ServiceNow ITSM

Este artigo descreve como conectar o Tableau ao Serviço de gerenciamento de TI (ITSM) do ServiceNow e como configurar a fonte de dados.

Observação: para obter informações mais atualizadas sobre esse conector, consulte o tópico de ajuda ServiceNow ITSM da versão atual do Tableau.

Antes de começar

Antes de começar, colete estas informações de conexão:

  • Instância do ServiceNow que você deseja se conectar: baseado na nuvem ou localmente
  • Nome de usuário e senha para uma conta do ServiceNow local

Requisitos de conexão

Para conectar o Tableau ao ServiceNow, certifique-se de que os requisitos a seguir sejam atendidos:

  • Use uma conta ServiceNow local. A API do ServiceNow não aceita logon único (SSO), então o conector do Tableau somente pode autenticar usando uma conta do ServiceNow local. Para obter mais informações, consulte Usar uma conta do ServiceNow local.
  • Tenha as permissões corretas. As listas de controle de acesso (ACLs) devem fornecer a permissão necessária para acessar os dados. Para obter mais informações, consulte Solucionar problemas ao acessar dados.
  • No local, o CORS é configurado. Antes de se conectar a uma instância local do ServiceNow, você deve configurar o CORS para o Tableau no ServiceNow. Para obter mais informações, consulte Configurar o CORS para o Tableau no ServiceNow(Link opens in a new window) na Comunidade do Tableau.
  • Para as instâncias da nuvem, a conexão proxy é necessária. O conector ServiceNow nativo é roteado através de "servicenow-auth-proxy.connectors.tableau.com" em vez de diretamente do IP do usuário local. O proxy é necessário devido à forma como o OAuth 2.0 é projetado. Ele armazena o ID exclusivo do cliente e o segredo exigido pelo OAuth para permitir o acesso do Tableau Desktop ao ServiceNow.

Fazer a conexão e configurar a fonte de dados

  1. Inicie o Tableau e, em Conectar, selecione ServiceNow ITSM. Para obter uma lista completa de conexões de dados, selecione Mais, em Para um servidor. Em seguida, execute estes procedimentos:

    1. Selecione Local da instância: Baseado na nuvem ou Localmente.
    2. Insira a sua instância do ServiceNow, nome de usuário e senha para uma conta do ServiceNow local.
      Observação: ao selecionar Localmente, você deve inserir uma URL completa para a instância do ServiceNow.
    3. Selecione Fazer logon.
    4. Selecione Tipo de filtro: Intervalo de datas relativas ou Intervalo de datas fixas e, em seguida, selecione ou especifique o intervalo.
    5. Selecione Conectar.
      Se o Tableau não conseguir fazer a conexão, verifique se as suas credenciais estão corretas. Se ainda assim não conseguir se conectar, seu computador está enfrentando problemas para localizar o servidor. Entre em contato com o administrador do ServiceNow ou de rede.
  2. Na página da fonte de dados, faça o seguinte:

    1. (Opcional) Selecione o nome da fonte de dados padrão na parte superior da página e, em seguida, insira um nome de fonte de dados exclusivo para uso no Tableau. Por exemplo, use uma convenção de nomeação de fonte de dados que ajude os outros usuários da fonte de dados a deduzir a qual fonte de dados devem se conectar.

    2. Em Tabela, selecione uma tabela e arraste-a até a parte superior da tela.
    3. Selecione a guia de planilha para iniciar a sua análise.
      Depois de selecionar a guia de planilha, o Tableau importa os dados criando uma extração. Observe que o Tableau Desktop só aceita extrações para o ServiceNow. Você pode atualizar os dados atualizando a extração. Para obter mais informações, consulte Extrair seus dados.
      A criação de extrações pode demorar algum tempo, dependendo da quantidade de dados incluída.

Usar Dashboard Starters

Você pode usar um Modelo básico de painel para a criação rápida de painéis informativos feitos especificamente para as principais métricas de negócios no Tableau Desktop e no Tableau Online. Para obter mais informações, consulte Dashboard Starters para dados baseados na nuvem

Considerações principais

O ServiceNow implementa as permissões de acesso da conta

As contas do ServiceNow com o papel de Administrador podem recuperar valores de senha criptografados na tabela Usuários. Esse arquivo será nulo para contas com menos permissões. Já que o ServiceNow implementa as permissões de acesso designadas para a conta, esteja ciente de que podem existir outros campos sensíveis nos dados que um Administrador pode acessar.

