Os administradores e os proprietários de fonte de dados podem gerenciar as informações que descrevem como uma fonte de dados publicada se conecta aos dados subjacentes. Essas informações incluem o nome ou o endereço do servidor do banco de dados, a porta do servidor, o nome de usuário e se a senha está ou não incluída na conexão.

Observação: a capacidade de editar as conexões é determinada principalmente pela sua função do site, em vez de suas permissões na fonte de dados. Para editar as conexões, a função no site deve ser Administrador do servidor, Administrador de site ou Creator. Se a sua função for Creator, é necessário que seja também o proprietário da fonte de dados.

  1. Faça logon no site que tem as fontes de dados que você deseja modificar e, na guia Conteúdo, selecione ExplorarFontes de dados.

  2. Selecione o nome da fonte de dados com a conexão que deseja atualizar.

    Mostre filtros para procurar pela fonte de dados ou diminua o escopo da lista de fontes de dados. Os valores digitados nos campos Nome do servidor e Nome de usuário do banco de dados são tratados como expressões regulares.

  3. Na exibição Conexões, selecione o menu Ações () da fonte de dados, em seguida, selecione Editar conexão.

    Para editar várias fontes de dados, selecione as fontes de dados que deseja editar e, em seguida, clique no menu Ações e Editar conexão.

  4. Atualize as informações de conexão.

    Para Nome do servidor, se deseja usar o endereço IP, certifique-se de que o banco de dados ou o driver suporte esse tipo de conexão. Se não suportar, insira o nome do servidor de banco de dados.

    Consulte também Tipos de autenticação para os dados do Google, Salesforce e WDC posteriormente neste tópico.

  5. Clique em Salvar.

  6. Atualize a página do navegador para que suas alterações entrem em vigor.

Tipos de autenticação para os dados do Google, Salesforce e WDC

Google BigQuery, Google Analytics, Salesforce.com e muitas conexões do conector de dados da web (WDC) usam o padrão de autenticação OAuth, que usa tokens de acesso seguros em vez de credenciais brutas de nome de usuário e senha. Com OAuth, as credenciais de banco de dados não precisam ser armazenadas no Tableau, e todos os usuários se conectam por esse token de acesso, incluindo os usuários do Tableau Desktop que desejam criar ou editar pastas de trabalho que se conectam à fonte de dados.

As seções a seguir descrevem as opções de conexão do Salesforce. As opções do conector de dados da Web variam, mas todas requerem que a conexão seja estabelecida usando o formulário de logon do provedor na Web para determinar o token de acesso.

Opções de autenticação do Google

Ao editar as conexões do Google BigQuery ou Google Analytics, selecione uma das seguintes opções na caixa de diálogo Editar conexão:

  • Selecione Inserir credenciais do Google BigQuery (ou do Google Analytics) na conexão para se autenticar usando uma conta designada. Em seguida, escolha uma conta existente na lista ou selecione autenticar conta agora... para adicionar uma nova.

    Quando você adiciona uma nova conta, a página de logon do Google é exibida. Depois que você fornecer suas credenciais de banco de dados, o Google solicita que você confirme o acesso do Tableau aos dados. Quando você clica em Aceitar, o Google retorna um token de acesso a ser usado na conexão com os dados.

    Observação: Se você criar extrações de sua fonte de dados do Google, selecione essa primeira opção para poder programar tarefas de atualização.

  • Selecione Solicitar credenciais do Google BigQuery/Analytics ao usuário para exigir que os usuários se conectem usando seus próprios tokens de acesso individuais ou façam logon sempre que se conectarem.

Opções de autenticação do Salesforce.com

Observação: isso só se aplica se o Tableau Server estiver configurado para usar credenciais salvas para Salesforce com o OAuth. Se o servidor não estiver configurado para isso, use o processo padrão acima para modificar conexões. Para obter mais informações sobre a configuração do Tableau Server para usar credenciais salvas com o OAuth, consulte Alterar o OAuth do Salesforce.com para credenciais salvas.

Ao editar conexões do Salesforce.com, é possível selecionar qualquer uma das seguintes opções na caixa de diálogo Editar conexão:

  • Selecione Nome de usuário e senha do Salesforce inseridos na conexão para usar um método de autenticação tradicional.

  • Selecione Credenciais do Salesforce inseridas na conexão para usar uma conexão OAuth e agendar tarefas de atualização e, em seguida, selecione uma conta existente na lista ou clique em Adicionar uma conta do Salesforce para adicionar uma nova.

    Quando você adicionar uma nova conta, a página de logon do Salesforce.com será exibida. Depois de fornecer suas credenciais de bancos de dados, o Salesforce.com solicita que você confirme o acesso do Tableau aos dados. Quando você permite o acesso ao Tableau, o Salesforce.com cria um token de acesso com o qual se conecta aos dados.

  • Selecione Nenhuma autenticação do Salesforce para exigir que os usuários façam logon no Salesforce.com sempre que se conectarem. (Esta opção não permite agendar atualizações de extrações.)

Monitorar andamento

Quando você salva as alterações na caixa de diálogo Editar conexão, ela mostra o progresso. Se você fechar a caixa de diálogo, as modificações continuarão sendo executadas em segundo plano até serem concluídas. Tableau Server fará o maior número de alterações possível. Todas as falhas serão ignoradas, mas não impedirão outras alterações. Por exemplo, se você tentar alterar o nome do servidor e adicionar uma senha a várias conexões, os nomes de servidor serão alterados e as senhas nas pastas de trabalho também. No entanto, como não é possível adicionar uma senha a uma fonte de dados, as senhas para as fontes de dados não serão alteradas.

Para obter informações sobre como verificar o progresso dessas tarefas, consulte Tarefas em segundo plano para extrações.

Agradecemos seu feedback!