O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server

Notas de versão do Tableau Server(Link opens in a new window) | Problemas conhecidos(Link opens in a new window)

Este tópico lista todos os novos recursos e alterações de produtos para a versão mais recente.

Novidade na versão do 2020.4

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Habilite e configure limites de indexação de API de metadados ou Catalog para conteúdo

Use as tsm configuration setseguintes opções de comando para ativar e configurar limites de indexação de API de metadados ou Catalog, também chamados de limitação de eventos, para conteúdo novo e atualizado em todos os sites:

Ativar e registrar várias chaves do produto

Começando pela versão 2020.4.0, você pode ativar e registrar várias chaves do produto durante a instalação. O Tableau Services Manager verifica os níveis de licenciamento (núcleos em relação a chaves de produto) e os tipos de licença (Creators em relação a Explorers e Viewers ) para garantir que a instalação possa ser concluída devido ao licenciamento. Você pode aplicar as chaves do produto adicionais ao Tableau Server, se necessário, para alcançar o número desejado de assentos de Creator, Explorer e Viewer para acomodar a capacidade do usuário. Para obter mais informações, consulte Ativar e registrar o Tableau Server.

Configurar o Tableau Server para mapas offline

Começando pela versão 2020.4.0, você pode configurar o Tableau Server para usar mapas offline instalados no Tableau. Para isso, defina a chave de configuração vizqlserver.force_maps_to_offlinetrue e aplique alterações pendentes. Para obter mais informações, consulte Exibição de mapas em um ambiente fisicamente isolado.

Desativar objetos de Página na Web

Para evitar que objetos da Página da Web em painéis exibam URLs de destino, faça qualquer um dos seguintes procedimentos:

Controle aprimorado das cargas de trabalho de consulta da extração

Agora você pode ajustar o gerenciamento da carga de trabalho de consulta da extração em uma implantação de vários nós usando a nova função de nó, extract-queries-interactive. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de carga de trabalho por meio das funções de nó. Para usar esse recurso, você deve ter uma licença válida do Server Management Add-on ativada no Tableau Server.

Configuração automática do tamanho do cache de consulta

O tamanho do cache de consulta agora é definido automaticamente com base na quantidade de memória disponível do sistema. Isso melhora o número de resultados de consulta que se encaixarão no cache por padrão. Para obter mais informações, consulte Diretrizes gerais de desempenho.

As configurações padrão de cache de consulta são adequadas para a maioria das situações, mas é possível configurá-las manualmente usando a interface da linha de comando TSM. As configurações de TSM são: native_api.InitializeQueryCacheSizeBasedOnWeights, native_api.QueryCacheMaxAllowedMB, native_api.LogicalQueryCacheMaxAllowedWeight, native_api.MetadataQueryCachMaxAllowedWeight, native_api.NativeQueryCacheMaxAllowedWeight e native_api.QueryCacheEntryMaxAllowedInPercent. Para obter mais informações, consulte native_api.InitializeQueryCacheSizeBasedOnWeights.

A observação de logon personalizada aparece para erros de login do servidor

Em 2020.4, as notas de página adicionadas à configuração Personalização de logon também aparecerão quando um usuário receber um erro de logon, como quando um usuário tenta fazer logon com o SSO (SAML, Site SAML e Open ID). Os administradores do servidor podem usar essa observação para ajudar os usuários a entender como obter uma licença ou por que eles não podem acessar um site. Para obter mais informações, consulte Personalizar seu servidor. Para obter mais informações, consulte Personalizar seu servidor.

Novos processos relacionados aos fluxos do Tableau Prep

A versão 2020.4 adiciona alguns processos novos ao Tableau Server. Os processos de Criação de Fluxo do Tableau Prep (floweditor) e Serviço de Fluxo do Tableau Prep (flowqueryservice) agora aparecem na página status do TSM e na saída do comando TSM tsm status -v. Para obter mais informações, consulte Processos do Tableau Server.

