Usar projetos para gerenciar o acesso ao conteúdo

Quando os usuários do Tableau Desktop publicam uma pasta de trabalho ou fonte de dados em um site no Tableau Online, eles podem selecionar um projeto para publicá-lo. Caso não especifiquem um projeto, o conteúdo é publicado no projeto Padrão.

Como um administrador, é possível criar projetos para manter e organizar o conteúdo relacionado ou delegar o gerenciamento de conteúdo. O conteúdo no Tableau Online são pastas de trabalho, exibições e fontes de dados, e os projetos que os contêm. Se o Data Management Add-on estiver presente, os tipos de conteúdo também incluem Fluxos e Funções de dados.

A imagem a seguir mostra o conteúdo no projeto de nível superior Operações, no ambiente de criação na Web. O projeto Operações contem alguns projetos secundários (realçados) e pastas de trabalho publicadas. Um projeto também pode contém outros tipos de conteúdo, como fontes de dados e fluxos.

Por que usar projetos

Os projetos auxiliam na criação de um processo escalonável para gerenciar o acesso ao conteúdo publicado em Tableau Online. As vantagens incluem:

  • Eles permitem que os administradores deleguem gerenciamento de conteúdo para líderes de projeto que trabalham com o conteúdo, sem que precisar conceder acesso de administrador às configurações do site ou servidor.
    • Os líderes de projeto podem criar projetos aninhados no projeto de alto nível e manter o conteúdo de sua equipe em uma hierarquia simples.
    • Observação: os proprietários de projeto podem excluir os projetos de nível superior que possuem. Os líderes de projeto não podem excluir projetos de nível superior.
  • Também podem facilitar a navegação do site para usuários de autoatendimento.
    • Os projetos segmentam o site do Tableau Online em áreas que oferecem aos usuários acesso com base na forma como usam os dados publicados para essas áreas ou no grupo de usuários do Tableau com o qual trabalham.
    • É possível ocultar projetos dos grupos que não precisam usá-los, criar um esquema de nomeação de projeto identificável e aproveitar as descrições dos projetos para esclarecer como usá-lo.
  • Eles permitem o controle das permissões de modo eficaz.
    • Crie grupos baseado no nível de acesso de conteúdo que os usuários no grupo precisam e defina permissões padrão nos projetos. Isso permite saber exatamente quais capacidades os novos usuários obtêm por padrão, assim como quais capacidades todos os usuários obtêm quando um novo projeto é criado.

Quando criar hierarquias de projeto (exemplo)

Muitas empresas têm diversos grupos distintos de usuários do Tableau, cada um com suas prioridades e líderes. Esses grupos podem compartilhar conteúdo da empresa inteira (ou até mesmo usar um pool de fontes de dados da empresa), mas eles usam os dados e relatórios primariamente da equipe específica. Neste caso ou em semelhantes, um exemplo de uso das hierarquias do projeto pode ser o seguinte:

  1. Você, como administrador do site ou servidor, pode criar projetos de nível superior para cada equipe distinta do Tableau.
  2. Em cada projeto de nível superior, você atribui o status de Líder do projeto aos responsáveis na equipe e altera o proprietário do projeto. Os líderes de projeto são os administradores de conteúdo, portanto, é importante que entendam como as permissões funcionam no Tableau, assim como as práticas recomendadas de gerenciamento de conteúdo do Tableau.
  3. Cada líder de projeto pode gerenciar seu projeto, criando a estrutura nele que funciona para a equipe. Isto é, eles podem criar projetos secundários necessários com base na forma como os membros da equipe colaboram e compartilham dados e relatórios.

Como administrador de site, o benefício é se concentrar na integridade do sistema. O benefício para os usuários do Tableau é que as pessoas que conhecem as práticas recomendadas de trabalho com o Tableau e os dados podem gerenciar isso para suas equipes sem precisar enviar solicitações ao setor de TI para alterar permissões ou adicionar projetos.

Administração no nível do projeto

Como administrador do site ou servidor, é possível delegar a administração de projetos e seu conteúdo sem expor o acesso ao seu site ou às configurações do servidor. Para isso, altere a propriedade de um projeto ou conceda a um grupo ou usuário o status de líder de projeto.

O proprietário do projeto é sempre um usuário individual. Por padrão, o usuário que cria um projeto é seu proprietário. O proprietário do projeto possui acesso administrativo ao projeto e ao conteúdo dele, o que inclui transformar tornar outra pessoa proprietário e atribuir as permissões de Líder do projeto.

