SAP HANA

Este artigo descreve como conectar o Tableau a um banco de dados do SAP HANA e configurar a fonte de dados.

Observação: esse conector usa drivers JDBC para Mac, Linux e Windows. O driver JDBC para Windows é novo na versão Tableau 2021.1. Os drivers JDBC para Mac e Linux foram introduzidos com a versão Tableau 2020.2.

Antes de começar

Antes de começar, colete estas informações de conexão:

  • Você está criando uma conexão de nó único ou de vários nós?

    • Nó único: nome do servidor que hospeda o banco de dados ao qual você deseja se conectar e o número da porta se estiver usando uma porta não padrão

    • Vários nós: nome dos servidores e números de porta que hospedam os bancos de dados aos quais você deseja se conectar

  • Método de autenticação:

    • Windows: autenticação do Windows ou nome de usuário e senha

    • Mac: Kerberos ou nome de usuário e senha

  • Você está se conectando a um servidor SSL?

  • (Opcional) Instrução SQL inicial para ser executada sempre que o Tableau se conecta

Driver necessário

Este conector exige um driver para se comunicar com o banco de dados. Você talvez já tenha esse driver instalado no computador. Se o driver não estiver instalado no computador, o Tableau exibirá uma mensagem na caixa de diálogo de conexão com um link para a página Download do driver(O link abre em nova janela), na qual é possível encontrar links para o driver e instruções de instalação.

Fazer a conexão e configurar a fonte de dados

  1. Inicie o Tableau e, em Conectar, selecione SAP HANA. Para obter uma lista completa de conexões de dados, selecione Mais em A um servidor. Em seguida, execute estes procedimentos:

    1. Selecione o tipo de conexão:

      • Nó único - Insira o nome do servidor que hospeda o banco de dados ao qual deseja se conectar e o número da porta se estiver usando uma porta não padrão.

      • Vários nós - Insira o nome do host e o número da porta de cada servidor, separados por vírgulas. Por exemplo:

        host1:30015,host2:30015,host3:30015

        Para obter mais informações sobre o suporte a failover para SAP HANA, consulte Configuração de clientes para failover(O link abre em nova janela) no Portal de ajuda do SAP.

    2. Especifique como você deseja se conectar ao servidor:

      No Windows:

      • Selecione Usar autenticação do Windows se o ambiente for compatível com o logon único (SSO). Para obter mais informações sobre requisitos de logon único e ambiente, consulte Suporte para logon único (SSO) do SAP HANA.

      • Ou selecione Usar uma senha e nome de usuário específicos. Se o servidor estiver protegido por senha, e você não estiver em um ambiente do Kerberos, digite seu nome de usuário e senha.

      No Mac: selecione Kerberos ou Usar um nome de usuário e senha específicos.

      Selecione a opção Exigir SSL ao conectar-se a um servidor SSL.

    3. (Opcional) Selecione SQL inicial para especificar um comando SQL a ser executado no início de cada conexão quando você abre a pasta de trabalho, atualiza uma extração, faz logon no Tableau Server ou publica no Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Executar o SQL inicial.

    4. Selecione Fazer logon.

      Se o Tableau não conseguir fazer a conexão, verifique se as suas credenciais estão corretas. Se ainda assim não conseguir se conectar, seu computador está enfrentando problemas para localizar o servidor. Entre em contato com o administrador de banco de dados ou de rede.

  2. Na página da fonte de dados, faça o seguinte:

    1. (Opcional) Selecione o nome da fonte de dados padrão na parte superior da página e, em seguida, insira um nome de fonte de dados exclusivo para uso no Tableau. Por exemplo, use uma convenção de nomeação de fonte de dados que ajude os outros usuários da fonte de dados a deduzir a qual fonte de dados devem se conectar.

    2. Na lista suspensa Esquema, selecione o ícone de pesquisa ou insira o nome do esquema na caixa de texto e selecione o ícone de pesquisa e, depois, selecione o esquema.