Exibição de administrador de Adoção e Uso de Pergunte aos dados

Agora você pode ver como os usuários se envolvem com o Pergunte aos dados em um site, usando a nova exibição de administrador de Uso de Pergunte aos dados. O painel de instrumentos destaca os principais usuários de Pergunte aos dados, fontes de dados e proprietários de fontes de dados, juntamente com métricas de valor de título. Para obter mais informações, consulte Pergunte aos dados.

Novos comandos tsm schedules

A versão 2020.4.0 introduz novos comandos para a gestão de trabalhos agendados. Para esta primeira versão, você está limitado a usar os comandos tsm schedules com trabalhos de backup, mas nossa intenção é expandir o escopo desses comandos em futuras versões do Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Agendamento e gerenciamento de backupstsm schedules e tsm maintenance backup.

Atualizações de pontos de verificação

Melhorias no script upgrade-tsm dão aos administradores do servidor mais opções quando confrontados com uma atualização malsucedida. Para obter mais informações, consulte "Alterado em 2020.4" .

Teclas dinamicamente configuráveis adicionais para registro

A configuração dinâmica foi introduzida na versão 2020.2 e a versão 2020.3 adicionou opções de registro configuráveis dinamicamente às opções disponibilizadas na versão 2020.2.0. A versão 2020.4 continua a compilar isso com duas novas chaves. Quando você faz alterações de configuração com essas chaves ou alterações de configuração com essas chaves em combinação com Alterações de topologia dinâmica do Tableau Server, não precisa reiniciar o Tableau Server.

Novas chaves configuráveis dinamicamente em 2020.4:

  • tomcatcontainer.log.level
  • vizportal.log.level

Para obter detalhes sobre como visualizar as chaves configuráveis​dinamicamente, consulte tsm configuration list-dynamic-keys. Para obter mais informações sobre a introdução da configuração dinâmica na versão 2020.2, consulte Configuração dinâmica. Para obter mais informações sobre a alteração dos níveis de registro, consulte Alterar níveis de registro.

Criar extrações na Web

Agora é possível criar extrações diretamente na criação da Web, sem usar o Tableau Desktop. Para obter mais informações, consulte Criar extrações na Web. Você pode extrair novas pastas de trabalho, além das pastas de trabalho existentes. Como opção, a criação da extração pode ser executada em segundo plano e você pode receber uma notificação quando estiver concluída. Isso permitirá que você feche sua sessão de criação enquanto o extração está sendo criada, o que pode ser útil com grandes extrações demoradas.

Criar e interagir com fluxos na Web

Agora você pode criar fluxos para limpar e preparar seus dados usando o Tableau Prep Builder, Tableau Server ou Tableau Online. Conecte-se aos seus dados, crie um novo fluxo ou edite um fluxo existente, e seu trabalho é automaticamente salvo a cada poucos segundos à medida que você prossegue. Crie fluxos de rascunho que só estão disponíveis para você ou publique seu fluxo para torná-lo disponível para terceiros. Execute seus fluxos individuais apenas na Web ou execute-os automaticamente em um cronograma usando o Tableau Prep Conductor se você tiver o Data Management Add-on. Para obter mais informações, consulte Criar e interagir com fluxos na Web.

Complementos

Atualizações do Ferramenta de monitoramento de recursos do Tableau - parte do Server Management Add-on

O Ferramenta de monitoramento de recursos está incluído separadamente na licença do Server Management Add-on para Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Começar a usar o Ferramenta de monitoramento de recursos do Tableau.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

Suporte ao Linux - Servidor mestre e Agentes do Ferramenta de monitoramento de recursos já podem ser instalados na plataforma Linux. Para obter mais informações, consulte Instalar o Ferramenta de monitoramento de recursos do Tableau.

Certificados SSL - Agora você pode usar certificados SSL importados localmente.

