O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server

Novos recursos importantes e alterações de produtos no Tableau Server estão listados abaixo, começando pela versão 10.5. A versão 10.5 foi a primeira versão do Tableau Server para Linux.

Essa lista é cumulativa, por isso, se você estiver atualizando de uma versão anterior (por exemplo, 10.5), leia a lista de alterações de cada versão entre a atual e a versão para a qual está atualizando. Se estiver atualizando do Tableau Server no Windows para o Tableau Server no Linux, leia as duas versões de "O que mudou".

Consultar notas de versão e problemas conhecidos

Como prática recomendada, revise as notas de versão para a versão do Tableau Server que você está instalando ou atualizando. Essa ação é mais importante para atualizações, pois pode ajudar a entender o impacto da mudança de versão, mas os clientes que estão instalando o Tableau Server pela primeira vez também podem encontrar informações úteis na lista de problemas corrigidos.

Adicionado ou alterado na versão 2020.3

Adicionado em 2020.3

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Novo comando para listar teclas configuráveis dinamicamente

A versão 2020.3 introduz um novo comando TSM para ver todas as teclas configuráveis dinamicamente. O comando tsm configuration list-dynamic-keys exibe uma lista de todas as opções de configuração que você pode alterar, sem precisar reiniciar o Tableau Server. Esse comando ajuda a distinguir as teclas configuráveis dinamicamente daquelas que requerem uma reinicialização do servidor, permitindo que você decida quando definir cada uma.

A configuração dinâmica foi introduzida na versão 2020.2 e a versão 2020.3 adiciona mais opções de registro configuráveis dinamicamente às opções da versão 2020.2.0. Quando você faz alterações de configuração com essas chaves ou alterações de configuração com essas chaves em combinação com Alterações de topologia dinâmica do Tableau Server, não precisa reiniciar o Tableau Server.

As novas chaves configuráveis dinamicamente incluem:

  • backgrounder.log.level
  • clustercontroller.log.level
  • dataserver.log.level
  • filestore.log.level
  • gateway.log.level
  • tdsservice.log.level
  • vizqlserver.log.level

Para obter detalhes sobre o novo comando, consulte tsm configuration list-dynamic-keys. Para obter mais informações sobre a introdução da configuração dinâmica na versão 2020.2, consulte Configuração dinâmica. Para obter mais informações sobre a alteração dos níveis de registro, consulte Alterar níveis de registro.

Definir o fuso horário do site para extrações

O fuso horário padrão para as fontes de dados baseadas em extrações em um site é o Tempo Universal Coordenado (UTC). Os administradores de site agora podem optar por definir um fuso horário diferente.

Para obter mais informações, consulte Definir o fuso horário do site para extrações.

Suspender automaticamente as atualizações de extração para pastas de trabalho inativas

Para economizar recursos, o Tableau pode suspender automaticamente as tarefas de atualização de extração para pastas de trabalho inativas. Esse recurso se aplica apenas a atualizações completas de extrações, não a atualizações incrementais de extrações. Esse recurso se aplica apenas a agendas de atualização executadas semanalmente ou com mais frequência.

Para obter mais informações, consulte Suspender automaticamente as atualizações de extração para pastas de trabalho inativas.

Gerenciar licenças para grupos de usuários com a Atribuição de função no logon

Os administradores podem definir uma função mínima no site para grupos de usuários e escolher Atribuição de função no logon ao criar ou modificar esse grupo de usuários. Ativar a Atribuição de função no logon reduz o trabalho manual de gerenciar licenças, uma vez que os administradores podem designar recursos de função no site por grupo e provisionar licenças quando for realmente necessário para um usuário. Ao esperar até que os usuários façam logon para atribuir licenças, os administradores podem agilizar o provisionamento de licenças, sem atribuir licenças a usuários inativos. Para obter mais informações, consulte Atribuição de licença no logon.

Atualizações do Tableau Catalog - parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluído separadamente na licença do Data Management Add-on para Tableau Server e Tableau Online. Para obter mais informações sobre Tableau Catalog, consulte Sobre o Tableau Catalog.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

Veja avisos de qualidade de dados no Tableau Desktop - Quando você abre uma pasta de trabalho no Tableau Desktop que tem um aviso de qualidade de dados, o ícone de aviso (um círculo azul ou um triângulo amarelo com um ponto de exclamação) é exibido na guia Dados, na página da planilha da pasta de trabalho. Para obter mais informações, consulte Definir um aviso de qualidade de dados

Tipo de aviso "dados confidenciais" adicionado - Você pode usar esse novo tipo de aviso para definir um aviso de qualidade de dados como dados confidenciais em sua organização. Para obter mais informações, consulte Definir um aviso de qualidade de dados

Os ativos inseridos estão listados em Ativos externos - Agora você pode ver os ativos inseridos listados na página Ativos externos. Para obter mais informações, consulte Usar linhagem para análise de impacto.

Tags de ativos externos - Adicione tags a bancos de dados, tabelas e colunas, o que permite, entre outras coisas, marcar tabelas e colunas com informações pessoalmente identificáveis (PII). Para obter mais informações, consulte Marcar itens(Link opens in a new window) no Tableau Desktop e na Ajuda de Criação na Web.

Usar ferramentas de administração para obter status de indexação para Catalog e API de metadados

O Tableau Server 2020.3 inclui duas ferramentas de administração para que fique mais fácil obter o status de indexação do Tableau Catalog da API de Metadados de Tableau:

  • Monitorar o andamento da ingestão inicial e validar o status usando a API de backfill. Para obter mais Informações, consulte Obter o status de ingestão inicial.
  • Após a ingestão inicial, verifique se a indexação continua funcionando como esperado, usando a API de eventos. Para obter mais informações, consulte Obter status de eventos.

Content Migration Tool do Tableau atualizações - parte do Complemento de gerenciamento do servidor

O Content Migration Tool do Tableau está incluído no Complemento de gerenciamento do servidor licenciado separadamente para o Tableau Server. Para obter mais informações sobre o Complemento de gerenciamento do servidor, consulte Sobre o Tableau Complemento de gerenciamento do servidor.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

  • Suporte para Tableau Online – Agora o Content Migration Tool inclui as opções de logon do Tableau Online e do Tableau Server ao se conectar aos servidores de origem e destino. Para saber mais sobre a nova experiência de logon, consulte Planos de migração: servidores.

  • SAML e Logon único – A partir da versão 2020.3, você pode autenticar usando os tipos de autenticação SAML e Logon único para planos de migração sem script.

  • Fontes de dados do Tableau Bridge – As fontes de dados publicadas que estão em uma rede privada (inacessíveis à Internet pública) podem ser migradas e autorizadas para atualização usando o Tableau Bridge. Para obter mais informações, consulte Planos de migração: fontes de dados publicadas.

  • Tableau Prep Builder e Tableau Prep Conductor – Agora o conteúdo produzido pelo Tableau Prep Builder ou pelo Tableau Prep Conductor (versão 2020.2.x e posterior) pode ser incluído nos planos de migração.

  • Publicação assíncrona – Agora o Content Migration Toolaceita a publicação assíncrona de fontes de dados.

  • Otimização de recursos - Você pode especificar quantos objetos devem ser processados na memória em paralelo com a nova configuração Simultaneidade máxima de processamento. A configuração permite otimizar o uso de recursos da CPU e da memória ao realizar operações de migração, reduzindo, em última instância, o volume de memória. Para obter mais informações, consulte Configurações do Content Migration Tool do Tableau.

  • Migrar mais conteúdo – Agora o editor e o executor do console do Content Migration Tool podem usar até 4 GB de RAM (aumentado de 2 GB), permitindo migrar pastas de trabalho e fontes de dados maiores.

Marcar conteúdo obsoleto para arquivamento

A exibição Administração de conteúdo obsoleto introduzida na versão 2020.2, agora tem uma funcionalidade adicional que permite marcar o conteúdo como obsoleto. Então, você pode optar por arquivar o conteúdo marcado. Para obter mais informações, consulte Conteúdo obsoleto.

Alterado em 2020.3

A versão 2020.3 inclui as seguintes alterações que você deve conhecer antes de fazer a atualização.

Para obter informações sobre todos os novos recursos na versão Tableau Server 2020.3, consulte O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server.

Aceleração de dados para pastas de trabalho que usam a estrutura do Modelo de objeto

Os administradores agora também podem habilitar a aceleração de dados para pastas de trabalho que usam a estrutura do Modelo de objeto. Consulte Aceleração de dados.

Adicionado ou alterado em versões anteriores

Versão 2020.2

Adicionado na versão 2020.2

Usuário

Outros novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Combinação de O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server

A partir da versão 2020.2, os tópicos da Ajuda "O que há de novo" e "O que foi alterado" são combinados em um único tópico "O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server" (este tópico). O tópico foi realocado na tabela de conteúdo, e o antigo tópico "O que foi alterado" agora tem um link para o arquivo combinado.

Aplica-se ao rótulo para complementos de Gerenciamento de dados e Gerenciamento de servidores

Tópicos sobre recursos adicionais listam o nome do complemento na seção do tópico Aplica-se a. Por exemplo:

Usar relações para combinar dados na análise de várias tabelas

As relações são uma nova maneira flexível de combinar dados para análise de várias tabelas no Tableau. As fontes de dados agora aceitam modelos de dados de várias tabelas em uma nova camada lógica. O Tableau reconhece as tabelas separadas na fonte de dados e realiza agregações no nível nativo de detalhe para cada tabela.

Os criadores podem combinar tabelas usando relações. O uso de relações entre tabelas lógicas facilita a exploração e a análise de dados de várias tabelas no nível certo de detalhe, sem ter de escrever cálculos especializados para controlar agregações, como médias e totais. Durante a análise, o Tableau consulta os dados com base no contexto atual de uma planilha e traz apenas os dados necessários para a visualização atual.

Observação: sua pasta de trabalho deve usar uma fonte de dados incorporada para que você possa editar relações na página Fonte de dados em uma criação na Web no Tableau Server ou no Tableau Online. Não é possível editar o modelo de dados de uma fonte de dados publicada.

Para dar suporte à análise de várias tabelas, várias partes da interface do Tableau foram alteradas. A página Fonte de dados (tela, grade de dados), a janela Exibir dados e o painel Dados na planilha foram atualizados para viabilizar uma experiência de análise de várias tabelas. Para obter mais informações, consulte Alterações em diferentes partes da interface(Link opens in a new window).

Para obter mais informações sobre relações e mudanças nas fontes de dados, consulte estes tópicos:

Consulte também esta publicação no blog do Tableau: Relacionamentos, parte 1: apresentação da nova modelagem de dados no Tableau(Link opens in a new window)

Criar métricas para rastrear dados

As métricas ajudam os usuários a rastrear as alterações nos dados. Os usuários podem criar métricas a partir de uma exibição e usá-las para monitorar números-chave, como vendas diárias. Para obter informações sobre como os usuários criam métricas, consulte Criar e solucionar problemas de métricas.

Como administrador do Tableau Server, você tem a capacidade de controlar a frequência com que as métricas são atualizadas e como as falhas de atualização são resolvidas. Você também pode assegurar que os usuários possam criar ou desativar métricas para sites específicos. Para obter mais informações, consulte Configuração de métricas.

Novas exibições administrativas

Duas novas exibições administrativas pré-criadas estão disponíveis nesta versão:

  1. Painel do processador em segundo plano: use esta exibição para entender os detalhes do trabalho de fundo, como o número de trabalhos que foram concluídos com sucesso, que apresentaram falha ou que foram cancelados. Além disso, é possível identificar quando o Processador em segundo plano está ocupado ou sobrecarregado. Para obter mais informações, consulte Painel do processador em segundo plano.
  2. Conteúdo obsoleto também conhecido como Estatísticas de conteúdo não usado: identifique o conteúdo que não foi acessado ou aberto há algum tempo e o espaço em disco usado pelo conteúdo obsoleto. Para obter mais informações, consulte Conteúdo obsoleto.