A configuração de líder de projeto é uma forma de permitir a diversos usuários o acesso administrativo para um projeto, seus projetos secundários e a todas as suas pastas de trabalho e fontes de dados.

Um líder de projeto não precisa ser um administrador ou proprietário do projeto. Além dos administradores de servidor e de site, o escopo completo das permissões de Líder de projeto está disponível a usuários com uma função no site de Creator ou Explorer (pode publicar).

Posse do projeto e acesso de líder do projeto nas hierarquias do projeto

Em uma hierarquia de projeto multinível, um usuário ou grupo definido como líder de projeto, em qualquer nível da hierarquia, recebe implicitamente o acesso de líder do projeto para todos os projetos secundários e seus itens do conteúdo.

Para remover o acesso de líder de projeto, faça isso no nível principal da hierarquia na qual a propriedade ou a configuração foi explicitamente atribuída.

De modo semelhante, o proprietário de um projeto em qualquer nível tem acesso de líder de projeto para todo o conteúdo nele, bem como em qualquer um de seus projetos secundários, mesmo que não seja proprietário dos projetos secundários.

Apenas um proprietário ou um administrador de projeto pode alterar a propriedade de um recurso de conteúdo, e isso pode ser feito mesmo se as permissões do projeto estiverem bloqueadas.

Ações que administradores de projeto podem executar nos projetos

Os líderes e proprietários de projeto podem executar tarefas na lista a seguir, assim como administradores de servidor ou de site também podem.

  • Crie e exclua projetos da seguinte forma:
    • Os administradores de site ou servidor podem criar ou excluir projetos de nível superior ou aninhados em qualquer local no site.
    • Os proprietários e líderes do projeto podem criar e excluir projetos secundários (aninhados) nos projetos que possuem ou nos quais têm status de líder de projeto.
  • Proprietários de projeto podem alterar a propriedade de seus projetos. Os proprietários e os líderes do projeto podem atribuir o status de líder de projeto a grupos ou usuários.
    • Como líder ou proprietário de projeto, se você atribuir o status de líder de projeto a outra pessoa, lembre-se de que o acesso total aos recursos dessa função depende da função no site do usuário, como especificado anteriormente nesta seção.
  • Defina permissões para um projeto, bem como projetos secundários, pastas de trabalho e fontes de dados nele.
  • Bloqueie permissões para aplicar as configurações padrão do projeto a todas as pastas de trabalho, fontes de dados e, opcionalmente, projetos secundários e seus conteúdos. Para obter mais informações, consulte Bloquear permissões de conteúdo.
    • As permissões podem ser modificadas somente no projeto em que estão bloqueadas. Somente os administradores, o proprietário ou os líderes de projeto podem alterar as permissões.
  • Mova as pastas de trabalho e as fontes de dados para outro projeto no qual eles têm acesso de líder do projeto ou proprietário. A movimentação de projetos pode afetar as permissões. Para obter informações, consulte Mover conteúdo.
  • Executar, adicionar ou remover as agendas de atualização.

Consulte também Administração de projetos.

Como o projeto Padrão atua como modelo de permissões

O Tableau cria um projeto Padrão com cada site.

O projeto Padrão funciona como um modelo para novos projetos de nível superior que forem criados no site. Ao criar um novo projeto de nível superior, as configurações e permissões do modelo Padrão são aplicadas ao novo projeto, incluindo permissões definidas no conteúdo do projeto.

Observação: projetos aninhados (projetos criados em outros projetos) usam as permissões definidas no projeto principal, não no padrão.

Antes de criar projetos de nível superior, é possível configurar o projeto Padrão para ajudar a conhecer exatamente:

  • Qual tipo de usuário recebe determinado nível de acesso para cada novo projeto.
  • Como as permissões podem sre modificadas para cada novo projeto.

Para obter mais informações, consulte Etapas para coordenar projetos e grupos no tópico Configurar projetos, grupos e permissões para o serviço de autoatendimento gerenciado.

Evite que os editores alterem permissões no conteúdo deles

Administradores e líderes de projeto podem impedir que os usuários alterem permissões das pastas de trabalho e fontes de dados na hierarquia de um projeto. Por exemplo, é possível desabilitar a opção de definir permissões durante o processo de publicação, além de impedir que editores e proprietários de conteúdo as alterem após a publicação. Para isso, vincule as permissões de conteúdo ao projeto. Para obter mais informações, consulte Bloquear permissões de conteúdo.

Outros artigos nesta seção

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.