Um plano de capacitação descreve como seus funcionários obterão as habilidades necessárias para ter sucesso em suas funções. Antes de considerar as opções de capacitação, é importante identificar quem são seus usuários e de quais habilidades eles precisam para cumprir suas responsabilidades específicas de modo a garantir o sucesso da sua implantação do Tableau. Descubra mais informações sobre como definir seus usuários em Mapeamento das funções de capacitação do Tableau.

A capacitação é um processo contínuo, e os usuários precisam de ferramentas prontamente disponíveis para se manterem atualizados sobre as versões mais recentes de produtos ou recursos. Um plano bem traçado simplifica o desenvolvimento de habilidades para usuários novos e existentes. Ao considerar opções de capacitação, pense no seguinte:

  • Quem são seus usuários e quantos deles há em cada função? Essa informação pode ser agregada da seção Usuários do Tableau no Planificador do Tableau Blueprint.
  • Onde eles estão localizados? Usuários podem estar em um só local ou espalhados por vários locais.
  • Com que rapidez eles precisam estar operacionais? Considere as iniciativas ou metas em nível organizacional impactadas pelo sucesso de seus usuários.
  • Como eles preferem aprender? Alguns alunos preferem uma experiência imersiva em sala de aula, enquanto outros preferem aprender no seu próprio ritmo, com atividades que se adaptam às suas rotinas de trabalho.

Essas respostas ajudarão a determinar quais opções de ativação são mais adequadas aos seus usuários individualmente e à sua organização como um todo.

Trajetórias de aprendizado

As trajetórias de aprendizado baseadas em funções são desenvolvidas para acelerar a proficiência do usuário. Cada trajetória tem suas etapas selecionadas por especialistas no produto, de modo a fornecer aos usuários os recursos certos no momento certo. As trajetórias de aprendizado incluem conteúdos de eLearning individualizados, cursos em sala de aula, recursos gratuitos e avaliações disponíveis por meio da plataforma de eLearning da Tableau. As trajetórias de aprendizado mostram aos usuários em cada função de capacitação como desenvolver as habilidades necessárias, ao mesmo tempo que incentivam aqueles que já têm habilidades analíticas a alcançarem mais rapidamente níveis mais avançados.  Para mais informações, consulte os produtos de capacitação na visão geral das Trajetórias de aprendizado.

As trajetórias de aprendizado direcionam os usuários às Habilidades por função de capacitação do Tableau, fornecendo trajetórias claras para cada função identificada em sua organização. Usuários podem precisar concluir várias trajetórias se suas responsabilidades abrangerem mais de uma função de capacitação.

Todas as trajetórias de aprendizado estão incluídas no pacote de eLearning para assinaturas Creator, e um subconjunto de trajetórias (Patrocinador executivo, Líder e Consumidor) está disponível no pacote de eLearning para assinaturas Explorer (algumas trajetórias incluem cursos presenciais com um custo adicional).

Criar uma cultura de dados:

Fornecer informações e desenvolver soluções de visualização:

Implantar e gerenciar um ambiente otimizado:

Além das atividades pré-selecionadas de desenvolvimento de habilidades, cada trajetória de aprendizagem inclui verificações de conhecimento para garantir que os conceitos e habilidades aprendidos sejam totalmente absorvidos. Cada trajetória de aprendizagem termina com uma avaliação de habilidades que abrange os conceitos principais da trajetória. Quando passa no teste, o usuário recebe um distintivos de função (confira mais informações sobre distintivos de função aqui) Se o usuário não passar, ele recebe uma lista detalhada de lições a serem refeitas antes de tentar fazer a avaliação novamente.

Para explorar conteúdo de cada trajetória de aprendizado, consulte as amostras do Tableau eLearning.

Recursos de capacitação

As trajetórias de aprendizado baseadas em funções são a maneira mais escalonável e consistente de capacitar os usuários. No entanto, cursos de treinamento pagos e outros recursos também podem ser consumidos individualmente. Isso permite que uma organização adicione recursos a uma trajetória de aprendizado para aumentar o alcance ou a complexidade do conjunto de habilidades de um usuário, se necessário.

  • eLearning – O Tableau eLearning é um treinamento baseado na Web que os usuários pode fazer no seu próprio ritmo. Os cursos são interativos e feitos para ajudar os usuários a saber como usar o Tableau, seja qual for o nível de conhecimento deles. As assinaturas incluem acesso às trajetórias de aprendizado e aos cursos.
  • Cursos em sala de aula – Treinamento abrangente orientado por instrutores, permitindo que os usuários se atualizem rapidamente. Disponíveis presencialmente em cidades de todo o mundo ou em ambiente virtual, os cursos em sala de aula são feitos para fornecer um ambiente de aprendizado livre de distrações. Organizações com grandes grupos de pessoas que precisam de treinamento simultaneamente podem poupar tempo e dinheiro optando por aulas com um treinador do Tableau nas instalações locais.
  • Vídeos de treinamento gratuitos – Esses vídeos pré-gravados complementam o treinamento formal e são uma ótima maneira de orientar rapidamente os usuários para um recurso ou conceito específicos. Esses vídeos não devem ser usados como única forma de treinamento, mas sim combinados com uma solução de treinamento mais formal.
  • Webinars sob demanda – Essa biblioteca de webinars on-line funciona como um repositório para o compartilhamento de conhecimento, desde lançamentos de produtos do Tableau até tópicos para setores específicos.

As organizações que desejam selecionar seus próprios materiais de treinamento para os usuários do Tableau deverão reunir a documentação, os vídeos e outros recursos auxiliares do Tableau para as funções correspondentes. Organize esses materiais em programas que forneçam recomendações de cursos para o desenvolvimento continuado de habilidades e conhecimentos.

Além dos recursos de capacitação do Tableau, adicione seu próprio contexto organizacional para ajudar os usuários a aplicar as habilidades desenvolvidas às funções cotidianas do trabalho, às fontes de dados da empresa e às práticas recomendadas da sua organização. Os programas internos devem ter objetivos e prazos claros, e os usuários devem ter tempo suficiente para cumpri-los.

 

Agradecemos seu feedback!