Tabelas personalizadas não suportadas

O conector do Tableau para ServiceNow ITSM suporta o serviço ITSM, que não inclui tabelas personalizadas.

O ServiceNow fornece nomes de tabela

Ao visualizar tabelas no conector do Tableau, elas são rotuladas de acordo com o rótulo do ServiceNow, não com o nome da tabela. Por exemplo, a tabela "sys_user_role” é mostrada por seu rótulo, "Função de usuário". Esse rótulo é determinado pelo conector do ServiceNow.

Os campos de valor de exibição não estão incluídos na fonte de dados

Ao conectar-se a uma tabela que contenha campos com valores de exibição (campos com o prefixo dv_), eles não são incluídos na criação de uma fonte de dados. É possível adicionar os valores de exibição ao unir as tabelas relacionadas adequadas que contêm tais valores.

Usar uma conta do ServiceNow local

É necessário usar uma conta local para conectar o Tableau aos seus dados. Caso não tenha uma conta do ServiceNow local, recomendamos que solicite ao administrador que implemente uma das seguintes soluções:

  • Crie uma conta local e compartilhe-a.
  • Crie uma conta local e compartilhe-a temporariamente, por tempo suficiente para extrair os dados e publicá-los no Tableau Online ou Tableau Server. Em seguida, o administrador pode salvar a nova senha e agendar as atualizações.
  • Crie uma conta local em uma instância de não produção ("staging") e use-a para criar uma fonte de dados. Forneça a fonte de dados ao administrador para editar a conexão e apontar a instância de produção, publique a fonte de dados no Tableau Online ou Tableau Server e agende as atualizações de dados.
  • Peça ao administrador para publicar as fontes de dados que você precisa.

As seleções do intervalo de datas podem afetar o desempenho

Ao aplicar um filtro de dados, é tentador coletar o máximo de dados possível durante uma análise; no entanto, a recuperação de registros do ServiceNow ITSM pode ser demorada. O Tableau não sabe quantos dados há em um intervalo de datas específico, até que recupere os dados. Por esse motivo, é necessário primeiro restringir o intervalo de datas e, depois, expandi-lo após avaliar o desempenho. Os filtros de dados são aplicados a essas tabelas: metric_instance, change_request, incidente, tarefa, problema.

Para fornecer uma ideia geral de quanto tempo pode levar a recuperação de dados do ServiceNow ITSM, os testes foram conduzidos usando uma conexão de alta velocidade. Esta tabela mostra quanto tempo demorou a recuperação de um determinado número de registros em um ambiente de teste.

Número de registros

Tempo para a recuperação

1.000

11 segundos

10.000

2 minutos

100.000

18 minutos

Solucionar problemas ao acessar dados

Para usuários do ServiceNow ITSM

Se encontrar um erro ao tentar acessar os dados, por exemplo, "Você não tem autorização para acessar esse recurso..," entre em contato com o administrador do ServiceNow.

Para administradores do ServiceNow

O ServiceNow usa listas de controle de acesso (ACLs) para especificar quem acessa determinados dados. As permissões padrão que são frequentemente definidas para os preenchimentos do ServiceNow fulfillers, são adequadas para que os usuários do Tableau acessem o conteúdo que precisam analisar dos dados ServiceNow ITSM.

Os usuários do Tableau precisam acessar os metadados sobre as tabelas no ServiceNow, que estão disponíveis nas tabelas a seguir:

  • sys_dictionary table (metadados sobre colunas)
  • Tabela sys_db_object (metadados sobre tabelas)
  • Tabela sys_glide_object (metadados sobre tipos de campo)

Se um usuário do Tableau não conseguir acessar os dados do ServiceNow ITSM, verifique se as ACLs oferecem ao usuário o acesso de leitura, no nível de tabela e no nível de campo, às tabelas acima e se não há scripts bloqueando o acesso.

Para permitir acesso às tabelas de metadados, como uma prática recomendada, considere criar um papel com os ACLs necessários para acessar as tabelas de metadados e, então, designe o papel a um grupo de usuários do Tableau. E, então, você pode designar os usuários do Tableau para o grupo, de forma que os usuários possam acessar os dados necessários para análise no Tableau.

Para obter informações sobre a criação de uma ACL, consulte as regras de lista de controle de acesso do ServiceNow(Link opens in a new window) no site do ServiceNow.

Consulte também

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.