Este artigo descreve como conectar o Tableau a um banco de dados do Oracle e configurar a fonte de dados.

Observação: começando pelo Tableau 2020.2, se você quiser publicar uma fonte de dados ou livro de trabalho usando net_service_names para o Tableau Server, certifique-se de rever as alterações descritas no artigo da Base de dados de conhecimento, Definição de uma conexão Oracle para usar TNSNames.ora ou LDAP.ora.

Antes de começar

Antes de começar, colete estas informações de conexão:

  • O nome do servidor que hospeda o banco de dados ao qual deseja se conectar e o nome e a porta do serviço Oracle ou o nome TNS

  • Método de autenticação: autenticação integrada ou nome de usuário e senha

  • Você está se conectando a um servidor SSL? Você deve configurar o cliente Oracle antes que seja possível usar SSL com o Tableau.

    Se estiver usando a versão 2020.2 ou posterior, consulte Exigir SSL para Conexões Oracle JDBC.

  • (Opcional) Instrução de SQL Inicial para execução sempre que o Tableau se conecta

Driver necessário

Este conector exige um driver para se comunicar com o banco de dados. Você talvez já tenha esse driver instalado no computador. Se o driver não estiver instalado no computador, o Tableau exibirá uma mensagem na caixa de diálogo de conexão com um link para a página Download do driver(O link abre em nova janela), na qual é possível encontrar links para o driver e instruções de instalação.

Driver JDBC versus driver OCI

Começando pela versão 2020.2, o Tableau recomenda que você use o driver JDBC (disponível na página Download de driver(O link abre em nova janela)) com este conector. O driver JDBC mais recente resolve algumas limitações encontradas com o driver OCI, como nenhum suporte espacial ou delegação Kerberos no Linux.

Observação: se você tiver problemas ao usar o driver JDBC para este conector, um driver OCI ainda estará disponível e pode ser usado no lugar. Consulte a página Download do driver(O link abre em nova janela) para obter instruções.

Fazer a conexão e configurar a fonte de dados

  1. Inicie o Tableau e, em Conectar, selecione Oracle. Para obter uma lista completa de conexões de dados, selecione Mais em A um servidor. Em seguida, execute estes procedimentos:

    1. Insira o nome do servidor ou o nome TNS.

      • Se inserir o nome do servidor, é obrigatório inserir o nome e o número da porta do serviço Oracle.

        Observação: para encontrar o nome de serviço correto, abra o arquivo tnsnames.ora (no diretório ORACLE_HOME/network/admin por padrão) e procure a seção net_service_name. Use o valor listado para service_name.

      • Se inserir o nome TNS, não insira o nome e o número da porta do serviço Oracle.

    2. Selecione como você deseja se conectar ao servidor. Especifique se é para usar a autenticação integrada ou um nome de usuário e senha específicos.

      Marque a caixa de seleção Exigir SSL para conectar-se a um servidor SSL.

    3. (Opcional) Selecione SQL inicial para especificar um comando SQL a ser executado no início de cada conexão quando você abre a pasta de trabalho, atualiza uma extração, faz logon no Tableau Server ou publica no Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Executar o SQL inicial.

    4. Selecione Fazer logon.

      Se o Tableau não conseguir fazer a conexão, verifique se as suas credenciais estão corretas. Se ainda assim não conseguir se conectar, seu computador está enfrentando problemas para localizar o servidor. Entre em contato com o administrador de banco de dados ou de rede.

  2. Na página da fonte de dados, faça o seguinte:

    1. (Opcional) Selecione o nome da fonte de dados padrão na parte superior da página e, em seguida, insira um nome de fonte de dados exclusivo para uso no Tableau. Por exemplo, use uma convenção de nomeação de fonte de dados que ajude os outros usuários da fonte de dados a deduzir a qual fonte de dados devem se conectar.

    2. Na lista suspensa Esquema, selecione o ícone de pesquisa ou insira o nome do esquema na caixa de texto e selecione o ícone de pesquisa e, em seguida, o esquema. Observação: A pesquisa diferencia maiúsculas e minúsculas.

    3. Na caixa de texto Tabela, selecione o ícone de pesquisa ou insira o nome da tabela e selecione o ícone de pesquisa e, em seguida, a tabela.

      Observação: A pesquisa diferencia maiúsculas e minúsculas.

      O Tableau Desktop também dá suporte à conexão com as funções de tabela do Oracle, que aparecem em Procedimentos armazenados no painel esquerdo da página Fonte de dados.

      A partir da versão de 2020.2 do Tableau, é possível se conectar a colunas espaciais. Para obter mais informações, consulte Conectar a dados espaciais em um banco de dados(O link abre em nova janela).

    4. Arraste uma tabela para a tela e selecione a guia da planilha para iniciar sua análise.

      Use SQL personalizado para se conectar a uma consulta específica em vez de à fonte de dados inteira. Para obter mais informações, consulte Conectar a uma consulta de SQL personalizado.

Fazer logon em um Mac

Se você usa o Tableau Desktop em um Mac, quando inserir o nome de servidor com o qual se conectar, use um nome de domínio totalmente qualificado, como mydb.test.example.lan, em vez de um nome de domínio relativo, como mydb ou mydb.test.

Como alternativa, é possível adicionar o domínio à lista de Domínios de Pesquisa no computador Mac para que, quando você se conectar, seja necessário fornecer apenas um nome de servidor. Para atualizar a lista de Domínios de Pesquisa, vá para Preferências do Sistema > Rede > Avançado e depois abra a guia DNS.

Usar definições de serviços de rede no Tableau

Para usar suas definições de serviços de rede no Tableau, defina TNS_ADMIN ou ORACLE_HOME como uma variável de ambiente. Para definir TNS_ADMINcomo a variável de ambiente, use o caminho completo do diretório que contém o arquivo tnsnames.ora. Para definir ORACLE_HOME como uma variável de ambiente, use o caminho para o diretório principal Oracle.

Migrar a pasta de trabalho do conector Oracle OCI para o conector Oracle JDBC

Se criar uma pasta de trabalho usando o conector Oracle OCI com SSL e depois tentar abri-la usando o conector Oracle baseado em JDBC, o Tableau não poderá encontrar o certificado SSL correspondente.

Para migrar uma pasta de trabalho

  1. Converta o certificado do formato PKCS12 (usado pela Oracle Wallet) para o formato JKS. Use este comando:

    keytool -importkeystore -srckeystore PFX_P12_FILE_NAME -srcstoretype pkcs12 -srcstorepass PFX_P12_FILE -srcalias SOURCE_ALIAS -destkeystore KEYSTORE_FILE -deststoretype jks -deststorepass PASSWORD -destalias ALIAS_NAME

  2. Modifique oracle.properties para personalizar essa conexão da seguinte forma:

    javax.net.ssl.trustStore = <new jks file path>
    javax.net.ssl.trustStoreType = JKS
    javax.net.ssl.trustStorePassword = <new jks file password>

 

Consulte também

Agradecemos seu feedback!