Preparar para a atualização - Pré-tsm (Windows)

Para preparar-se adequadamente para uma atualização do Tableau Server no Windows 2018.1 ou anterior para a versão 2018.2, reúna informações sobre a instalação existente, arquivos importantes relacionados à instalação e à atualização e conclua as tarefas de pré-atualização.

Reunir informações de configuração personalizadas

Se estiver atualizando no hardware existente, sua configuração será preservada, mas é uma prática recomendada coletar essas informações de configuração sobre a instalação existente por diversas razões: você precisará dessas informações quando configurar um ambiente de teste, você precisará dessas informações se estiver migrando para um novo hardware como parte da atualização e você poderá usar as informações para confirmar que o Tableau Server atualizado está configurado como esperado, se observar algo inesperado depois da atualização.

Colete essas informações e quaisquer arquivos associados e salve-os em um local que não seja em nenhum dos computadores com o Tableau Server.

A lista a seguir inclui exemplos dos tipos de informações que você deve reunir:

  • Personalizações Isso inclui portas não padrão, valores de tempo limite, imagens de logotipo personalizadas e fontes.

    Também anote o ambiente das variáveis Windows path que afetam o Tableau Server.

  • Configuração SMTP.

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode ver a configuração atual do SMTP na guia Configurar o SMTP do utilitário de configuração. Para obter mais informações, consulte config_smtp.htm(Link opens in a new window).

  • Configurações e certificados SSL.

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode ver a configuração do SSL na guia SSL do utilitário de configuração. Essa guia também lista o local dos arquivos de certificado e de chave de certificado. Você deve copiar e salvar esses arquivos em um local seguro. Para obter mais informações, consulte Configurar SSL externo(Link opens in a new window).

  • Configuração, certificados e quaisquer arquivos de metadados de SAML.

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode ver a configuração atual do SAML na guia SAML do utilitário de configuração, inclusive os arquivos de certificado, de chave e de metadados. Salve cópias desses arquivos em um local seguro. Para obter mais informações, consulte Configurar SAML em todo o servidor(Link opens in a new window).

  • Configuração do Kerberos.

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode ver a configuração atual do Kerberos na guia Kerberos do utilitário de configuração, inclusive o local do arquivo keytab que deve copiar e salvar. Para obter mais informações, consulte Configurar o Kerberos(Link opens in a new window).

  • Configuração de OpenID .

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode encontrar os detalhes da configuração atual do OpenID na guia OpenID do utilitário de configuração. Para obter mais informações, consulte Configurar o Tableau Server para o OpenID(Link opens in a new window).

  • Configurações do nó adicional. Colete as configurações de qualquer nó do Tableau Server adicional, incluindo quaisquer certificados ou outros arquivos de suporte copiados para esses nós.

    Para versões pré-TSM do Tableau Server (versões 2018.1 ou anteriores), você pode encontrar informações detalhadas sobre o número de processos configurados em cada nó na guia Servidores do utilitário de configuração.

  • Outros valores. Observe o número de projetos, grupos, pastas de trabalho, exibições, fontes de dados e usuários que você tem em seu ambiente de produção. Ter essas informações facilita uma verificação rápida depois da atualização para garantir que tudo foi restaurado como esperado.

Reunir a configuração do ambiente

As etapas que você precisa realizar durante o processo de atualização dependem se está instalando a atualização no mesmo hardware ou se está migrando para um novo. A atualização no mesmo hardware é direta e requer um mínimo de etapas manuais (as etapas que você precisa realizar dependem da versão da qual está atualizando, para qual versão está migrando e se sua instalação existente está no local padrão). A migração para um novo hardware requer que você restaure manualmente os dados do Tableau Server e redefina suas configurações depois de instalar a nova versão.

Copiar os arquivos de configuração em um compartilhamento de arquivos local

Você precisará dos seguintes arquivos de configuração antes de atualizar o Tableau Server:

  • O programa de configuração da sua versão existente do Tableau Server.

    Você pode não precisar do programa de configuração. No entanto, recomendamos que você o tenha à mão caso haja um problema durante a atualização. Dessa forma, você pode usar o programa de configuração e o backup do servidor para restaurar a atualização para o estado de pré-atualização.

    Observação: caso não tenha o programa de configuração da versão existente, poderá baixá-lo no Site alternativo de downloads(Link opens in a new window). Salve os programa de configuração em um local seguro que não faça parte de sua versão de produção ou de teste do Tableau Server. Você precisará do programa de configuração caso seja necessário voltar para a versão existente depois da atualização.

  • O programa de configuração da nova versão do Tableau Server.

