Remover o Tableau Server do computador

Aviso: as etapas abaixo removem completamente o Tableau Server do Linux e excluem os usuários e grupos criados por initialize-tsm, todos os dados relacionados e informações de configuração. Isso inclui quaisquer arquivos no /tmp ou no /var/tmp que são de propriedade dos usuários configurados no /etc/opt/tableau/tableau_server/environment.bash, como usuários privilegiados e não privilegiados (por padrão, tsmagent e tableau). As licenças do Tableau Server também são desativadas, a menos que você omita a opção -l ao executar o comando mostrado abaixo e o computador esteja conectado à Internet.

Se desejar desinstalar um pacote específico do Tableau Server para liberar espaço em disco (após a atualização, por exemplo), consulte Desinstalar o Tableau Server.

Como parte da instalação padrão do Tableau Server, é instalado um script que oferece uma forma de remover completamente o Tableau e todos os arquivos associados a ele do computador. Isso é algo para ser feito somente quando os dados, a configuração ou os arquivos de registro do Tableau não têm importância para você ou se estiver trabalhando com o Suporte técnico do Tableau e precisar reinstalar o Tableau Server após uma falha de instalação ou atualização. O script de apagamento não removerá qualquer driver instalado separadamente, mesmo aqueles instalados para serem usados com o Tableau Server.

O script tableau-server-obliterate deve ser usado quando você quiser remover completamente o Tableau Server do computador. É possível fazer isso por algumas razões diferentes:

  • Você não quer mais o Tableau Server instalado no computador. Use o script tableau-server-obliterate para remover completamente o Tableau Server. Se for o caso, e o computador estiver conectado à internet, você pode incluir uma opção -l para desativar a licença do Tableau Server.

  • Solução de problemas na instalação do Tableau Server - Se você tiver problemas ao instalar o Tableau, talvez seja necessário usar o script tableau-server-obliterate para remover completamente o Tableau Server do computador antes de reinstalá-lo. Fazer isso limpará qualquer configuração ou estados (como o arquivo /etc/opt/tableau/tableau_server/environment.bash ) e permitirá reinstalar em um computador "limpo". Se estiver fazendo isso, é possível deixar desativada a opção -l para preservar as informações de licenciamento no computador. Se você omitir a opção -l, não será necessário ativar a licença ao reinstalar o Tableau Server.

O que tableau-server-obliterate faz

O script tableau-server-obliterate deve remover completamente o Tableau Server do computador. Isso inclui arquivos, configurações do sistema e configurações e, se especificado, informações de licenciamento.

Ao executar o tableau-server-obliterate, as seguintes etapas serão executadas:

  • A Desinstalação é executada em todas as versões instaladas do Tableau Server (remoção de yum ou apt-get).
  • A maioria do conteúdo do diretório de dados é removida (por padrão, /var/opt/tableau/tableau_server). Os arquivos de backup e registro são preservados por padrão. Veja a seção abaixo, "Manter os arquivos de backup e de registro do Tableau Server".
  • Todos os semáforos e segmentos de memória compartilhada são excluídos.
  • Todos os arquivos temporários que pertencem ao usuário do "tableau" são excluídos de /tmp e /var/tmp.
  • Todos os usuários e grupos criados durante a instalação são excluídos.
  • /etc/opt/tableau é excluído.
  • Os certificados confiáveis são removidos de /etc/pki/ca-trust/source/anchors/TableauServer e /usr/share/ca-certificates/tableau
  • Os arquivos de configuração são removidos de:
    • /etc/sysctl.d/99-tableau-server.conf
    • /etc/profile.d/tableau_server*
    • /etc/security/limits.d/99-tableau_server*
    • /etc/systemd/logind.conf.d/tableau_server*
    • /usr/share/bash-completion/completions/tsm
    • etc/bash_completion.d/tsm
    • /usr/share/bash-completion/completions/tabcmd
    • /etc/bash_completion.d/tabcmd
    • /run/tableau
    • /usr/lib/tmpfiles.d/tableau-server.conf
  • Todas as licenças de servidor (exceto licenças de teste e aquelas ativadas pelo serviço de autorização para execução (ATR) do Tableau são desativadas se você usar a opção -l e o computador estiver conectado à internet. Essa opção não funciona em situações offline.

