Tipos de cálculos de tabela

Este artigo descreve os tipos de cálculos de tabela disponíveis no Tableau e quando usá-los. Ele usa exemplos simples para demonstrar como cada cálculo transforma os dados em uma tabela. Para obter mais informações sobre como criar e configurar cálculos de tabela, consulte Criar um cálculo de tabela.

Cálculo de Diferença de

Um cálculo de tabela Diferença de calcula a diferença entre o valor atual e outro valor na tabela, para cada marca na visualização.

Com um cálculo de Diferença de, Diferença percentual de ou Percentual de, sempre há dois valores a considerar: o valor atual e o valor com base no qual a diferença deve ser calculada. Na maioria dos casos, você deseja calcular a diferença entre o valor atual e o valor anterior, como no procedimento acima. No entanto, em alguns casos, talvez você queira algo diferente.

Para especificar de qual valor a diferença deve ser calculada:

  1. Clique com o botão direito do mouse em uma medida e selecione Adicionar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, para Relativo a, selecione uma destas opções:

    Anterior Calcula a diferença entre o valor atual e o valor anterior na partição. Esse é o valor padrão.
    Próximo Calcula a diferença entre o valor atual e o próximo valor na partição.
    Primeiro Calcula a diferença entre o valor atual e o primeiro valor na partição.
    Último Calcula a diferença entre o valor atual e o último valor na partição.

Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

Você pode usar um cálculo de tabela de Diferença de para calcular como as vendas flutuam (como elas aumentam e diminuem) entre os anos, para cada mês.

Você pode ver que em janeiro, houve uma diferença de 368 USD entre as vendas em 2012 e 2013, e uma diferença de 26.161 USD entre as vendas em 2013 e 2014.

Dica: ao calcular o crescimento anual, como o primeiro ano não tem um ano anterior com o qual ser comparado, a coluna é deixada em branco. Oculte a coluna que não deseja mostrar para manter o cálculo intacto. Para obter detalhes, consulte Ocultar linhas e colunas.

Por quê? Se você filtrou o primeiro ano para removê-lo da exibição, ele também será removido do cálculo, portanto o segundo ano não terá um ano anterior com o qual ser comparado e será deixado em branco. Em vez de filtrar, ocultar a coluna mantém o cálculo intacto.

Cálculo móvel

Para cada marca na exibição, um Cálculo móvel de tabela (certas vezes chamados de cálculo contínuo) determina o valor de uma marca na exibição ao executar uma agregação (soma, média, mínimo ou máximo) em um número especificado de valores antes e/ou depois do valor atual.

Um cálculo de movimentação costuma ser usado para atenuar flutuações de curto prazo nos seus dados para que você veja tendências de longo prazo. Por exemplo, com dados de segurança, existem tantas flutuações todos os dias que é difícil ver o panorama com todos os seus altos e baixos. Você pode usar um cálculo de movimentação para definir um intervalo de valores a serem resumidos, usando uma agregação da sua escolha.

Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

É possível usar um cálculo móvel, para descobrir quais são as tendências dos totais de vendas no decorrer do tempo. Para fazer isso, é possível transformar cada total mensal para que seja a média do total mensal e dos dois meses anteriores no decorrer do tempo.

É possível visualizar a média de vendas no decorrer do tempo. Por exemplo, o valor listado para dezembro de 2011 é a média de vendas de outubro, novembro e dezembro de 2011. O valor listado para janeiro de 2012 é a média de vendas para novembro e dezembro de 2011 e janeiro de 2012.

Adicionar cálculo secundário

Com os cálculos de tabela Total operacional e Cálculo móvel, você tem a opção de transformar valores duas vezes para obter o resultado desejado, ou seja, adicionar um cálculo de tabela secundário sobre o cálculo de tabela primário. Por exemplo, você poderia adicionar um cálculo de tabela inicial para calcular o total operacional de vendas por mês a cada ano e depois um cálculo secundário para calcular a diferença percentual ano a ano para cada mês, de um ano para outro.

Por exemplo, para mostrar como criar um cálculo secundário, consulte Cálculo do total acumulado.

Cálculo de Diferença de percentual de

Um cálculo de tabela Diferença de percentual de calcula a diferença entre o valor atual e outro valor na tabela, como um percentual para cada marca na visualização.

Com um cálculo de Diferença de, Diferença percentual de ou Percentual de, sempre há dois valores a considerar: o valor atual e o valor com base no qual a diferença deve ser calculada. Na maioria dos casos, você deseja calcular a diferença entre o valor atual e o valor anterior, como no procedimento acima. No entanto, em alguns casos, talvez você queira algo diferente.

