Este artigo descreve como conectar o Tableau aos dados do Google Analytics (GA) e como configurar a fonte de dados.

Observação: a propriedade do Google Analytics 4 não é compatível.

Antes de começar

Antes de começar, colete estas informações de conexão:

  • Endereço de e-mail e senha do GA.

Recomendação

Configurar um cliente OAuth personalizado para usar as políticas de TI da sua empresa

Você pode controlar totalmente sua configuração OAuth de acordo com suas próprias políticas de TI com um cliente OAuth personalizado. A opção de usar seu próprio cliente OAuth faz com que você não fique preso aos ciclos de lançamento do Tableau e à agenda de rotação do cliente OAuth do Tableau. Para obter informações sobre como configurar seu próprio cliente OAuth, consulte Configurar OAuth personalizado para um site.

Fazer a conexão e configurar a fonte de dados

  1. Inicie o Tableau e em Conectar, selecione Google Analytics. Para obter uma lista completa de conexões de dados, selecione Mais em A um servidor. Na guia aberta pelo Tableau no navegador padrão, faça o seguinte:

    1. Entre no GA usando o seu e-mail ou telefone e selecione Próximo para inserir a senha.

    2. Selecione Permitir para que o Tableau Desktop possa acessar os dados GA.

    3. Feche a janela do navegador quando for notificado.

  2. Na página da fonte de dados, faça o seguinte:

    1. (Opcional) Selecione o nome da fonte de dados padrão na parte superior da página e, em seguida, insira um nome de fonte de dados exclusivo para uso no Tableau. Por exemplo, use uma convenção de nomeação de fonte de dados que ajude os outros usuários da fonte de dados a deduzir a qual fonte de dados devem se conectar.

    2. Siga as etapas na área superior da página da fonte de dados para concluir a conexão.

      1. Etapa 1 – Selecione uma Conta, Propriedade e Perfil usando os menus suspensos.

      2. Etapa 2 – Selecione filtros para o intervalo de datas e um segmento.

        • Para Intervalo de datas, você pode selecionar um dos intervalos de datas predefinidas ou selecionar datas específicas. Ao selecionar um intervalo de datas, o GA pode oferecer dados completos apenas até o dia anterior. Por exemplo, se você escolher Últimos 30 dias, os dados serão recuperados para o período dos últimos 30 dias, encerrando no dia de ontem.

        • Para Segmento, selecione um segmento para filtrar os dados. Os segmentos são filtros predefinidos que você pode definir para uma conexão do GA. Os Segmentos padrão são definidos pelo Google e os Segmentos personalizados são definidos pelo usuário no site do GA. Os segmentos também ajudam a prevenir a ocorrência de amostragem, filtrando os dados conforme definidos pelo segmento. Por exemplo, com um segmento, você pode obter resultados para uma plataforma específica, como tablets, ou para um determinado mecanismo de pesquisa, como o Google.

      3. Observação: o GA restringe a quantidade de dados que ele retorna em uma consulta. Ao tentar recuperar mais dados que o permitido pelo GA em uma única consulta, em vez disso o GA retorna amostra de dados. Se o Tableau detectar que a sua consulta do GA pode retornar os dados de exemplo, ele tentará ignorar a restrição de consulta para retornar todos os dados. Para obter mais informações, consulte abaixo Todos os dados vs. dados de exemplo resultantes da consulta.

        Etapa 3 – Adicione as dimensões e medidas usando os menus suspensos Adicionar dimensão e Adicionar medida, ou selecione um conjunto de medidas predefinido no menu suspenso Escolher um grupo de medidas. Algumas dimensões e medidas não podem ser usadas juntas. Para obter mais informações, consulte Guia de referência de dimensões e métricas(O link abre em nova janela) no site de desenvolvedores do Google.

    3. Selecione a guia de planilha para iniciar a sua análise. Depois de selecionar a guia de planilha, o Tableau importa os dados criando uma extração. Observe que o Tableau Desktop só é compatível com extrações do Google Analytics. Você pode atualizar os dados atualizando a extração. Para obter mais informações, consulte Extrair seus dados.

Todos os dados vs. dados de exemplo resultantes da consulta

O GA restringe a quantidade de dados que ele retorna de uma consulta e, no lugar, oferece dados de exemplo. Os dados de exemplo são um subconjunto aleatório de seus dados. Ao executar a análise nos dados de amostra, valores atípicos interessantes podem passar despercebidos e as agregações podem ser imprecisas. Se o Tableau detectar que a sua consulta pode retornar os dados de exemplo, por padrão, ele criará várias consultas a partir da sua consulta e, em seguida, combinará os resultados das consultas para retornar todos os dados.

Você verá a seguinte mensagem quando o Tableau retornar todos os dados.

Se a consulta permanece dentro dos limites das restrições, o GA não retornará os dados de exemplo e você não verá a mensagem acima.

Solucionar problemas ao retornar todos os dados

Se a sua consulta continua a retornar dados de exemplo, considere o seguinte:

  • Variável de contexto obrigatória ausente – a propriedade do Google Analytics 4 não é compatível.

  • Dimensão de data ausente – Você deve usar a dimensão de data na sua consulta para retornar todos os dados.

  • Dados em excesso – A sua consulta pode conter dados em excesso. Reduza o intervalo de datas. Observe que o intervalo mínimo de data é de um dia.

  • Dimensões e medidas não agregáveis – Algumas dimensões e medidas não podem ser separadas em várias consultas. Se você suspeitar de uma dimensão ou medida problemática na sua consulta, focalize sobre o botão Todos os dados para ver a dica de ferramenta que mostra quais dimensões ou medidas devem ser removidas da sua consulta.

  • Pastas de trabalho herdadas – As pastas de trabalho criadas no Tableau Desktop 9.1 e versões anteriores não podem retornar todos os dados. Abra a pasta de trabalho herdada no Tableau Desktop 9.2 e versões posteriores e salve-a.

Retornar os dados de exemplo

Em alguns casos, quando o desempenho da pasta de trabalho for crítico ou houver dimensões e medidas específicas que deseja usar na sua consulta, que não são aceitas pelo processo de consulta padrão do Tableau, use os dados de amostra. Para retornar dados de amostra, selecione o botão Dados de amostra.

 

Consulte também

5 dicas para obter mais do Google Analytics(O link abre em nova janela) - leia o whitepaper do Tableau (é necessário fazer o registro ou logon).

Agradecemos seu feedback!