Server(Link opens in a new window) no Blueprint do Tableau.
  8. Analise o registro do script.

    O Tableau Server inclui registros da maioria dos scripts incluídos no diretório de scripts. Como padrão:C:\Program Files\Tableau\Tableau Server\packages\scripts.<version_code>\ Esses registros são salvos em:

    • <install_drive>\<install\path>\logs\
      por padrão: 
    • C:\ProgramData\Tableau\Tableau Server\logs\
  9. Entre em contato com o suporte

    Se você não conseguir resolver o problema por conta própria, ou se o Suporte do Tableau pedir, envie o arquivo compactado para o Tableau.

Outros artigos nesta seção

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente.