Você pode usar o comando tsm statuspara exibir o status do Tableau Server e serviços individuais (processos) executados como parte do Tableau Server.

Sinopse

tsm status [global options]

Opções

-v, --verbose

Opcional.

Exibe o status para cada nó no cluster do Tableau Server.

tsm status retornará um destes possíveis status para um nó do Tableau Server:

  • RUNNING: o nó está em execução sem status de erro para todos os serviços ou processos.

  • DEGRADED: o nó está sendo executado com um ou mais serviços primários, como o repositório, em um estado de erro. Se você tiver uma única instância do Serviço de mensagens e ela falhar,

  • ERROR: todos os serviços ou processos primários estão em estado de erro no nó.

  • STOPPED: o nó é interrompido, sem status de erro.

Ao executar tsm status com a opção --verbose, o TSM retornará um status para cada serviço individual (processo). As possíveis mensagens de status incluem:

  • is running: o serviço está em execução.

  • status is unavailable: o status não pode ser determinado, assim como ocorre quando os serviços estão em inicialização.

  • is in a degraded state: o serviço está em execução, mas retorna erros. Este status indica que o serviço não foi instalado corretamente, não foi configurado ou falhou de alguma forma.

  • is in an error state: o serviço está em execução, mas retorna erros. Este status indica que o serviço não foi instalado corretamente ou não foi configurado.

  • is synchronizing: o processo de armazenamento de arquivos está sincronizando com outra instância do Armazenamento de arquivos.

  • is decommissioning: o processo de armazenamento de arquivos está sendo desativado.

  • is running (Active Repository): o repositório ativo está em execução. Este é o status esperado.

  • is running (Passive Repository): o repositório passivo está em execução. Este é o status esperado quando há dois repositórios configurados.

  • is stopped: o serviço é interrompido. Isso não significa que um serviço esteja em um estado de erro ou problema. Alguns serviços só são executados quando necessário (o serviço de manutenção de banco de dados, por exemplo).

Opções globais

-h, --help

Opcional.

Exibir a ajuda do comando.

-p, --password <senha>

Obrigatório, com -u ou --username se não tiver sessões ativas.

Especificar a senha do usuário especificado no -u ou --username.

Se a senha tiver espaços ou caracteres especiais, coloque-a entre aspas:

--password "my password"

-s, --server https://<hostname>:8850

Opcional.

Usar o endereço definido para o Gerenciador de serviços do Tableau. A URL deve começar com https, incluir a porta 8850 e usar o nome do servidor, não o endereço IP. Por exemplo, https://<tsm_hostname>:8850. Se nenhum servidor for especificado, o https://<localhost | dnsname>:8850 é considerado.

--trust-admin-controller-cert

Opcional.

Use este sinalizador para confiar no certificado autoassinado do controlador TSM. Para obter mais informações sobre confiança de certificado e conexões CLI, consulte Conexão de clientes do TSM.

-u, --username <usuário>

Obrigatório se nenhuma sessão estiver ativa, com -p ou --password.

Especificar uma conta de usuário. Se não incluir essa opção, o comando é executado usando as credenciais de logon.

Agradecemos seu feedback!