    3. Na caixa de texto Tabela, selecione o ícone de pesquisa ou insira o nome da tabela e selecione o ícone de pesquisa e, depois, selecione a tabela.

      O Tableau Desktop também dá suporte à conexão com as funções de tabela do SAP HANA, que aparecem em Procedimentos armazenados no painel esquerdo da página Fonte de dados.

    4. Arraste a tabela para a tela e selecione a guia da planilha para iniciar a análise.

      Como padrão, os rótulos da coluna são exibidos em vez dos nomes da coluna.

      Use SQL personalizado para se conectar a uma consulta específica em vez de à fonte de dados inteira. Para obter mais informações, consulte Conectar a uma consulta de SQL personalizado.

      Observação: Ao criar uma autoassociação com uma exibição analítica, se uma das tabelas contiver variáveis, certifique-se de que a tabela com variáveis fica à esquerda. Caso contrário, a união pode não retornar os resultados esperados.

Fazer logon em um Mac

Se você usa o Tableau Desktop em um Mac, quando inserir o nome de servidor com o qual se conectar, use um nome de domínio totalmente qualificado, como mydb.test.example.lan, em vez de um nome de domínio relativo, como mydb ou mydb.test.

Como alternativa, é possível adicionar o domínio à lista de Domínios de Pesquisa no computador Mac para que, quando você se conectar, seja necessário fornecer apenas um nome de servidor. Para atualizar a lista de Domínios de Pesquisa, vá para Preferências do Sistema > Rede > Avançado e depois abra a guia DNS.

Converter uma hierarquia de nível do SAP HANA para uma hierarquia de usuários

Em todas as versões do Tableau, ao criar uma fonte de dados do SAP HANA ou uma pasta de trabalho, você pode criar sua própria hierarquia no Tableau exclusivamente para uso no Tableau.

A partir do Tableau 2019.4, além de ser compatível com a criação de sua própria hierarquia para uso no Tableau, o Tableau agora é compatível com hierarquias de nível criadas no SAP HANA. Isso significa que quando você conecta o Tableau a uma exibição de cálculo do SAP HANA com uma hierarquia de nível, a estrutura da hierarquia de nível do SAP HANA aparece no painel Dados.

Se quiser modificar a hierarquia de nível do SAP HANA no Tableau, será necessário converter a hierarquia de nível do SAP HANA em uma hierarquia de usuários. Depois de converter uma hierarquia de nível do SAP HANA em uma hierarquia de usuários, você não poderá reverter. Caso decida usar a hierarquia de nível do SAP HANA em vez da hierarquia do usuário, será necessário recomeçar.

Para converter em uma hierarquia de usuários, siga estas etapas:

  1. À esquerda da planilha, no painel Dados , selecione a hierarquia e o menu suspenso.
  2. No menu suspenso, selecione Converter em hierarquia de usuário.

Personalizar conexões JDBC

No Mace no Linux, o SAP HANA usa uma conexão JDBC, que você pode personalizar usando um arquivo de propriedades. Para obter mais informações, consulte Personalizar conexões JDBC usando um arquivo de propriedades(O link abre em nova janela) na Comunidade do Tableau.

Instalar certificados SSL confiáveis em um Mac

Se deseja usar SSL/TLS para criptografar as comunicações entre o Tableau Desktop e o seu banco de dados, talvez seja necessário acrescentar certificados ao local de armazenamento confiável de certificados Java. Isso é necessário, caso o seu banco de dados utilize os certificados autoassinados.

Observação: começando pela versão Tableau 2020.2, você pode importar um certificado personalizado para o keychain "Sistema". Para obter detalhes, consulte SSL unidirecional para conexões JDBC.

Para conectar o Tableau Desktop ao seu banco de dados usando SSL/TLS, siga estas etapas:

  1. Inicie o aplicativo Terminal e navegue até o diretório inicial do Java, geralmente localizado em /Library/Internet Plug-Ins/JavaAppletPlugin.plugin/Contents/Home, a menos que tenha instalado a JDK ou definido a variável de ambiente JAVA_HOME.

