Instalação automatizada do Tableau Server

O Tableau fornece um script automated-installer para automatizar e instalar o Tableau Server. O script é compatível com a comunidade(O link abre em nova janela). É possível baixar o script e usá-lo como gravado, ou modificá-lo de acordo com suas necessidades.

Vantagens de usar um instalador automático

  • Com um único comando, é possível instalar, configurar e obter uma instância de trabalho do Tableau Server.

  • O comando pode ser executado sem a entrada do usuário, possibilitando a automação.

  • A configuração pode ser definida uma vez e usada em todas as suas instalações, tornando-a um processo de repetição.

Quando não usar o instalador automático:

  • Se esta for a primeira instalação, é recomendado testar o processo manual, antes de automatizá-lo. Qualquer problema que bloqueie a instalação é mais fácil de resolver interativamente e, após a resolução, será possível usar o instalador automático.

  • Se estiver testando ou tentando novos parâmetros de configuração, como métodos de autenticação, é recomendado realizar a Instalação manualmente primeiro. O TSM valida as entidades da configuração e rejeita os parâmetros de configuração não válidos. Uma vez identificados os parâmetros corretos, é possível usar o instalador automatizado.

  • Se você não puder ou não desejar inserir senhas em arquivos secretos, usar o instalador automático pode não ser uma opção para você.

Antes de começar

Consulte o tópico Antes da instalação... para verificar se o Linux foi instalado no computador que atende aos requisitos de sistema operacional e os requisitos mínimos de hardware para o Tableau Server.

Observação: se estiver instalando o Tableau Server em um ambiente de produção, consulte as recomendações mínimas de hardware. As recomendações mínimas representam a configuração mínima de hardware necessária para uma instalação de produção do Tableau Server.

Para executar uma instalação automatizada, use o pacote do instalador automatizado que usa o pacote de instalação do Tableau Server como entrada. Recomendamos baixar ambos pacotes antes de começar, conforme descrito a seguir:

  1. Baixe o pacote do instalador automatizado e o pacote do instalador do Tableau Server:

    1. Baixe o pacote do instalador automatizado do GitHub(O link abre em nova janela) para a distribuição que você está usando. Os pacotes do instalador automatizado podem ser encontrados no subdiretório packages(O link abre em nova janela).

      Observação:. A versão do pacote do instalador automatizado que for usada deve corresponder à versão do pacote do instalador do Tableau Server. Por exemplo, use a versão 10.5.0 do pacote do instalador automatizado com o pacote do instalador do Tableau Server versão 10.5.0.

    2. Selecione e baixe o pacote do instalador do Tableau Server na página Downloads e notas de versão dos produtos do Tableau Server(O link abre em nova janela). A sua escolha depende da distribuição de Linux usada. Por exemplo, para sistemas do tipo RHEL, tableau-server-<version>.x86_64.rpm.

    3. Baixe o config.json, reg_templ.json e os modelos de segredos.

  2. Copie os pacotes e modelos para uma pasta no computador, ou um lugar acessível por ele, onde o Tableau Server será instalado.

Como usar o instalador automático:

O instalador automatizado instala o pacote do instalador do Tableau Server, cria os diretórios, define as permissões necessárias para executar o Tableau Server e inicia a instalação do Tableau Services Manager (TSM). Depois que instalação do TSM for concluída, o instalador automatizado executa os comandos tsm para instalar, configurar e iniciar o Tableau Server. Por padrão, durante o processo, o instalador automatizado ativa uma licença de avaliação gratuita. Caso tenha uma chave do produto, é possível fornecê-la na linha de comando ou ativá-la após executar o script. A maioria das opções da linha de comando no instalador automatizado são as mesmas usadas pelo comando tsm initialize.

Para executar o instalador automatizado sem a entrada do usuário, forneça as opções obrigatórias da linha de comando a seguir:

Opção Descrição
-s <secrets-file>

O nome do arquivo de segredos. O arquivo de segredos deve ter os nomes de usuários e senhas do administrador do TSM, além das contas do administrador do Tableau Server.

Observação: fornecer a senha no arquivo de segredos é opcional. Contudo, se as senhas não forem encontradas no arquivo de segredo, elas precisarão ser fornecidas durante a instalação.

O pacote do instalador automatizado inclui o modelo do arquivo de segredos.

-f <config-file> O nome do arquivo de configuração JSON. O pacote do instalador automatizado inclui o modelo do arquivo de configuração.
-r <registration-file> O nome do arquivo de registro. O pacote do instalador automatizado inclui o modelo do arquivo de registro.
--accepteula Indica que o Contrato de licença do usuário final foi aceito.
<package-file> O instalador do Tableau Server rpm ou deb.

Use a opção -h para visualizar uma lista completa de todas as opções da linha de comando obrigatórias.

Configurar o Tableau Server para um proxy de encaminhamento

Se a sua organização usar uma solução de proxy de encaminhamento para acessar a Internet, configure o Tableau Server para usar o servidor proxy. O Tableau Server deve acessar a Internet para obter dados de mapa e o recurso de licenciamento padrão.

Durante a instalação, recomenda-se configurar o Tableau Server para uma solução de proxy de encaminhamento.

Para configurar o servidor proxy durante uma instalação não supervisionada, inclua os sinalizadores --http_proxy e/ou --https_proxy para especificar o servidor proxy de encaminhamento.

Especifique a URL.e a porta, por exemplo:

--http_proxy=http://proxy.exampe.lan:80/ --https_proxy=http://1.2.3.4:443/

Certifique-se de usar http ao especificar a URL da variável https_proxy. Não especifique o protocolo https para o valor da variável https_proxy.

Para configurar o Tableau Server a ignorar o proxy de encaminhamento, inclua o sinalizador --no_proxy. Além disso, adicione exceções a essa configuração de proxy para garantir que toda a comunicação em um cluster local do Tableau Server (se tiver um agora ou se tiver um posteriormente) não seja roteada para o servidor proxy. Exemplo:

--no_proxy=localhost,127.0.0.1,localaddress,.localdomain.com.

Caso não configure o proxy de encaminhamento durante a instalação, consulte Configuração do Tableau Server no Linux para trabalhar com um proxy de encaminhamento depois de ter instalado.

Executar uma instalação não supervisionada

Etapa 1: instale o instalador automático

  1. Faça logon no computador como um usuário com acesso sudo.

  2. Use o gerenciador de pacotes para instalar o pacote do script.

    • Em distribuições em RHEL, incluindo o CentOS, execute o comando a seguir:

      sudo yum install /path/to/tableau-server-automated-installer-<version>.noarch.rpm

    • Em Ubuntu e Debian, execute os seguintes comandos:

      sudo apt-get update

      sudo apt-get -y install gdebi-core

      sudo gdebi -n /path/to/tableau-server-automated-installer-<version>.deb

    O download do pacote do instalador automático inclui o arquivo de configuração (config.json), o arquivo de registro (reg_templ.json) e o arquivo de segredos (secrets) que podem ser usados para modificar seus requisitos, conforme descrito na próxima etapa. O script do instalador e os modelos para a configuração do nó inicial, o registro do Tableau Server e o arquivo de segredo são instalados em:

    /opt/tableau/tableau_server_automated_installer/automated-installer.<version>

Etapa 2: crie arquivos para fornecer informações adicionais de configuração necessárias para a execução da instalação automática

Como o instalador automático foi feito para ser executado sem interação com o usuário, é necessário fornecer as seguintes informações adicionais.

  1. Execute o comando seguir para copiar os modelos, config.json, reg_templ.json e secrets, para outro diretório, como o seu diretório inicial. Não recomendamos que você edite diretamente os arquivos de modelo:

    cp /opt/tableau/tableau_server_automated_installer/automated-installer.<version>/{config.json,reg_templ.json,secrets} ~

  2. Edite o modelo de configuração, config.json para fornecer as configurações de nó iniciais. É necessário fornecer as configurações do repositório de identidades do computador com o Tableau Server. Dependendo dos requisitos de rede, pode ser necessário fornecer as configurações do gateway. A opção de colocar em cache é definida para cache e reuso dos dados pelo maior de tempo possível. Os exemplos de pasta de trabalho estão instalados por padrão. O modelo inclui as informações mínimas necessárias, portanto ele é um ponto de partida. Para obter mais informações sobre as configurações, consulte Configurar as definições do nó inicial.

  3. Edite o arquivo de registro reg_templ.json para fornecer suas informações de identificação exclusivas necessárias para registrar o Tableau Server de acordo com o Contrato de Licença do Usuário Final (EULA). Para obter mais informações, consulte Contrato de licença do usuário final(O link abre em nova janela) e Ativar e registrar o Tableau Server .

  4. Edite o arquivo de segredos usando o modelo secrets com o nome de usuário e a senha para o administrador do TSM e as contas de administrador do Tableau Server.

    • A conta de administrador do TSM deve ser do mesmo usuário que o admin de sudo executando o script. Se não quiser especificar a senha no arquivo de segredos, deixe em branco e forneça a senha durante a instalação.

    • A conta do administrador do Tableau Server é a conta inicial criada pelo instalador e é usada para o administrador do Tableau Server.

Etapa 3: execute a instalação automática

  1. Faça logon no computador como um usuário com acesso sudo.

    Em distribuições em RHEL, incluindo o CentOS, execute o comando a seguir:

    sudo /opt/tableau/tableau_server_automated_installer/automated-installer.<version>/automated-installer -s /path/to/secrets -f /path/to/config.json -r /path/to/reg_templ.json --accepteula /path/to/tableau-server-<version>.x86_64.rpm

    Em Ubuntu e Debian, execute o seguinte comando:

    sudo /opt/tableau/tableau_server_automated_installer/automated-installer.<version>/automated-installer -s /path/to/secrets -f /path/to/config.json -r /path/to/reg_templ.json --accepteula /path/to/tableau-server-<version>_amd64.deb

    Importante: é preciso especificar a chave -accepteula para confirmar e aceitar o Contrato de licença de usuário final (EULA) no comando que usar para executar o script. O EULA está disponível no local a seguir: /opt/tableau/tableau_server/packages/docs.<version_code>/EULA.rtf.

    Observação: se esta máquina for incluída como um nó adicional de um cluster existente, é necessário especificar o sinalizador -b bootstrap e o arquivo de configuração de nó no servidor inicial. Para obter mais informações sobre como gerar o arquivo de configuração do nó, consulte Instalar e configurar nós adicionais

 

Agradecemos seu feedback!