    Nas versões anteriores do Tableau Server, as exibições administrativas eram exibidas na mesma pasta de trabalho, em guias separadas. No entanto, as duas novas exibições administrativas são exibidas como pastas de trabalho separadas e não fazem parte da pasta de trabalho da exibição administrativa existente. Navegue até as novas exibições administrativas da página Servidor ou Status do site:

Alterações para criar e modificar agenda

A interface da Web usada para criar e modificar a agenda foi alterada. Agora você pode selecionar mais de um dia ao criar ou modificar agendas mensais. Para obter mais informações e capturas de tela atualizadas da nova interface da Web, consulte Criar ou modificar uma agenda.

Aceleração de dados

Os administradores podem habilitar a aceleração de dados para pastas de trabalho específicas. A pasta de trabalho carrega de modo mais rápido porque o Tableau Server pré-calcula os dados da pasta de trabalho em um processo em segundo plano. Para obter mais informações, consulte Aceleração de dados.

Balanceamento de carga de consulta de extração

Melhorias no balanceamento de carga para consultas baseadas em extração estão disponíveis no Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Balanceamento de carga de consulta de extração.

Configuração dinâmica

A versão 2020.2 introduz a configuração dinâmica de determinadas chaves ou opções de configuração. Quando você faz alterações de configuração com essas chaves ou alterações de configuração com essas chaves em combinação com Alterações de topologia dinâmica do Tableau Server, não precisa reiniciar o Tableau Server. Esta etapa para um gerenciamento de servidor mais flexível inclui chaves de configuração dinâmica, para alterar os níveis de registro de alguns processos do Tableau Server e mudar alguns caminhos de arquivo base do TSM.

As chaves configuráveis dinamicamente incluem:

  • tsm.log.level
  • tsm.controlapp.log.level
  • tabadmincontroller.auth.expiration.minutes
  • basefilepath.site_import.exports
  • basefilepath.site_export.exports
  • basefilepath.backuprestore

Para obter mais informações, consulte Alterar níveis de registro e tsm File Paths.

Atualizações do Tableau Catalog - parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluído separadamente na licença do Data Management Add-on para Tableau Server e Tableau Online. Para obter mais informações sobre Tableau Catalog, consulte Sobre o Tableau Catalog.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

Aumentar a visibilidade de avisos importantes - Você pode definir um aviso de qualidade de dados para ser altamente visível, de modo que os usuários de uma visualização afetada pelo aviso vejam uma notificação, e o aviso é exibido em uma cor amarela mais proeminente em outros locais do Tableau. Para obter mais informações, consulte Definir um aviso de qualidade de dados e "Usar detalhes de dados para ver as informações de visualização" em Explorar e analisar dados em uma exibição(Link opens in a new window) na Ajuda do Tableau Desktop e da Criação na Web.

Os painéis aparecem no painel Linhagem - Quando você seleciona o item Painéis na linhagem, pode ver uma lista de painéis downstream. Para obter mais informações, consulte Usar linhagem para análise de impacto.

Filtrar ativos externos em avisos de qualidade de dados e certificados - Além de usar a pesquisa para reduzir suas opções em Ativos externos, agora você pode filtrar bancos de dados, arquivos e tabelas por avisos de qualidade de dados e certificados.

Mais filtros ao conectar - Quando você se conecta a dados, pode filtrar bancos de dados e tabela sobre o tipo de conexão.

Alterado na versão 2020.2

A versão 2020.2 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

Para obter mais informações sobre os novos recursos na versão Tableau Server 2020.2, consulte O que há de novo e o que foi alterado no Tableau Server.

As conexões de extensões do Analytics (serviço externo) devem ser reconfiguradas

O Tableau é compatível com um conjunto de funções que os usuários podem usar para transmitir expressões a extensões do Analytics para integração com R e Python. Anteriormente, este recurso era chamado de "serviços externos". 

Nas versões anteriores do Tableau Server, a configuração de extensões do Analytics foi aplicada à configuração global do Tableau Server e administrada com o TSM.

A partir da versão 2020.2, é possível configurar uma conexão de extensões do Analytics diferente para cada site. A administração da conexão de extensões do Analytics foi transferida do TSM e para o administrador do Tableau Server. Além disso, configurar uma conexão de extensões do Analytics não requer mais uma reinicialização do Tableau Server.

No entanto, se você configurou o Tableau Server com uma conexão de extensões do Analytics, reconfigure essa conexão depois de atualizar o Tableau Server para a versão 2020.2.

Antes de atualizar, documente a configuração de extensões do Analytics atual. Nas versões anteriores (2019.1-2020.1), é possível executar o comando tsm security vizql-extsvc-ssl list para listar os detalhes da conexão atual. Para recuperar a senha armazenada para a conexão de extensões do Analytics (se houver), execute o comando tsm a seguir:

tsm configuration get -k vizqlserver.rserve.password

Depois a atualização, configure a conexão de extensões do Analytics. Consulte Configurar conexão com extensões do Analytics.

Versão 2020.1

Adicionado na versão 2020.1

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Executar agora configuração do servidor e do site

Essa nova configuração permite que os Administradores do servidor configurem se vão permitir ou impedir que os usuários executem as atualizações de extração, execuções de fluxo e assinaturas manualmente. Isso pode ser definido no nível do servidor para aplicar a todos os sites no Tableau Server ou no nível do site para aplicar apenas a sites específicos. Para obter mais informações, consulte Configurações do servidor (geral e personalização).

Novas opções de configuração para Hyper

Você pode usar essas novas opções do tsm configuration set para configurar o Hyper para controlar o consumo de recursos e melhorar a estabilidade:

  • hyper.memory_limit
  • hyper.network_threads
  • hyper.objectstore_validate_checksums
  • hyper.query_total_time_limit
  • hyper.session_memory_limit
  • hyper.temp_disk_space_limit

Para obter mais informações, consulte Opções do tsm configuration set.

