Configurar notificação de evento do servidor

Se desejar, configure as notificações de servidor a seguir nos eventos abaixo:

  • Atualizações de conteúdo
    • Falhas na extração
    • Exibições de assinatura para usuários
    • Falhas de execução de fluxo
  • Monitoramento do processos de servidor
    • Alterações do status de servidor
    • Relatórios de licença
  • Espaço no driver
    • Registrar histórico de utilização
    • Enviar alertas por e-mail quando o espaço ultrapassar ou permanecer abaixo de limites pré-configurados

Observação: é preciso configurar o SMTP antes de configurar as assinaturas ou as notificações. Para obter mais informações, consulte Configurar o SMTP.

Atualizações de conteúdo

Você pode definir notificações para falhas de extração e de execução de fluxo. Além disso, é possível habilitar notificações para assinaturas de usuário.

Quando os usuários inscrevem-se em uma pasta de trabalho ou exibição, um instantâneo da exibição é enviado por e-mail para eles de forma agendada, para que possam ter acesso às atualizações mais recentes sem precisar fazer logon no Tableau Server.

Você também pode habilitar os usuários para receber anexos PDF.

Todas as notificações de assinatura são geradas pelo processo do processador em segundo plano no Tableau Server. Recomendamos o monitoramento do desempenho do processador em segundo plano, após você habilitar assinaturas. A geração de pastas de trabalho grandes ou complexas e exibição exigirá mais capacidade de processamento do que as pequenas e menos complexas. Por padrão, o Tableau Server gerará anexos PDF maiores que 150 MB, mas não os enviará em uma assinatura. Você pode alterar esse valor editando o valor subscriptions.max_attachment_size_megabytes, conforme descrito na seção "Usar a CLI do TSM" abaixo. Observe que os anexos PDF podem adicionar uma carga significativa ao servidor.

Para monitorar o desempenho do processador em segundo plano, consulte Tarefas em segundo plano para não extrações. Para obter mais informações sobre o processador em segundo plano, consulte Processos do Processador em segundo plano do Tableau Server.

Depois de habilitar as assinaturas neste procedimento, é possível configurá-las em cada site. Consulte Configurar um servidor para inscrições.

Monitoramento do processos de servidor

Alterações do status de servidor e relatórios de licença

Alterações do status de servidor

O Tableau Server envia um e-mail quando o processador de dados, o repositório, o controlador do cluster, o serviço de coordenação, o armazenamento de arquivo ou os processos do servidor de gateway param ou reiniciam, ou quando o nó inicial do Tableau Server para ou reinicia. Caso a instalação executada seja de servidor único (todos os processos na mesma máquina), os alertas de integridade só serão enviados quando o Tableau Server estiver ativo. Nenhum alerta "inativo" é enviado. Em uma instalação distribuída configurada para failover, receber um alerta de inoperância significa que ocorreu falha no repositório ativo ou em uma instância de processador de dados, e um alerta de atividade subsequente significa que a instância passiva (repositório) ou uma segunda instância (processador de dados) do processo assumiu o controle.

Relatórios de licença

Os relatórios de licença são geradas no Tableau Desktop e enviadas para o Tableau Server.

Espaço no driver

Habilitar notificações para espaço livre no driver no Tableau Server.

Limites de espaço restantes

É possível configurar o Tableau Server para enviar alertas por e-mail quando a utilização do espaço em disco em qualquer nó cruza um limite ou permanece abaixo do limite.

Dois limites precisam ser definidos. Eles são expressos como percentil do espaço em disco restante.

É possível definir um limite de aviso e um limite crítico. O limite crítico deve ser inferior ao limite de aviso.

Definir um intervalo de e-mail

Defina a frequência, em minutos, de envio de avisos e alertas críticos. O valor padrão é 60 minutos.

Registrar histórico de utilização

Ao configurar o Tableau Server para registrar o uso do espaço em disco, as informações sobre o espaço livre são salvas no repositório e é possível exibir o histórico de uso utilizando as Exibições administrativas.