Atualizar tabcmd

Uma nova versão do tabcmd é lançada a cada versão do Tableau Server. Se você instalar o tabcmd nos computadores que não fazem parte da instalação do Tableau Server, será necessário atualizar o tabcmd nesses computadores, como parte do processo de atualização. Para obter mais informações, consulte tabcmd.

Fazer backup dos dados do Tableau Server

Faça backup da instalação do Tableau Server antes de iniciar o processo de atualização e salve o arquivo de backup em um local seguro (em um compartilhamento de rede, por exemplo). Não salve-o em nenhum computador que faça parte da instalação do Tableau Server. Esse backup oferece os dados necessários para configurar uma versão de teste do ambiente atualizado. Também permite que você faça uma recuperação se o processo de atualização falhar.

Observações: 

  • Recomendamos desabilitar as inscrições e o agendamento em seu ambiente de produção imediatamente antes de fazer o backup e habilitá-los novamente depois da conclusão do backup. Fazer isso ajudará a evitar que seus usuários recebam inscrições e mensagens de e-mail duplicadas quando o backup é restaurado no ambiente de teste.

  • Um backup completo pode levar um tempo significativo, se a instalação for grande ou tiver muitas extrações.

  • Quaisquer alterações feitas entre o momento em que o backup foi feito e o momento da atualização serão perdidas, pois não estarão inclusas no backup.

  • Só é possível restaurar a partir de um backup que tenha o mesmo tipo de armazenamento de identidades que o servidor que está rodando. Por exemplo, um backup de um servidor que usa autenticação local pode ser restaurado para um Tableau Server inicializado por autenticação local, mas um backup de um servidor que usa autenticação por Diretório ativo não pode ser restaurado para um servidor inicializado por autenticação local.

Para obter mais informações, consulte Remover arquivos desnecessários(Link opens in a new window) e Backup de dados do Tableau Server(Link opens in a new window).

Salve as chaves de recurso antes de desinstalar o Tableau Server para Windows 2018.1.x ou anteriores

Se estiver atualizando do Tableau Server no Windows versão 2018.1.x ou anteriores e tiver gerado uma chave de recurso personalizada, salve uma cópia do arquivo asset_keys.yml antes de desinstalar a versão anterior. Armazene esse arquivo em um local seguro que não faça parte da instalação do Tableau Server (por exemplo, um compartilhamento de rede).

Na maioria dos casos, você não precisará desse arquivo. O processo de atualização atualiza as chaves de recurso automaticamente quando uma atualização é bem-sucedida. Esse arquivo é necessário somente se a atualização falhar e você precisar instalar uma nova versão do Tableau Server e restaurar manualmente o arquivo de backup. Nesse caso, também será necessário especificar o arquivo de chaves de recurso ao fazer a restauração.

Localização de um arquivo de chaves de recurso existente

Se você gerou um arquivo de chave de recurso personalizado, terá um arquivo asset_keys.yml no diretório de dados. Por padrão, ele é:

\ProgramData\Tableau\Tableau Server\data\tabsvc\config

Caso não veja um arquivo asset_keys.yml, pule esta etapa.

Restauração de um backup do Tableau Server para Windows anterior à versão 2018.2 e especificação de um arquivo de chaves de recurso

Para restaurar manualmente um backup do Tableau Server 2018.1.x ou anterior no Windows para o Tableau Server 2018.2 e incluir as chaves de recurso, use o tsm. Por exemplo:

tsm maintenance restore --file <backup> --ak <asset_key_file>

Para obter mais informações, consulte tsm maintenance restore

Verificar seu status de manutenção de produto

Se você tentar atualizar uma instalação do Tableau Server que tenha uma chave do produto com manutenção expirada, o Tableau Server atualizado não terá uma licença e a atualização poderá falhar. Antes de atualizar, verifique se a manutenção do servidor não expirou.

Se a manutenção tiver expirado, selecione a chave do produto e clique em Atualizar. Caso a data de manutenção não seja atualizada, verifique o Portal do cliente do Tableau para um substituto da chaves do produto do Tableau Server com uma data de manutenção posterior. Para perguntas ou preocupações, entre em contato com o Suporte técnico do Tableau(Link opens in a new window). A reativação da chave do produto fará parte do processo de atualização.

Para obter mais informações, consulte Ativar e registrar o Tableau Server. Se o seu servidor não tiver acesso à Internet, consulte Ativar o tableau server offline - adicionar uma licença.

Importante: se estiver atualizando do Tableau Server versão 2018.1 ou anteriores, certifique-se de que o aplicativo Gerenciar chaves do produto esteja fechado antes de desinstalar o Tableau. Deixá-lo aberto pode resultar uma falha na atualização.