Suporte para gerenciamento de licenças baseadas em logon

O Gerenciamento de licenças baseadas em logon ajuda a gerenciar o licenciamento para usuários com funções Creator no Tableau Server e Tableau Online. Usuários com funções Explorer ou Viewer não podem usar este recurso. Se você estiver usando assinaturas baseadas em função com o Tableau Server or Tableau Online, poderá simplificar o gerenciamento de licenças usando o gerenciamento de licenças baseadas em logon para eliminar as chaves do produto separadas do Tableau Desktop e Tableau Prep Builder. Você só precisa gerenciar uma ou mais chaves de produto para Tableau Server no local, ou no caso de Tableau Online, você não precisa gerenciar chave do produto.

Suporte para delegação de Kerberos com a fonte de dados Vertica

Agora você pode autenticar as fontes de dados Vertica com a delegação Kerberos. Para configurar a delegação Kerberos no Tableau Server, consulte Habilitar a Delegação do Kerberos. Para ativar Kerberos para Vertica no Active Directory, consulte Ativação da delegação Kerberos para Vertica(Link opens in a new window).

Suporte para gerenciar limites de função no site

Agora os administradores do servidor podem definir um número máximo de licenças disponíveis de Creator, Explorer e Viewer para um site. Os administradores de site podem usar essas cotas para alocar licenças para usuários em seu site. Para um site que tenha licenciamento baseado no usuário, sem limites de licenciamento definidos pelo administrador do servidor, o número máximo para cada função é determinado pelo número de licenças disponíveis. Para saber mais, consulte Gerenciar os limites das funções de site. Os administradores do servidor também podem configurar cotas de função no site por meio da API REST.

Atualizações da caixa de diálogo Permissão

Defina permissões mais rapidamente com a nova caixa de diálogo de permissões. Novos modelos(Link opens in a new window) de permissão e agrupamentos de recursos correspondem aos cenários comuns do usuário. Editar as regras de permissão ficou mais fácil do que nunca com a edição direta - clique duas vezes para entrar no modo de edição. Pesquise grupos e usuários simultaneamente, sem pré-selecionar sua escolha. Copie(Link opens in a new window) uma regra de permissão personalizada e cole em outro grupo ou usuário. E entregue a gestão de projetos aos Líderes de projetos(Link opens in a new window) de forma mais intuitiva com a nova configuração. Para obter mais informações sobre permissões, consulte Permissões.

Bloquear projetos aninhados

A regulamentação de permissões agora é mais flexível. As permissões do projeto podem ser bloqueadas de maneira independente para projetos aninhados. Projetos de nível superior podem atuar como contêineres organizacionais para projetos com diferentes modelos de permissão. Os usuários que não são administradores podem criar novos projetos bloqueados. Para obter mais informações, consulte Bloquear permissões de conteúdo.

Armazenamento de arquivos externo do Tableau Server (Server Management Add-on)

Agora você pode configurar o Tableau Server para usar um SAN ou NAS para armazenar dados do Armazenamento de arquivos. O uso de um armazenamento conectado à rede para os dados do Armazenamento de arquivos oferece alguns benefícios, como tempos de backup reduzidos, usando as tecnologias de backup instantâneo. Para obter mais informações, consulte Armazenamento de arquivos externo do Tableau Server.

Atualizações do Tableau Catalog - parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluído separadamente na licença do Data Management Add-on para Tableau Server e Tableau Online. Para obter mais informações sobre Tableau Catalog, consulte Sobre o Tableau Catalog.

Os seguintes recursos estão incluídos nessa versão:

Conectores adicionados - conecte-se a mais dados de ativos externos. Adicionamos suporte aos seguintes conectores: Google Big Query, Google Drive, Google Sheets, Box, Dropbox e OneDrive.

Criar pastas de trabalho - crie uma pasta de trabalho na página de Ativos externos ou em um banco de dados ou uma página da tabela para conexões compatíveis com o Catalog. Para obter mais informações, consulte “Usuários do Tableau Catalog criam pastas de trabalho em ativos externos” em Creators: comece agora a criação na Web(Link opens in a new window) na Ajuda do Tableau Desktop e da Criação na Web.

Filtro em Certificados e avisos de qualidade de dados - filtre fontes de dados, bancos de dados, arquivos e tabelas por Certificado, filtre fontes de dados por conexões e filtre bancos de dados e tabelas por avisos de qualidade de dados. Para obter mais informações, consulte “Abrir a página Conectar-se a dados” em Creators: conectar-se a dados na Web(Link opens in a new window)ou “Conectar-se ao Tableau Desktop” em Conectar-se a dados usando o Tableau Server ou o Tableau Online(Link opens in a new window) na Ajuda do Tableau Desktop e da Criação na Web.

Melhorias no painel Detalhes de dados -

  • Consulte um minigráfico com o número de vezes que uma planilha ou painel foi visualizado nas últimas 12 semanas.
  • Veja facilmente que há avisos em uma exibição.
  • Amplie um campo para ver os metadados, como uma descrição ou um cálculo.
  • Quando um campo em uma pasta de trabalho herda a descrição, veja de onde vem a descrição.

    Para obter mais informações, consulte “Usar detalhes de dados para ver as informações de visualização” em Explorar e analisar dados em uma exibição(Link opens in a new window) na Ajuda do Tableau Desktop e da Criação na Web.

Alterado em 2020.1

A versão 2020.1 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

O script tableau-server-obliterate agora preserva arquivos de backup e registro

Nas versões anteriores do Tableau Server, a execução do script tableau-server-obliterate excluiu todo o conteúdo do diretório de dados. A partir da versão 2020.1, o comportamento padrão do script tableau-server-obliterate foi alterado: o script copia e salva os arquivos de backup e de registro do Tableau Server no diretório logs-temp. A localização padrão do diretório logs-temp está em /var/opt/tableau/logs-temp. Você pode definir opções no script para desativar essa nova funcionalidade.

Consulte Remover o Tableau Server do computador.

Melhorias no comando tsm topology deploy-coordination-service

A partir da versão 2020.1, o comando para implantar um novo ensemble do serviço de coordenação aguarda que o ensemble seja devidamente implantado e remove o ensemble antigo, antes de retornar o controle para o prompt de comando. Isso simplifica o processo de implantação de um novo ensemble do serviço de coordenação e elimina a possibilidade de continuar com outros comandos ou ações antes que o Tableau Server esteja devidamente configurado para o novo ensemble. Você não precisa mais executar o comando tsm topology cleanup-coordination-service depois de implantar um novo ensemble na versão 2020.1.0 e posterior.