Detecção do sistema operacional do agente - O Servidor mestre pode detectar o sistema operacional em que cada Agente está instalado e listá-lo na interface da Web. Para obter mais informações, consulte Instalar o Ferramenta de monitoramento de recursos do Tableau.

Repositório externo do Tableau Server - (Server Management Add-on)

O Repositório externo do Tableau está incluído separadamente na licença do Server Management Add-on para Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Repositório externo do Tableau Server.

Suporte ao Azure - Agora você pode configurar o Repositório Externo do Tableau Server no banco de dados do Azure. Para obter mais informações, consulte Criar uma instância postgreSQL do banco de dados do Azure no Azure.

Atualização - Se você tiver o Repositório Externo configurado, antes de atualizar o Tableau Server para 2020.4, você deve ter certeza de que está usando a versão 12 ou posterior do PostgreSQL. Para obter mais informações, consulte Atualizar o Tableau Server com Repositório Externo para uma nova versão principal do PostgreSQL..

Atualizações do Tableau Catalog - parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluído separadamente na licença do Data Management Add-on para Tableau Server e Tableau Online. Para obter mais informações, consulte Sobre o Tableau Catalog.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

Exibição de administrador do Histórico de aviso de qualidade de dados - Os administradores do site podem ver como os avisos de qualidade de dados estão sendo usados no site usando a exibição de administração pré-criada, Histórico de Aviso de Qualidade de Dados. Para obter mais informações, consulte História de aviso de qualidade de dados

Veja detalhes de aviso de qualidade no Tableau Desktop - Os usuários do Tableau Desktop podem passar o cursor do mouse sobre o ícone de aviso na guia Dados para ver detalhes sobre os avisos de qualidade de dados que afetam os dados em sua pasta de trabalho. Para obter mais informações, consulte Definir um aviso de qualidade de dados.

As métricas aparecem em linhagem e mostram avisos de qualidade de dados - Os avisos de qualidade de dados agora aparecem em métricas afetadas por um aviso. As métricas também aparecem na ferramenta de Linhagem, permitindo que você veja como uma métrica pode ser afetada por alterações de dados ao realizar a análise de impacto. Para obter mais informações, consulte Criar e solucionar problemas de métricas.

Atualizações do Tableau Prep Conductor - parte do Data Management Add-on

Agora, o Data Management Add-on só é necessário para agendar e monitorar fluxos com o Tableau Prep Conductor. Outras tarefas relacionadas ao fluxo não exigem mais que você licencie o Add-on. Para obter mais informações, consulte Tableau Prep Conductor.

Alterado em 2020.4

A versão 2020.4 inclui as seguintes alterações que você deve conhecer antes de fazer a atualização.

Certificados SHA1 desativados para autenticação mútua SSL

Começando pelo Tableau Server 2020.4, o Tableau Server configurado para autenticação SSL mútua bloqueará a autenticação de usuários com certificados de clientes que usam o algoritmo de assinatura SHA-1.

Os usuários que tentarem fazer logon com certificados de cliente SHA-1 encontram um erro "Não foi possível entrar" e o seguinte erro será visível nos registros do VizPortal:

Unsupported client certificate signature detected: [certificate Signature Algorithm name]

Se os clientes da sua empresa estão se conectando ao Tableau Server usando autenticação mútua SSL eles usam certificados com o algoritmo de assinatura SHA-1, então você deve executar uma das seguintes ações antes de atualizar:

  • Atualize os certificados usados por seus clientes. Os certificados devem usar o algoritmo de assinatura SHA-256 (ou mais forte) ou
  • Desabilitar a lista de bloqueios SHA-1 antes de atualizar para o Tableau Server 2020.4. Para desativar a funcionalidade de bloqueio, execute os seguintes comandos TSM antes de atualizar:
    tsm configuration set -k "ssl.client_certificate_login.blocklisted_signature_algorithms" -v ""

    Observe que o valor (-v) inclui um conjunto vazio de aspas para especificar um valor nulo.