Preservação dos arquivos de backup e de registro do Tableau Server

Antes da versão 2020.1 do Tableau Server, a execução do script tableau-server-obliterate excluiu todo o conteúdo do diretório de dados. A partir da versão 2020.1, o comportamento padrão do script tableau-server-obliterate foi alterado: o script copia e salva os arquivos de backup e de registro do Tableau Server no diretório logs-temp. A localização padrão do diretório logs-temp está em /var/opt/tableau/logs-temp. Você pode definir opções no script para desativar essa nova funcionalidade.

Para alterar o comportamento padrão e remover arquivos de backup ou de registro, inclua as seguintes opções ao executar o script tableau-server-obliterate:

  • -k Não copie backups no diretório logs-temp.
  • -g Não copie logs no diretório logs-temp.
  • -a Não copie nada no diretório logs-temp.

Executar o script tableau-server-obliterate

É possível remover completamente o Tableau Server de um computador, mantendo as informações de licenciamento ou as removendo junto com todos os outros aspectos do Tableau Server. Você pode querer manter o licenciamento se for reinstalar o Tableau Server no mesmo computador.

Uma versão mais antiga do tableau-server-obliterate pode ignorar arquivos de novas versões do Tableau Server. Sempre execute o script obliterate para a versão do Tableau Server que está instalada no computador.

Para remover completamente o Tableau Server sem remover o licenciamento do servidor

O script de exemplo neste procedimento também inclui a opção -a para remover arquivos de backup e de registro do Tableau Server.

  1. No nó inicial, abra uma sessão do terminal.

  2. Execute o script tableau-server-obliterate:

    sudo /opt/tableau/tableau_server/packages/scripts.<version_code>/tableau-server-obliterate -a -y -y -y

    Observação: se você já tiver desinstalado o Tableau Server e agora quiser removê-lo, execute a cópia do script tableau-server-obliterate localizada no diretório /var/tmp. Caso o script não esteja nesse diretório, reinstale o pacote do Tableau Server e, depois, execute o script tableau-server-obliterate .

    Se a sua instalação do Tableau Server for de vários nós (distribuída), execute o script tableau-server-obliterate em cada nó do cluster.

  3. Reinicie cada computador no qual você executou o script tableau-server-obliterate.

Para remover completamente o Tableau e o licenciamento

O script de exemplo neste procedimento também inclui a opção -a para remover arquivos de backup e de registro do Tableau Server.

  1. No nó inicial, abra uma sessão do terminal.

  2. Desative qualquer chave do produto ativa.

    tsm licenses deactivate -k <product_key>

  3. Execute o script tableau-server-obliterate:

    sudo /opt/tableau/tableau_server/packages/scripts.<version_code>/tableau-server-obliterate -a -y -y -y -l

    A opção -l remove todos os arquivos de licenciamento do computador se o computador estiver conectado à internet. O script primeiro tenta desativar qualquer licença ativa, mas removerá todas as informações de licenciamento independentemente do sucesso ou falha dessa desativação. Por isso recomendamos executar o comando tsm licenses deactivate antes de executar o script obliterate.

    Observação: se você já tiver desinstalado o Tableau Server e agora quiser removê-lo, execute a cópia do script tableau-server-obliterate localizada no diretório /var/tmp. Caso o script não esteja nesse diretório, reinstale o pacote do Tableau Server e, depois, execute o script tableau-server-obliterate.

    Se a sua instalação do Tableau Server for de vários nós (distribuída), execute o script tableau-server-obliterate em cada nó do cluster. Não é necessário desativar as licenças em qualquer nó adicional.

  4. Reinicie cada computador no qual você executou o script tableau-server-obliterate.

Agradecemos seu feedback!