Observação:com essa alteração, todos os comandos do ensemble de serviço de coordenação requerem entrada para um prompt "y/n", confirmando que uma reinicialização do servidor ocorrerá. Para executar esses comandos sem entrada, inclua a opção --ignore-prompt.

Para obter mais informações sobre a implantação de um ensemble do Serviço de coordenação, consulte Implantar um ensemble do Serviço de coordenação.

Versão 2019.4

Adicionado na versão 2019.4

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Solicitar acesso

Agora os usuários podem solicitar acesso para ver um projeto, uma pasta de trabalho ou exibição quando não tiverem permissão de exibição. Quando alguém solicita acesso ao conteúdo, o Tableau encaminha um e-mail para a pessoa que controla as permissões para esse conteúdo com informações sobre a solicitação e as instruções sobre como fazer alterações de acesso. Para obter informações sobre como gerenciar permissões, consulte Permissões.

Configurar as recomendações de exibições

Agora o Tableau Servidor recomenda exibições para ajudar os usuários a detectar conteúdo relevante. As recomendações de exibições são uma expansão do sistema que fornece recomendações para fontes de dados e tabelas.

  • Para controlar se o recurso de recomendações está ativado para o servidor, use as opções do tsm configuration set recommendations.enabled e recommendations.vizrecs.enabled. Para obter mais informações, consulte Opções do tsm configuration set.
  • Para agendar quando o instrutor de recomendações será executado no servidor, ajuste as configurações do servidor em Agenda de treinamento de recomendações. Para obter mais informações, consulte Configurações do servidor (geral).
  • Para ocultar todas as recomendações em um site específico ou para ocultar os nomes de usuário nas dicas de ferramentas de recomendação para um site específico, ajuste as configurações do site em Recomendações de exibições.

Habilitar ou desabilitar o Pergunte aos dados para um site

Como administrador de site, você pode controlar a disponibilidade do Pergunte aos dados na área Geral das configurações do site. Para obter mais informações, consulte Habilitar o Pergunte aos dados para sites e fonte de dados.

Tokens de acesso pessoal

Os tokens de acesso pessoal fornecem aos usuários do Tableau Server a capacidade de criar tokens de autenticação de longa duração. Os tokens permitem que os usuários executem a automação com APIs REST do Tableau sem precisar de credenciais inseridas em código ou logon interativo. Mais informações sobre o uso de tokens de acesso pessoal com APIs REST do Tableau estão em Entrar e sair (Autenticação)(Link opens in a new window).

Como administrador, você pode revogar e rastrear o uso dos tokens. Consulte Tokens de acesso pessoal.

SMTP seguro

Agora é possível configurar o Tableau Server para se conectar com o servidor de e-mail em uma conexão segura. Você pode criptografar e, como opção, autenticar com um certificado que você carrega e configura no Tableau Server. Consulte SMTP seguro.

Testar a configuração de e-mail

Depois de configurar uma conexão SMTP, use o novo comando tsm email para validá-la.

Criar extrações na Web

Agora é possível criar extrações no navegador, sem usar o Tableau Desktop. Para obter mais informações, consulte Criar extrações na Web. Você também pode usar os novos comandos createextracts e deleteextracts no tabcmd para criar ou excluir extrações para uma pasta de trabalho ou fonte de dados publicada. Para obter mais informações, consulte Comandos tabcmd.

Novos instaladores do Tableau Server e tabcmd

O Tableau Server 2019.4 apresenta programas de Instalação completamente reformulados para o Tableau Server e tabcmd. Para obter mais informações, consulte O que mudou - O que é preciso saber antes da atualização.

Banner de boas-vindas personalizado

É possível adicionar uma mensagem personalizada ao banner de boas-vindas na página inicial para que todos os usuários do servidor vejam. Adicione até 240 caracteres de texto e hiperlinks para fornecer informações de suporte ou recursos importantes para ajudar os usuários do servidor a começar. Você também pode desativar o banner inicial padrão do Tableau para todos os usuários do servidor. Para obter mais informações, consulte Personalizar seu servidor.

Limitar a visibilidade das informações do usuário

A configuração do site da Visibilidade do usuário permite que os administradores gerenciem se os usuários com funções de site Viewer e Explorer vêem outros usuários e grupos no site, o que pode ser importante para sites usados por vários clientes. Quando a Visibilidade do usuário é definida como Limitada, os Explorers e Viewers não podem ver as informações sobre outros usuários, incluindo aliases, propriedade do projeto, comentários e muito mais. Creators e administradores (incluindo os Explorers (Administradores de site)) ainda podem visualizar as informações do usuário. Por padrão, a Visibilidade do usuário é definida como Full. Para obter mais informações, consulte Gerenciar Visibilidade do usuário do site.

Gerenciar as extensões de área restrita

Agora o Tableau oferece suporte a extensões de área restrita, que são um novo tipo de extensão do painel que é executado em um ambiente protegido hospedado pelo Tableau. Como as extensões habilitadas para rede, as extensões de área restrita são aplicativos Web executados em áreas personalizadas do painel e podem interagir com o restante do painel usando a API de extensões do Tableau(Link opens in a new window). Enquanto as extensões habilitadas para rede têm acesso total à Web, as extensões de área restrita não podem compartilhar dados ou fazer chamadas de rede fora do Tableau Server de hospedagem. As extensões de área restrita fornecem um novo nível de segurança para os usuários e administradores do Tableau.

Para saber mais sobre como controlar extensões, consulte Gerenciar extensões de painel no Tableau Server. Para saber mais sobre a segurança de extensões e a estratégias de implantação, consulte Segurança de extensão - Práticas recomendadas para implantação.

Alterado em 2019.4

A versão 2019.4 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

Novo instalador do tabcmd para Windows

A versão 2019.4 do Tableau Server apresenta um Programa de instalação regravado para instalar o tabcmd no Windows.

