È possível usar os comandos tsm settings para exportar (obter) e importar (definir) valores de configuração.

Importante: o arquivo de configuração do servidor mencionado neste tópico inclui uma cópia do arquivo principal do repositório de chaves usado para criptografar segredos de configuração. Recomendamos que tome medidas adicionais para a segurança do arquivo de configuração do nó por meio dos mecanismos como descrito em Proteção de segredos para operações de importação e exportação.

tsm settings clone

Crie uma "carga útil de clonagem" que consiste na configuração e topologia da instalação do Tableau Server (incluindo portas e serviços externos). Essa carga útil pode ser usada para recriar uma cópia exata da instalação do servidor. Esse comando foi projetado para funcionar melhor com uma instalação do Servidor que inclui um repositório externo e um armazenamento de arquivos externo. Para obter detalhes sobre como usar a carga útil do clone para criar uma cópia de uma instalação, consulte Clone do Tableau Server.

Sinopse

tsm settings clone --output-directory <output-directory> [global options]

Opções

-d, --output-directory <output-directory>

Obrigatório.

Especifica o local no qual a carga útil do clone será gravada.

tsm settings export

Exporta a configuração e a topologia do servidor atual para um arquivo.

Os seguintes arquivos não são exportados ou importados com os comandos tsm settings import ou tsm settings export. Você deve gerenciar esses arquivos manualmente:

  • Arquivo de certificado SAML
  • Arquivo-chave SAML
  • Arquivo de metadados IdP SAML
  • OpenID.static.file
  • Arquivo Kerberos.keytab
  • Arquivo keytab do Kerberos LDAP
  • Arquivo de conf. Kerberos LDAP
  • Arquivo de certificado SSL mútuo
  • Arquivo de revogação SSL mútuo
  • Arquivo de logotipo do cabeçalho de personalização
  • Arquivo de logotipo de logon de personalização
  • Arquivo de logotipo compacto de personalização

Sinopse

tsm settings export --output-config-file <path/to/output_file.json> [global options]

Opções

-f, --output-config-file <file>

Obrigatório.

Especifica a localização e o nome do arquivo criado por essa operação.

tsm settings import

Importa a configuração ou topologia do servidor.

Os seguintes arquivos não são exportados ou importados com os comandos tsm settings export ou tsm settings import. Você deve gerenciar esses arquivos manualmente:

  • Arquivo de certificado SAML
  • Arquivo-chave SAML
  • Arquivo de metadados IdP SAML
  • OpenID.static.file
  • Arquivo Kerberos.keytab
  • Arquivo keytab do Kerberos LDAP
  • Arquivo de conf. Kerberos LDAP
  • Arquivo de certificado SSL mútuo
  • Arquivo de revogação SSL mútuo
  • Arquivo de logotipo do cabeçalho de personalização
  • Arquivo de logotipo de logon de personalização
  • Arquivo de logotipo compacto de personalização

Sinopse

tsm settings import --import-config-file <path/to/import_file.json> [global options]

Opções

-f,--import-config-file <FILE>

Obrigatório.

Caminho para o arquivo de entrada.

--config-only

Opcional.

--topology-only

Opcional.

-frc, --force-keys

Opcional.

Faça com que uma chave seja adicionada à configuração, mesmo que não tenha existido anteriormente.

Opções globais

-h, --help

Opcional.

Exibir a ajuda do comando.

-p, --password <senha>

Obrigatório, com -u ou --username se não tiver sessões ativas.

Especificar a senha do usuário especificado no -u ou --username.

Se a senha tiver espaços ou caracteres especiais, coloque-a entre aspas:

--password "my password"

-s, --server https://<hostname>:8850

Opcional.

Usar o endereço definido para o Gerenciador de serviços do Tableau. A URL deve começar com https, incluir a porta 8850 e usar o nome do servidor, não o endereço IP. Por exemplo, https://<tsm_hostname>:8850. Se nenhum servidor for especificado, o https://<localhost | dnsname>:8850 é considerado.

--trust-admin-controller-cert

Opcional.

Use este sinalizador para confiar no certificado autoassinado do controlador TSM. Para obter mais informações sobre confiança de certificado e conexões CLI, consulte Conexão de clientes do TSM.

-u, --username <usuário>

Obrigatório se nenhuma sessão estiver ativa, com -p ou --password.

Especificar uma conta de usuário. Se não incluir essa opção, o comando é executado usando as credenciais de logon.

Agradecemos seu feedback!