  2. Execute o comando a seguir. (Você pode precisar usar o comando Terminal sudo, utilizado pelos administradores para executar comandos como um usuário diferente, o raiz, por exemplo).

    bin/keytool -importcert -keystore cacerts -alias <certificate name>  -file <path to certificate file>

Para obter mais informações sobre a instalação dos certificados confiáveis, consulte a documentação para o seu Java Runtime Environment.

Selecionar variáveis e parâmetros de entrada

Se a tabela usada incluir variáveis obrigatórias ou opcionais ou parâmetros, a caixa de diálogo Variáveis e parâmetros de entrada será aberta.

  • As variáveis e os parâmetros obrigatórios exibem seus valores atuais ou *Obrigatório.

  • As variáveis e os parâmetros opcionais exibem seus valores atuais ou permanecem em branco.

  • Selecione a caixa de seleção em Prompt para solicitar a variável quando a pasta de trabalho é aberta.

Selecione uma variável ou um parâmetro e digite ou selecione um valor para ele. Repita para todos os valores solicitados e qualquer valor opcional que deseja incluir, em seguida selecione OK.

Observação: você pode usar os prompts do SAP HANA baseados em consulta SQL.

Suporte para logon único (SSO) do SAP HANA

Quando o SAP HANA estiver configurado para dar suporte a logon único (SSO), depois que você entrar no servidor do SAP HANA, poderá acessar os dados e publicar as fontes de dados e as pastas de trabalho no Tableau Server, sem ter que reinserir seu nome de usuário e senha. E você pode publicar uma fonte de dados ou pasta de trabalho para que outros usuários com logon único possam acessar as fontes de dados publicadas e as pastas de trabalho sem ter que inserir seus nomes de usuário e senhas.

Para usar o SSO, você precisa publicar fontes de dados e planilhas de trabalho para o Tableau Server com a autenticação de credenciais do Visualizador. Para ativar a autenticação de credenciais do Visualizador, você deve se conectar ao SAP HANA usando a autenticação do Windows em um computador com Windows ou Kerberos em um Mac. Para obter mais informações, consulte Publicar no servidor.

Importante: seu ambiente deve estar configurado corretamente para dar suporte ao logon único para SAP HANA:

Entrar no servidor

Quando o SSO estiver configurado no ambiente, para fazer logon no SAP HANA, basta inserir o nome do servidor, selecionar Usar autenticação do Windows em um computador com Windows ou Kerberos em um Mac e clicar em Fazer logon.

Publicar no servidor

Em um ambiente SSO, os usuários não precisam inserir as credenciais para acessar uma fonte de dados ou uma pasta de trabalho se você publicá-la no Tableau Server com o modo de autenticação correto.

Para habilitar o SSO ao publicar uma fonte de dados ou pasta de trabalho no Tableau Server, siga estas etapas:

  1. Selecione Servidor > Publicar fonte de dados ou Servidor > Publicar pasta de trabalho.
  2. Em Fontes de dados, clique em Editar.

  3. Na caixa de diálogo Gerenciar fontes de dados, faça o seguinte:

    1. Selecione Tipo de publicação: inserida na pasta de trabalho ou Publicada separadamente.

    2. Selecione Credenciais de Viewer (Visualizador) para Autenticação.

  4. Clique em Publicar.

Como atualizar extrações HANA quando você usa SSO

Quando você utiliza o logon único (SSO) para conectar ao SAP HANA, em virtude de restrições de autenticação, não é possível pode agendar uma atualização de extração ao publicar a fonte de dados ou pasta de trabalho no servidor. No entanto, é possível utilizar o utilitário Tableau Data Extract para automatizar a tarefa de atualização de extração.