Esta atualização altera algumas das opções da linha de comando. Se você automatizou a instalação do tabcmd, verifique as opções atuais da linha de comando para o programa de Instalação do tabcmd. Para obter mais informações, consulte tabcmd e Instalar switches e propriedades do tabcmd (Windows)

Atualizações no gerenciamento de trabalhos do Tableau Server

A página Gerenciamento de trabalhos tem várias atualizações e novas opções, incluindo:

  • A página Trabalhos agora inclui informações de Execução média e Fila média para cada trabalho.

  • Melhor experiência de cancelamento de trabalhos. Os administradores de servidor e site agora podem inserir observações personalizadas, bem como selecionar destinatários do e-mail ao cancelar um trabalho.

  • Mais informações são fornecidas na caixa de diálogo de detalhes do trabalho, como: a última vez que o trabalho foi executado com êxito e o nome do criador do trabalho.
  • Suporte para o cancelamento dos trabalhos de execução de fluxo. Anteriormente, no Tableau Server versão 2019.3, somente as atualizações e assinaturas eram compatíveis.
  • Adição de um novo Tipo de trabalho: trabalhos de criptografia.

  • Os trabalhos com falha incluem trabalhos que foram suspensos. Os trabalhos suspensos são um status secundário dos trabalhos com falha e têm seu próprio ícone para distingui-los de outros trabalhos com falha.

Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de Trabalhos em segundo plano no Tableau Server.

Atualizações no comando tsm maintenance cleanup

O comando tsm maintenance cleanup agora inclui uma opção para limpar o cache de imagem.

Além disso, a opção --verbose foi removida do comando. Executar o comando com a opção --verbose resultará em um erro. Se sua organização tiver tarefa automatizada usando o comando tsm maintenance cleanup com a opção --verbose, atualize os scripts de automação.

Versão 2019.3

Adicionado na versão 2019.3

A versão 2019.3 inclui os seguintes recursos novos.

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Adicionar anexos PDF a e-mails de assinatura

Você pode dar aos usuários a opção de anexar renderizações de PDF para exibições e e-mails de assinatura de pastas de trabalho. Você deve habilitar a funcionalidade do anexo no servidor. Consulte Configurar notificação de evento do servidor

Recursos do Tableau Catalog — parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluso no Data Management Add-on licenciado separadamente para o Tableau Server e para o Tableau Online, disponibilizando diversos recursos no espaço de gerenciamento de dados. Você pode usar o Tableau Catalog para descobrir dados, selecionar ativos de dados, comunicar a qualidade dos dados, executar análises de impacto e rastrear a linhagem dos dados usados no conteúdo do Tableau. Para obter mais informações, consulte Sobre o Tableau Catalog.

Tableau Catalog no servidor—parte do Data Management Add-on

O Tableau Catalog está incluído no Data Management Add-on licenciado separadamente. Para obter mais informações, consulte Licença do Data Management Add-On.

Você pode conceder aos usuários acesso a metadados e recursos como pesquisa expandida, detalhes de dados e linhagem ao Ativar o Tableau Catalog. Para saber mais sobre como o Tableau Catalog e as permissões de metadados funcionam, consulte Gerenciar permissões para ativos externos.

API de metadados do Tableau

Se você é um desenvolvedor e tem interesse em acessar metadados indexados por originados pelo Tableau Catalog, consulte a Ajuda da API de metadados do Tableau(Link opens in a new window).

Gerenciamento de trabalhos

Agora você pode exibir, monitorar e gerenciar trabalhos do processador em segundo plano no Tableau Server. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de Trabalhos em segundo plano no Tableau Server.

Suporte para credenciais incorporadas em arquivos de bootstrap

Agora você pode incluir credenciais incorporadas ao gerar o arquivo bootstrap. Isso permite adicionar um novo nó à instalação do Tableau Server por linha de comando, sem precisar fornecer credenciais administrativas do TSM ao instalar o nó e pode ser especialmente útil se você automatizar a instalação do Tableau. Esse recurso é habilitado por padrão e as credenciais inseridas são válidas por um período determinado (consulte tabadmincontroller.auth.expiration.minutes) e agem como um cookie de seção.

As credenciais inseridas são projetadas para oferecer flexibilidade, para que você possa escolher como usar esse recurso. Você pode optar por não incluir credenciais em nenhum momento que gerar um arquivo de bootstrap. Você também pode desabilitar totalmente o recurso usando a opção features.PasswordlessBootstrapInit com o comando tsm configuration set. Quando as credenciais não estão incluídas, você é solicitado, ao adicionar um nó, a inserir o nome e a senha de um usuário com permissões administrativas no computador em que o Tableau Services Manager está instalado.

Importante: o arquivo do bootstrap contém uma cópia do arquivo do repositório de chaves principal, usado para criptografar os segredos da configuração. O arquivo também pode ter credenciais inseridas válidas por um período predeterminado (consulte tabadmincontroller.auth.expiration.minutes) e servir como um cookie de sessão. Recomendamos que você tome medidas adicionais para proteger o arquivo de configuração de nó usando mecanismos como os descritos em Proteção de segredos para operações de importação e exportação.

Para obter mais informações, consulte tsm topology nodes get-bootstrap-file.

Complemento de gerenciamento do servidor

O Complemento de gerenciamento do servidor é um complemento licenciado separadamente, que fornecerá recursos avançados de segurança, capacidade de gerenciamento e escalabilidade do Tableau Server.

  • Maior escalabilidade:

    • Para implantações do Tableau Server hospedadas no AWS, agora você pode optar por hospedar o repositório de metadados externamente com o Postgres Amazon RDS. O Amazon RDS oferece escalabilidade, confiabilidade, alta disponibilidade e segurança integrada para PostgreSQL. Ao integrar com o AWS, você poderá aproveitar os benefícios adicionais da implantação da nuvem. Para obter mais informações, consulte Repositório externo do Tableau Server.
    • Você também pode ajustar seus processos do Tableau Server personalizando quais nós processam consultas de mecanismo de dados e trabalhos em segundo plano. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de carga de trabalho por meio das funções de nó.

  • Maior eficiência operacional:

    • Um novo Content Migration Tool que foi adquirido da InterWorks é incluído como parte do Complemento de gerenciamento do servidor.