Desabilitar as atualizações de extrações

A partir da versão 10.5, as extrações usam o formato .hyper, em vez do .tde. Depois que o formato do arquivo for atualizado para .hyper, ele não poderá ser revertido de volta para o formato .tde e não poderá ser aberto na versão anterior à 10.5 do Tableau Desktop. Para obter mais informações, consulte Atualização de extrações para o formato .hyper.

As seguintes tarefas no Tableau Server atualizarão uma extração .tde para uma .hyper:

  • Atualização manual

  • Uma atualização agendada completa ou incremental da extração

  • Tarefas de atualização automatizadas que são realizadas por meio da API de extração 2.0 ou por meio do Utilitário da linha de comando de extração

  • Inclusão automatizada de dados em uma extração usando o tabcmd ou o Utilitário de linha de comando de extração

Observação: recomendamos desabilitar todas as tarefas e agendamentos automáticos que resultem em uma atualização de extração. Se tiver versões de desktop que ainda não foram atualizadas para a 10.5, os usuários de desktop não poderão abrir as extrações .hyper atualizadas. Após fazer a atualização do servidor, é possível testar primeiro algumas extrações manualmente e, em seguida, reativar quaisquer agendas ou tarefas de atualização automática.

Para obter mais informações sobre o agendamento da atualização de extração, consulte Habilitar o agendamento da atualização de extração e a notificação de falha.

Certificar-se de que a licença tem capacidade de usuário suficiente

Ao atualizar de um Tableau 2018.1 ou licença anterior com funções de site antigas, todos os usuários são mapeados automaticamente para sua função de site equivalente no momento. Antes de atualizar, é importante certificar-se que a nova licença suporte o número de usuários que você tem. Caso contrário, alguns usuários podem ficar sem licença após a atualização.

A tabela a seguir mostra o mapeamento das funções de site antigas para as funções atuais do site.

Função de site antiga da versão 2018.1 Função de site baseada no usuário da versão 2018.1 Função de site da versão 2018.2 e posterior
Administrador de servidor Administrador de servidor Administrador de servidor
Administrador de site Explorador do administrador de site Explorador do administrador de site
Publisher Explorer (pode publicar) Explorer (pode publicar)
Interactor Explorer Explorer
Viewer Somente leitura Viewer

Os usuários sempre usam a função de nível mais alto que há em qualquer site, que é chamada de função máxima de site. Você pode ver qual é a função máxima de site para usuários antes de converter sua licença. Para obter mais informações, consulte Permissões.

Se tiver mais usuários do que licenças para as funções atuais, realoque ou equilibre os usuários para nas funções disponíveis, alterando sua função, cancelando o licenciando de usuários ou movendo usuários. Use as seguintes etapas para sincronizar grupos de novos usuários após atualizar para a versão 2018.2 ou posterior:

  1. Cancelar a licença de todos os usuários.

  2. Criar cinco grupos do Active Directory (DA) (um para cada função de site).

  3. Importar os usuários para o grupo do AD correto para a função de site apropriada e, em seguida, sincronize esses grupos com o Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Criar grupos pelo Active Directory.

  4. Reinicie o Tableau Server. Os usuários são migrados automaticamente para suas novas funções no site. As permissões de conteúdo não são afetadas.

Planeje sua estratégia se utilizar máquinas virtuais (VMs)

Se você executar o Tableau Server em VMs, localmente ou na nuvem, esteja ciente do potencial de complicações relacionadas ao licenciamento. Se estiver apenas atualizando o Tableau Server na VM, não será necessário ações adicionais relacionadas ao licenciamento. Caso planeje clonar a VM para criar uma nova produção ou ambiente de teste para atualizar, será necessário desativar as licenças do Tableau Server antes da clonagem. Se não fizer isso, o novo ambiente de VM pode acabar com uma licença não confiável, e qualquer tentativa de atualização poderá falhar. Você também pode acabar atingindo o número máximo de ativações para as licenças.

Para evitar problemas com o licenciamento em VMs, desative todas as licenças do Tableau antes de clonar uma VM ou permitir que ela seja permanentemente fechada.

Para clonar uma VM, verifique se o Tableau está sem licença (todas as licenças estejam desativadas) antes da clonagem. Após clonar a VM, ative uma licença do Tableau nela e dê continuidade à atualização. Se tiver o licenciamento baseado em função, certifique-se de ativar primeiro uma chave de Creator ou Explorer, ou você poderá perder o acesso de administrador à sua nova instalação do Tableau.

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.