Por exemplo, o comando a seguir atualiza uma extração SAP HANA chamada "mydatasource" que foi publicado no Tableau Server. Esse comando especifica o seguinte:

  • O nome do seu Tableau Server

  • O nome da fonte de dados que deseja atualizar

C:\Program Files\Tableau\Tableau 10.2\bin>tableau refreshextract --server https://mytableauserver --datasource mydatasource

Para obter mais informações sobre o utilitário, consulte Utilitário de linha de comando da Extração de dados do Tableau.

Dicas de desempenho

Melhore o desempenho habilitando um ou ambos os recursos:

  • Associação do parâmetro de consulta
  • Cache de metadados compartilhados

As seções a seguir descrevem como usar esses recursos.

Usar variáveis de associação

O Tableau pode usar variáveis de associação nas consultas SAP HANA. Isso melhora o desempenho:

  • Das consultas — o HANA pode compilar uma consulta ao executá-la muitas vezes.
  • Das implantações HANA de vários nós — as consultas parametrizadas são roteadas de forma ideal para o nó apropriado.

Para habilitar esse recurso, o administrador do servidor Tableau pode adicionar o recurso CAP_ODBC_QUERY_USE_PREPARE_PARAMETER_MARKER a um arquivo TDC.

Observações: este recurso requer o Tableau 2018.3 ou posterior.
Apesar do nome, CAP_ODBC_QUERY_USE_PREPARE_PARAMETER_MARKER pode ser usado com JDBC, bem como ODBC.

Usar a coleta de metadados de colunas

O Tableau é compatível com a coleta de metadados de colunas, resultando em grandes melhorias de tempo de carga de algumas exibições.

Quando o Tableau lê os metadados da coluna de uma tabela ou exibição, ele usa uma consulta preparada na tabela por padrão. Ela geralmente é a opção mais precisa, mas pode não ser a mais eficiente.

Como opção, use a coleta de metadados de colunas. Ou seja, desative os metadados de consulta preparados usando um arquivo TDC. Ao fazer isso, o Tableau usa a API ODBC, SQLColumns. Embora esse método seja mais rápido, pode não ser tão preciso. É por isso que você deve usar esta opção com cautela e somente quando parecer uma boa abordagem para os dados.

O uso de metadados de coluna por meio do SQLColumns é habilitado usando estes recursos:

  • CAP_ODBC_METADATA_SUPPRESS_EXECUTED_QUERY
  • CAP_ODBC_METADATA_SUPPRESS_PREPARED_QUERY

Observação: para aplicar esses recursos a tabelas temporárias, instale o Tableau Server 2019.3.6 ou posterior. Então, você pode adicionar esses recursos ao arquivo TDC.

Exemplo TDC para SAP HANA

O arquivo TDC pode parecer com o seguinte exemplo. Na maioria dos casos, você não precisará de outros recursos. Em particular, evite recursos como CAP_ODBC_METADATA_SUPPRESS_SQLPRIMARYKEYS_API e CAP_ODBC_METADATA_SUPPRESS_SQLFORIEGNKEYS_API. Isso pode acelerar o tempo inicial de conexão, mas nos fará gerar consultas menos eficientes posteriormente.

<?xml version='1.0' encoding='utf-8' ?>
<connection-customization class='saphana' enabled='true' version='9.3'>
<vendor name='saphana' />
<driver name='saphana' />
<customizations>
<customization name='CAP_ODBC_QUERY_USE_PREPARE_PARAMETER_MARKER' value='yes' />
</customizations>
</connection-customization>

Para obter mais informações sobre o uso de arquivos TDC, consulte "Criar um arquivo TDC" no tópico Personalizar e ajustar conexões ODBC. Consulte também o artigo da Base de dados de conhecimento denominadoUso de um arquivo TDC com o Tableau Server.

Importante: certifique-se de que enabled=’true’ faz parte da sua linha de personalização de conexão.

Consulte também

Agradecemos seu feedback!