Para especificar de qual valor a diferença deve ser calculada:

  1. Clique com o botão direito do mouse em uma medida e selecione Adicionar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, para Relativo a, selecione uma destas opções:

    Anterior Calcula a diferença entre o valor atual e o valor anterior na partição. Esse é o valor padrão.
    Próximo Calcula a diferença entre o valor atual e o próximo valor na partição.
    Primeiro Calcula a diferença entre o valor atual e o primeiro valor na partição.
    Último Calcula a diferença entre o valor atual e o último valor na partição.


Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

Você pode usar um cálculo de tabela de Diferença de percentual de para calcular como as vendas flutuam (como elas aumentam e diminuem) entre os anos, para cada mês. Os valores são calculados como porcentagens.

Você pode ver que, entre janeiro e fevereiro de 2011, houve uma diferença de -66% nas vendas, mas, entre fevereiro e março de 2011, houve um grande aumento de 1.058% nas vendas.

Cálculo de Percentual de

Um cálculo de Percentual de calcula um valor como um percentual de algum outro valor. Em geral, como um percentual do valor anterior na tabela, para cada marca na visualização.

Com um cálculo de Diferença de, Diferença percentual de ou Percentual de, sempre há dois valores a considerar: o valor atual e o valor com base no qual a diferença deve ser calculada. Na maioria dos casos, você deseja calcular a diferença entre o valor atual e o valor anterior, como no procedimento acima. No entanto, em alguns casos, talvez você queira algo diferente.

Para especificar de qual valor a diferença deve ser calculada:

  1. Clique com o botão direito do mouse em uma medida e selecione Adicionar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, para Relativo a, selecione uma destas opções:

    Anterior Calcula a diferença entre o valor atual e o valor anterior na partição. Esse é o valor padrão.
    Próximo Calcula a diferença entre o valor atual e o próximo valor na partição.
    Primeiro Calcula a diferença entre o valor atual e o primeiro valor na partição.
    Último Calcula a diferença entre o valor atual e o último valor na partição.


Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

Você pode usar um cálculo de tabela de Percentual de, para calcular o percentual de um valor anterior. Por exemplo, você pode calcular qual percentual de vendas em janeiro de 2011 foi feito em fevereiro de 2011.

Você pode ver que em fevereiro de 2011 foram realizadas 34% das vendas de janeiro de 2011; março de 2011 realizou 1.158% das vendas de fevereiro, e assim por diante.

Cálculo do percentual do total

Para cada marca na exibição, um cálculo de tabela de Percentual do total calcula um valor como uma porcentagem de todos os valores na partição atual.

Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

É possível usar um cálculo de tabela de Percentual do total para calcular a porcentagem das vendas totais de cada mês em um trimestre. Por exemplo, pode-se observar que em janeiro de 2011 há 18,73% das vendas de T1.

Ou você pode calcular o percentual das vendas totais de cada mês em um ano. Por exemplo, observe que em janeiro de 2011 há 2,88% das vendas em 2011.

Cálculo de percentil

Para cada marca na exibição, um cálculo de tabela de Percentil calcula uma classificação de percentil para cada valor em uma partição.

Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

Você pode usar um cálculo de tabela de Percentil para classificar as vendas totais para cada mês em um ano, como um percentual, em vez de um número inteiro (por exemplo, 1 a 10).

Como em fevereiro teve um pequeno montante de vendas em 2012, se comparado ao total geral, ele é classificado como 0,0% (ou número 1 de 12, já que este exemplo é Ascendente e, portanto, classificado do menor montante para o maior). As vendas em janeiro de 2012 foram um pouco maiores e, portanto, classificadas como 9,1% (ou número 2 de 12 meses). Como novembro teve um montante maior de vendas em 2012, ele é classificado como 100% (ou número 12 de 12).

Decrescente v. Crescente

A ordem Crescente classifica os valores do menor para o maior. A ordem Decrescente classifica os valores do maior pata o menor.

Cálculo da posição na classificação

Para cada marca na exibição, um cálculo de tabela de Classificação calcula uma classificação para cada valor em uma partição.

Exemplo

Considere a tabela de texto a seguir. Ela mostra as vendas totais por mês, em 2011, 2012, 2013 e 2014, para uma grande cadeia de lojas.

Use o cálculo de tabela da posição na classificação para calcular uma posição na classificação para cada mês em um ano.