      O Content Migration Tool ajuda a simplificar a sua pasta de trabalho e os fluxos de trabalho de conteúdo da fonte de dados. Você pode gerenciar o movimento de conteúdo entre desenvolvimento e produção ou entre outros ambientes. Para obter mais informações, consulte Sobre Content Migration Tool do Tableau

  • Segurança aprimorada:

    Se a sua empresa estiver ativando a criptografia de extração em repouso, você também poderá integrar o Tableau Server com o Serviço de gerenciamento de chaves do AWS para fornecer um nível avançado de integração e segurança. Para obter mais informações, consulte o Sistema de gerenciamento de chaves.

Suporte para distribuições do Debian 9 Linux

A partir do Tableau Server 2019.3, as distribuições do Debian 9 (e posteriores) do Linux são compatíveis. Consulte Antes da instalação....

Extrair criptografia em repouso

A extração de criptografia em repouso é um recurso de segurança de dados que permite criptografar extrações .hyper enquanto elas são armazenadas no Tableau Server.

Os administradores do Tableau Server podem impor a criptografia de todas as extrações no site ou permitir que os usuários especifiquem a criptografia de todas as extrações associadas a determinadas pastas de trabalho publicadas ou fontes de dados. Consulte Extrair criptografia em repouso.

Suporte a intervalo de datas para Ziplogs

Duas novas opções de data para o comando tsm maintenance ziplogs e --startdate--enddate, oferecem a capacidade de especificar um intervalo de datas para os registros que estão sendo coletados. Essas opções devem ser usadas juntas e não podem ser usadas com a opção --minimumdate. Para obter mais informações, consulte tsm maintenance ziplogs.

Dados de uso do Tableau Server

A partir do Tableau Server 2019.3, os dados de utilização do servidor são enviados ao Tableau por padrão. Esse é o caso para novas instalações e atualizações e pode ser desabilitado. Você pode optar para que não sejam enviados durante a instalação, atualização ou a qualquer momento depois que o Tableau Server tiver sido instalado. Para obter mais informações sobre dados de uso, consulte O que mudou - O que é preciso saber antes da atualização no artigo O que é a mudança e a visão geral, Dados de uso do servidor.

Adicionar uma página de Logon no Tableau Server

Você pode adicionar uma observação e uma URL opcionais à página de registro do servidor para ajudar novos usuários a obterem acesso ao servidor ou para anúncios em todo o servidor. A configuração também é compatível com emojis. Para definir uma nota personalizada, entre em um site no Tableau Server. No painel de navegação à esquerda, selecione Gerenciar todos os sites na lista suspensa de sites. Selecione Configurações e adicione uma mensagem para Entrar em personalização. Para obter mais informações sobre a personalização do Tableau Server, consulte Personalizar seu servidor.

Adição de suporte para italiano

O Tableau adicionou suporte para italiano. Agora é possível definir o Tableau para exibir a interface de usuário em um dos onze idiomas:

  • Chinês (simplificado)
  • Chinês (Tradicional)
  • Inglês (Reino Unido)
  • Inglês (Estados Unidos)
  • Francês
  • Alemão
  • Italiano
  • Japonês
  • Coreano
  • Português
  • Espanhol

Para obter mais informações, consulte Idioma e localidade do Tableau Server.

Além de oferecer suporte ao italiano em todos os produtos do Tableau, a Ajuda também está disponível nesses idiomas. Para ler a ajuda no seu idioma preferido, navegue até a parte inferior da página principal da Ajuda do Tableau e selecione o idioma no rodapé.

Menu of language options

Alterado em 2019.3

A versão 2019.3 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

O pacote de criptografia padrão não inclui mais suporte padrão para criptografias antigas

A versão 2019.3 do Tableau Server não inclui mais suporte padrão para criptografias Triple-DES, IDEA e CAMELIA para conexões SSL. Essas criptografias não são mais considerados suficientemente seguras. Nas versões anteriores da Lista de verificação do reforço de segurança, incluímos uma recomendação para desabilitar a criptografia Triple-DES, que foi habilitada por padrão.

Dependendo do seu ambiente, talvez seja necessário fazer configurações adicionais antes de fazer a atualização:

  • Se você desativou a criptografia Triple-DES como documentado na Lista de verificação, recomendamos executar os seguintes comandos antes de atualizar para 2019.3:

    tsm configuration set -k ssl.ciphersuite -d

    tsm pending-changes apply

    Esse comando reverte o Tableau Server para a configuração do pacote de criptografia padrão 2019.2 (e mais antiga). Após a atualização para o 2019.3, a Triple-DES, IDEA e CAMELIA serão removidas das criptografias padrão compatíveis.

    Não execute o comando se você fez outras alterações na chave ssl_ciphersuite.

  • Se você não alterou a chave ssl_ciphersuite, a configuração atualizará o valor da chave para o novo padrão como parte do processo de atualização. O novo valor padrão para a chave ssl_ciphersuite é HIGH:MEDIUM:!aNULL:!MD5:!RC4:!3DES:!CAMELLIA:!IDEA:!SEED.

  • Se os usuários ainda precisarem de suporte para Triple-DES, recomendamos atualizar para navegadores mais recentes que ofereçam suporte a criptografias mais seguras. Se isso não for uma opção, você poderá executar os comandos a seguir depois de atualizar. O primeiro comando define a chave ssl_ciphersuite para a configuração pré-2019.3, compatível com Triple-DES:

    tsm configuration set -k ssl.ciphersuite -v "HIGH:MEDIUM:!aNULL:!MD5:!RC4"

    tsm pending-changes apply

O Tableau Server Service Manager foi removido

O Tableau Server Service Manager (tabsvc) foi removido. Em vez disso, o systemd gerencia os processos de negócios do Tableau que foram gerenciados anteriormente por tabsvc:

  • Gateway
  • Repositório e controlador do cluster
  • Armazenamento de arquivo
  • Serviço do aplicativo
  • Serviço SAML
  • Processador em segundo plano
  • Servidor de dados
  • VizQL Server
  • Processador de Dados
  • Servidor de cache
  • Procurar e Navegar

Você pode usar os seguintes scripts para iniciar e parar os serviços de negócios que o tabsvc gerenciou em versões anteriores:

start-administrative-services

stop-administrative-services

Os scripts estão localizados em /opt/tableau/tableau_server/packages/scripts.<version>/.