  1. Abra o TSM em um navegador:

    https://<tsm-computer-name>:8850. Para obter mais informações, consulte Fazer logon na interface do usuário na Web do Tableau Services Manager.

  2. Clique em Notificações na guia Configuração e clique em Eventos.

  3. Configurar definições de notificação para sua empresa:

  4. Clique em Salvar alterações pendentes após ter inserido as informações de configuração.

  5. Clique em Alterações pendentes na parte superior da página:

  6. Clique em Aplicar alterações e reiniciar.

Os vários valores de notificação descritos acima podem ser definidos individualmente com o comando tsm configuration set. Como alternativa, é possível construir um arquivo json e transmitir todos os valores de configuração em uma operação. Os métodos estão descritos nesta seção.

Definir valores de notificação individualmente

A tabela a seguir mostra os pares chave/valor que mapeiam para os eventos de notificação descritos anteriormente neste tópico. Use o comando tsm configuration set com a sintaxe a seguir para definir um único par chave/valor:

tsm configuration set -k <config.key> -v <config_value>

Por exemplo, para habilitar notificações de falhas de trabalho, execute o comando a seguir:

tsm configuration set -k backgrounder.notifications_enabled -v true

Opção de notificação Chave Valor
Falhas de extração ou de execução de fluxo backgrounder.notifications_enabled true | false
Habilitar exibições de assinatura para usuários subscriptions.enabled true | false
Habilitar anexos de PDF para assinaturas subscriptions.attachments_enabled true | false
Tamanho máximo do anexo (MB) para notificações de assinatura subscriptions.max_attachment_size_megabytes valor inteiro, o padrão é 150
Alterações do status de servidor svcmonitor.notification.smtp.enabled true | false
Relatórios de licença features.DesktopReporting true | false
Limites de espaço restante: habilitar notificações por e-mail storage.monitoring.email_enabled true | false
Limites de espaço restante: porcentagem de aviso storage.monitoring.warning_percent valor inteiro, por exemplo 20
Limites de espaço restante: porcentagem crítica storage.monitoring.critical_percent valor inteiro, por exemplo 15
Definir intervalo de e-mail storage.monitoring.email_interval_min valor inteiro, em minutos, por exemplo, 25
Registrar histórico de utilização storage.monitoring.record_history_enabled true | false

Após concluir a definição de valores, é necessário executar o comando a seguir:

tsm pending-changes apply

O comando pending-changes apply exibe um prompt para informar que reiniciará o Tableau Server se o servidor estiver em execução. O prompt será exibido mesmo que o servidor esteja parado, porém, nesse caso, não há reinicialização. Cancele o prompt com a opção --ignore-prompt, mas isso não altera o comportamento de reinicialização. Para obter mais informações, consulte tsm pending-changes apply.

Definir todos os valores de notificação com um único arquivo json

Para criar todas as configurações de notificações com uma única configuração, passe um arquivo json:

Copie e edite o seguinte modelo para criar um arquivo para sua configuração.

{
  "configKeys": {
    "backgrounder.notifications_enabled": true,
    "subscriptions.enabled": true,
    "subscriptions.attachments_enabled": true,
    "subscriptions.max_attachment_size_megabytes": 150,
    "svcmonitor.notification.smtp.enabled": true,
    "features.DesktopReporting": true,
    "storage.monitoring.email_enabled": true,
    "storage.monitoring.warning_percent": 20,
    "storage.monitoring.critical_percent": 15,
    "storage.monitoring.email_interval_min": 25,
    "storage.monitoring.record_history_enabled": true
  }
}

Após salvar o arquivo, passe-o com o comando a seguir:

tsm settings import -f <path-to-file.json>

Para aplicar alterações, execute o seguinte comando:

tsm pending-changes apply

O comando pending-changes apply exibe um prompt para informar que reiniciará o Tableau Server se o servidor estiver em execução. O prompt será exibido mesmo que o servidor esteja parado, porém, nesse caso, não há reinicialização. Cancele o prompt com a opção --ignore-prompt, mas isso não altera o comportamento de reinicialização. Para obter mais informações, consulte tsm pending-changes apply.

 

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.