Você pode observar que, como novembro foi o maior montante de vendas em 2012, ele é classificado como número 1 (porque a posição na classificação é em ordem descendente, ou seja do maior montante para o menor). Como fevereiro teve o menor montante de vendas em 2012, ele é classificado como número 12.

Decrescente v. Crescente

A ordem Crescente classifica os valores do menor para o maior. A ordem Decrescente classifica os valores do maior pata o menor. Para um cálculo de tabela Classificação, o valor padrão é Decrescente.

Tipo de classificação

Um problema nos cálculos Classificação é que pode haver mais de uma marca com o mesmo valor. O que aconteceria, por exemplo, se Mesas na região central e Aparelhos na região sul tivessem vendas de exatos US$ 36.729? O Tableau permite especificar como lidar com esses casos incluindo um campo adicional na caixa de diálogo Cálculo de tabela quando você define Tipo de cálculo como Classificação.

As opções estão listadas abaixo. A sequência de números no início de cada opção mostra como cada opção classificaria um conjunto de valores hipotético em que dois dos valores são idênticos:

Opção Resultado
Concorrência (1, 2, 2, 4) Valores idênticos são colocados em uma posição na classificação idêntica. O valor mais alto é classificado como 1 e os dois valores seguintes, que são idênticos, são ambos classificados como 2. O próximo valor é classificado como 4.
Concorrência modificada (1, 3, 3, 4) Valores idênticos são colocados em uma posição na classificação idêntica. O valor mais alto é classificado como 1 e os dois valores seguintes, que são idênticos, são ambos classificados como 3. O próximo valor é classificado como 4.
Denso (1, 2, 2, 3) Todos os valores duplicados recebem a mesma posição na classificação, que é o próximo número na sequência de classificação. O próximo valor após os valores duplicados é computado mesmo que os valores duplicados sejam de valor único.
Exclusivo (1, 2, 3, 4) Os valores duplicados recebem classificações exclusivas de acordo com a direção na qual a classificação está sendo computada.

Cálculo do total acumulado

Para cada marca na exibição, um cálculo de tabela de Total operacional agrega os valores cumulativamente em uma partição. Isso pode ser feito com a soma de valores, a média de valores ou a substituição de todos os valores pelo valor real mais baixo ou mais alto.

Vamos supor que você esteja começando com a seguinte exibição de texto, que mostra os totais de vendas divididos por ano (da esquerda para a direita) e por trimestre e mês (de cima para baixo):

Em vez de valores de vendas absolutas, você quer ver um total operacional de vendas de cada ano, de modo que as vendas de cada mês sejam somadas com todas as vendas do mês anterior.

Criar a exibição básica

  1. Conecte-se à fonte de dados Sample - Superstore.

  2. Clique e arraste o campo Data do pedido do painel Dados para a divisória Colunas.

    O nível de data padrão é YEAR(Order Date).

  3. Clique e arraste Data do pedido novamente, dessa vez para a divisória Linhas.

  4. Clique no lado direito do campo para abrir o menu de contexto. Em seguida, escolha Trimestre.

    Você verá duas opções chamadas Trimestre. Escolha a primeira.

    Agora, o nome do campo deve ser QUARTER(Order Date).

    Observação: Se você estiver criando a exibição na Web, o menu será um pouco diferente.

  5. Clique e arraste Data do pedido mais uma vez para a divisória Linhas à direita de QUARTER(Order Date).

  6. Clique no lado direito do campo para abrir o menu de contexto e dessa vez escolha Mês (novamente, escolha a primeira das duas opções denominadas Mês). Agora, o nome do campo deve ser MONTH(Order Date).

  7. Arraste Vendas do painel Dados e solte em Texto no cartão Marcas.

Agora você tem a exibição básica, que mostra Vendas por data do pedido em um período de quatro anos, por mês, trimestre e ano.

Adicionar um cálculo de tabela Total acumulado à exibição básica.

  1. Clique no campo SUM(Sales) no cartão Marcas e escolha Adicionar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, escolha Total operacional como o Tipo de cálculo.

  3. Escolha Tabela (abaixo) na lista Calcular usando.

    O destaque na exibição mostra como esse valor Calcular usando define o escopo do cálculo na exibição:

    A comparação dos valores na exibição de texto original com os valores nessa exibição mostra se o resultado está correto. Os valores mensais crescem de forma regular e o valor de dezembro (484.247) é o mesmo que você verá se mostrar totais gerais da coluna (no menu Análise, selecione Totais > Mostrar totais gerais da coluna).

  4. Clique no X no canto superior direito da caixa de diálogo Cálculos de tabela para fechá-la.

O total acumulado não tem que ser uma soma

Para um cálculo de tabela de Total operacional, o Tableau pode atualizar valores cumulativamente de outras maneiras, sem ser somando. Escolha uma das opções na lista suspensa abaixo do campo Tipo de cálculo:

Opção Significado
Soma Cada valor é somado ao valor anterior.
Média Você pode automatizar tarefas de atualização de extração usando o utilitário Extração de Dados do Tableau.
Mínimo Todos os valores são substituídos pelo valor mais baixo na partição original.
Máximo Todos os valores são substituídos pelo valor mais alto na partição original.

Reiniciar cada opção

A opção Reiniciar a cada está disponível apenas quando você seleciona Dimensões específicas na caixa de diálogo Cálculos de tabela e quando há mais de uma dimensão selecionada no campo logo abaixo das opções Calcular usando, ou seja, quando há mais de uma dimensão definida como um campo de endereçamento.

Esta opção não fica disponível quando você está definindo um cálculo de tabela com Calcular usando.

Você pode usar esta configuração para definir uma quebra (ou seja, reinício do cálculo) na exibição, com base em uma determinada dimensão.

Reiniciar cada opção pode ser útil nas seguintes situações:

  • Com datas ou outras hierarquias, se você reiniciar todo mês, e incluir Ano ou Trimestre, o Tableau saberá particionar automaticamente.

  • Com as não hierarquias, Reiniciar a cada afeta a classificação. Se desejar incluir o endereço em Produtos e particionar por Estado, mas quiser classificar os produtos por SUM(Sales) em cada estado, será necessário incluir Estados como um campo de endereçamento em Dimensões específicas, mas então reiniciar todos os estados. Do contrário, classificar por SUM(Sales) se basearia na soma de vendas de cada produto entre todos os estados.

Por exemplo, se considerar o resultado do cálculo Total operacional que você adicionou acima, poderá ver o efeito de Reiniciar a cada fazendo o seguinte:

  1. Clique no campo SUM(Sales) no cartão Marcas e escolha Editar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, escolha Dimensões específicas.

    Observe que agora, há duas dimensões marcadas na caixa de listagem de dimensões: Trimestre da data do pedido e Mês da data do pedido. Esses são os campos de endereçamento e, como mais de um campo é usado para endereçamento, a opção Reiniciar a cada está disponível agora.

    As opções disponíveis na lista suspensa No nível são:

    Nenhum Especifica que o cálculo deve ser executado no nível da maior granularidade. Essa é a opção padrão. Essa opção não altera a exibição.
    Trimestre da data do pedido Especifica que o cálculo deve ser executado no nível do trimestre.
  3. Se você escolher Trimestre da data do pedido, a exibição será atualizada para mostrar o efeito dessa mudança:

    Agora, o cálculo é reiniciado a cada trimestre. Se você clicar fora da caixa de diálogo Cálculos de tabela (para ignorar o destaque), poderá ver isso mais claramente.

  4. Clique no X no canto superior direito da caixa de diálogo Cálculos de tabela para fechá-la.

Adicionar cálculo secundário

Com os cálculos de tabela Total operacional e Cálculo móvel, você tem a opção de transformar valores duas vezes para obter o resultado desejado, ou seja, adicionar um cálculo de tabela secundário sobre o cálculo de tabela primário. Por exemplo, você poderia adicionar um cálculo de tabela inicial para calcular o total operacional de vendas por mês a cada ano e depois um cálculo secundário para calcular a diferença percentual ano a ano para cada mês, de um ano para outro.

Para fazer isso, primeiro adicione o cálculo de tabela primária, como mostrado acima. Em seguida, continue da seguinte forma:

  1. Clique no campo SUM(Sales) no cartão Marcas e selecione Editar cálculo de tabela.

  2. Na caixa de diálogo Cálculo de tabela, clique em Adicionar cálculo secundário.

    A caixa de diálogo Cálculo de tabela é expandida para mostrar um segundo painel:

  3. No segundo painel, escolha Diferença percentual de como o Tipo de cálculo secundário.

  4. Você não precisa alterar a seleção Calcular usando: Tabela (horizontalmente) é a opção certa.

  5. Clique no X no canto superior direito para ignorar a caixa de diálogo Cálculo de tabela.

    Agora, sua exibição mostra aquilo de que você precisava: uma diferença percentual ano a anos de um total operacional:

    Consulte também

    Criar um cálculo de tabela

    Noções básicas: endereçamento e particionamento

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.