    Para obter mais informações sobre como redefinir esse valor depois de ter atualizado os certificados do cliente, consulte o artigo da base de dados de conhecimento, O SSL mútuo falha após a atualização se os certificados assinados com o SHA-1(Link opens in a new window).

Para obter mais informações sobre por que essa mudança foi implementada, consulte a publicação na comunidade do tableau, Desativando o suporte padrão para certificados assinados SHA-1 usados durante a autenticação mútua de SSL no Tableau Server gerenciado pelo cliente 2020.4(Link opens in a new window) e a declaração de política do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, Política NIST nas funções hash(Link opens in a new window).

Atualização de requisitos de CPU

Começando pela versão 2020.4, o Tableau Server exige que todos os nós tenham CPUs compatíveis com conjuntos de instruções SSE4.2 e POPCNT. Essas CPUs são comuns há mais de 10 anos e estão instaladas na maioria dos computadores mais novos. Se você tentar instalar ou atualizar o Tableau em um computador que não seja compatível com esses conjuntos de instruções, o instalador não permitirá que você continue.

Atualização de ponto de verificação para o Tableau Server

A versão 2020.4 do Tableau Server inclui atualizações para o script upgrade-tsm que dão a você a capacidade de refazer o script quando uma atualização falha. O script rastreia o progresso bem-sucedido, e quando você executa o script novamente após uma falha de atualização, reinicia no "ponto de verificação" bem-sucedido mais recente. Isso economiza tempo porque etapas bem-sucedidas não precisam ser repetidas ao reexecutar o script. Como primeira etapa na solução de problemas, reexecute o script upgrade-tsm. Fazer isso pode resultar em uma atualização bem-sucedida se um problema ambiental momentâneo ou um problema relacionado ao momento do acionamento causou a falha inicial.

As atualizações de pontos de verificação também dão aos profissionais de TI experientes a opção de solucionar problemas mais a fundo e fazer correções (por exemplo, se houver um problema com o espaço em disco ou um problema de permissões em um determinado arquivo ou diretório) antes de reexecutar o script de atualização. Para detalhes sobre a solução de problemas, consulte A atualização falha em 2020.4.0 ou posterior.

Atualizações da versão 10.5 devem ser feitas em etapas

A partir da versão 2020.4, a versão 10.5 do Tableau Server no Linux não é mais suportada oficialmente. Isso significa que você não pode atualizar diretamente da 10.5.x para a versão 2020.4.0 ou posterior. Para atualizar da versão 10.5.x, é preciso primeiro atualizar para uma versão entre 2018.1 e 2020.3, e depois atualizar para a versão mais recente. Para obter instruções de como atualizar da versão 10.5, consulte Atualizar o Tableau Server no Linux 10.5.

Atualização do PostgreSQL

A versão 2020.4 do Tableau Server inclui uma atualização da versão principal do banco de dados PostgreSQL usado para o repositório do Tableau. Durante a atualização, um backup temporário em pgsql é criado e isso aumenta o tempo que a atualização leva, bem como a quantidade de espaço temporário em disco que é usado.

Se você tiver o Repositório Externo configurado, antes de atualizar o Tableau Server para 2020.4, você deve ter certeza de que está usando a versão 12 ou posterior do PostgreSQL. Para obter mais informações, consulte Atualizar o Tableau Server com Repositório Externo para uma nova versão principal do PostgreSQL..

Melhorias visuais para diálogos de usuários, grupos e sites

A versão 2020.4 traz atualizações visuais aos menus e diálogos do administrador para tornar o gerenciamento de usuários, grupos e sites mais simples no Tableau Server.

Alterações no tamanho padrão da JVM heap para a ingestão do Tableau Catalog

A partir do Tableau Server 2020.4, o tamanho padrão do heap JVM para ingestão do Catalog é determinado e, em seguida, escalado com base na memória do sistema. Para revisar os valores padrão para ingestão do Catalog, consulte noninteractivecontainer.vmopts.

Outros artigos nesta seção

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente.