Configurar o relato de falhas do servidor

A geração de relatórios de falha do servidor está desabilitada por padrão. Este tópico descreve como configurar o gerador de relatórios de falhas do servidor Os relatórios de falha são criptografados e enviados para o Tableau. Consulte o Gerador de relatórios de falhas do servidor para obter mais informações.

Se sua organização usar um servidor proxy para se conectar à internet, você deve configurar o gerador de relatórios de falhas do servidor do Tableau para usar o proxy. Mesmo que já tenha configurado o Tableau Server para usar um proxy, também deverá configurar o gerador de relatórios de falhas do servidor separadamente. Para configurar o proxy para o gerador de relatórios de falhas do servidor, você deve usar o procedimento CLI do TSM conforme descrito neste tópico.

Importante: não habilite a geração de relatórios de falhas se os dados estiverem sujeitos a regulamentos de privacidade.

  1. Abra o TSM em um navegador:

    https://<tsm-computer-name>:8850. Para obter mais informações, consulte Fazer logon na interface do usuário na Web do Tableau Services Manager.

  2. Clique na guia Manutenção.

  3. Em Outras tarefas de manutenção, no Gerador de relatórios de falhas do servidor, selecione Habilitar relatórios de falhas:

  4. Especifique a hora do dia agendada para fazer o upload de relatórios de falha para o Tableau.

  5. Ao terminar, clique em Alterações pendentes, em seguida clique em Aplicar alterações e reiniciar..

Use o modelo de arquivo de configuração abaixo para criar um arquivo json. Depois de preencher as opções com os valores adequados, passe o arquivo json e aplique as configurações com os seguintes comandos:

tsm settings import -f path-to-file.json

tsm pending-changes apply

Se as alterações pendentes exigirem uma reinicialização do servidor, o comando pending-changes apply exibirá um prompt para que você saiba que ocorrerá uma reinicialização. Esse prompt será exibido mesmo que o servidor esteja parado, porém, nesse caso, não há reinicialização. Cancele o prompt com a opção --ignore-prompt, mas isso não altera o comportamento de reinicialização. Se as alterações não exigirem uma reinicialização, elas serão aplicadas sem um prompt. Para obter mais informações, consulte tsm pending-changes apply.

Como o arquivo de configuração está usando a classe configKey, os valores passados não são validados pelo TSM como ao usar a classe configEntities. É possível verificar e definir opções individuais usando os comandos tsm configuration.

Configurações de relato de falhas

As configurações de relato de falha no modelo abaixo especificam diversas opções de configuração do Tableau Server para o envio de relatórios de falha ao Tableau.

Modelo de configuração

Use este modelo para definir as configurações do gateway.

Para obter mais explicações sobre arquivos de configuração, entidades e chaves, consulte Exemplo de arquivo de configuração.

 {
	"configKeys": {
	 "servercrashupload.enabled": "true",
	 "servercrashupload.scheduled_time": "1:00:00 UTC",
	 "servercrashupload.proxy_server_host": "",
	 "servercrashupload.proxy_server_port": "",
	 "servercrashupload.proxy_server_username": "",
	 "servercrashupload.proxy_server_password": "",
	 "servercrashupload.preserve_upload_packages": "false",
	 "servercrashupload.delete_completed_dumps": "false"
	 }
 }

Referência do arquivo de configuração

Esta tabela inclui chaves que podem ser definidas para configurar a geração de relatórios de falha.

servercrashupload.enabled

Padrão: false.

Defina como true para habilitar a geração de relatórios de falha.

servercrashupload.scheduled_time

Padrão: 1:00:00 UTC

Especifica o horário agendado para iniciar o envio de falhas. Insira a hora no formato de 24 horas.

servercrashupload.proxy_server_host

Caso sua empresa use um servidor proxy para se conectar à Internet, especifique o nome do host.

servercrashupload.proxy_server_port

Caso sua empresa use um servidor proxy para se conectar à Internet, especifique o número da porta.

servercrashupload.proxy_server_username

Se o servidor proxy exigir a autenticação, especifique o nome de usuário com essa chave.

servercrashupload.proxy_server_password

Se o servidor proxy exigir a autenticação, especifique a senha com essa chave.

servercrashupload.preserve_upload_packages

Padrão: false.

Para salvar todos os pacotes criados para a geração de relatórios de falha, defina a chave como true.

Por padrão, todos os pacotes são salvos em /var/opt/tableau/tableau_server/data/tabsvc/clustercontroller/tabcrashreporter.

servercrashupload.delete_completed_dumps

Padrão: false.

Para excluir todos os despejos após o envio, defina esta chave como true.

Agradecemos seu feedback!