Dados de utilização são enviados ao Tableau

A partir do Tableau Server 2019.3, os dados de utilização do servidor são enviados ao Tableau por padrão. Este é o caso para novas instalações e atualizações. Você pode optar por não participar durante a instalação, atualização ou a qualquer momento depois que o Tableau Server tiver sido instalado. Para obter mais informações sobre dados de utilização, consulte Dados de uso do servidor.

Para desabilitar o envio dos dados de utilização do servidor:

  • Se você estiver instalando o Tableau Server pela primeira vez, poderá desativar esse recurso durante a configuração das definições do nó inicial. Para obter detalhes, consulte Configurar as definições do nó inicial.

  • Se você estiver atualizando o Tableau Server, o script upgrade-tsm informará sobre a opção e como desabilitá-la.

  • Se quiser instalar ou atualizar o Tableau Server e desejar desativar o envio dos dados de utilização do servidor, você poderá fazer isso na página Manutenção do TSM ou na linha de comando. Para obter detalhes, consulte Dados de uso do servidor.

Atualizar sem a necessidade de fornecer uma senha

A partir do Tableau Server 2019.3, quando você atualiza a versão 2019.2 ou posterior, o script upgrade-tsm não exige mais que você especifique um usuário e senha. A versão 2019.3 e posterior tiram proveito do Acesso direto com a CLI TSM e usa a conta com a qual você conectou para autenticar a atualização. Você pode substituir este comportamento usando a opção --user para especificar um usuário administrativo. Ao fazer isso, você também pode fornecer uma senha usando a opção --password ou digitar uma senha quando solicitado. As atualizações de versões anteriores a 2019.2.0 ainda solicitarão uma senha.

Algumas opções de comando tsm não são mais configuráveis

A partir do Tableau Server 2019.3, as seguintes opções são ativadas na instalação e não são mais configuráveis:

  • backgrounder.enable_sort_ jobs_by_job_rank
  • backgrounder.enable_task_ run_time_and_job_rank

Versão 2019.2

Adicionado na versão 2019.2

A versão 2019.2 inclui os seguintes recursos novos.

Design de ajuda

Um ícone azul Enviar feedback é exibido no canto inferior direito de cada página de Ajuda para facilitar o envio de comentários sobre o conteúdo em um tópico. Clique no ícone para nos informar se um tópico foi útil para você e também para comentar sobre o que precisa melhorar.

Usuário

Acesso direto com a CLI TSM

A partir da versão 2019.2 do Tableau Server, a execução de comandos tsm não exigirá que você insira uma senha se a seguinte for verdadeiro:

  • A conta com a qual você está executando comandos é membro do grupo autorizado pelo TSM, por padrão, o grupo. tsmadmin O usuário do Tableau sem privilégios (por padrão, o usuário tableau) e a conta raiz também podem executar comandos do TSM.
  • Você está executando comandos localmente no Tableau Server que está executando o serviço do controlador de administração do Tableau Server. Por padrão, o serviço do controlador de administração do Tableau Server é instalado e configurado no nó inicial em uma implantação distribuída.

Consulte Autenticação com a CLI tsm.

Melhorias na política de senha de autenticação local

A partir da versão 2019.2 do Tableau Server, agora você pode definir políticas de senha para o Tableau Server que está configurado para autenticação local. Por exemplo, você pode especificar o comprimento da senha, a expiração e a complexidade. Além disso, você pode definir contas para serem bloqueadas após muitas tentativas de logon com falha. Também é possível permitir que os usuários redefinam suas próprias senhas. Consulte Autenticação local.

Selecionar entre dez idiomas diferentes para o Tableau

O Tableau adicionou suporte para dois novos idiomas, chinês (tradicional) e inglês (Reino Unido). Agora é possível definir o Tableau para exibir a interface de usuário em um dos dez idiomas.

  • Chinês (simplificado)
  • Chinês (Tradicional)
  • Inglês (Reino Unido)
  • Inglês (Estados Unidos)
  • Francês
  • Alemão
  • Japonês
  • Coreano
  • Português
  • Espanhol

Para obter mais informações, consulte Idioma e localidade do Tableau Server.

Além de oferecer suporte a dois novos idiomas em todos os produtos do Tableau, a Ajuda também está disponível nesses idiomas. Para ler a ajuda no seu idioma preferido, navegue até a parte inferior da página principal da Ajuda do Tableau e selecione o idioma no rodapé.

Menu of language options

Definir uma página inicial no nível de site

A partir da versão 2019.2 do Tableau Server, você pode definir uma página inicial para todos os usuários do site, para que eles sejam encaminhados para uma página específica ao entrarem no Tableau Server. Anteriormente, os administradores do servidor podiam definir uma página inicial apenas no nível do servidor. Consulte Definir a página inicial padrão para todos os usuários.

Elastic Server em vários nós

O Elastic Server é usado pelo Pergunte aos dados para indexar os dados. Agora é possível executar processos do Elastic Server em mais de um nó em um cluster. É recomendado ter um número ímpar de processos do Elastic Server em execução. Para obter mais informações, consulte Processos do Tableau Server.

Conexão SSL com o serviço externo do TabPy

As conexões SSL com o TabPy não eram compatíveis em versões anteriores. No Tableau Server 2019.2, você pode configurar conexões SSL. A configuração de serviços externos é feita com comandos do tsm em tsm security.

Configuração do limite para suspender alertas

Por padrão, uma assinatura é suspensa depois de 350 falhas de alerta consecutivas. Os administradores de servidor podem configurar o número limite de falhas de alerta antes que uma assinatura seja suspensa. Para obter mais informações, consulte Configurar alertas orientados por dados.

Configuração dos níveis de registro para processos TSM

Agora, você pode alterar facilmente os níveis de registro dos processos TSM (Tableau Services Manager). Isso permite aumentar os níveis de registro para solucionar problemas (se você estiver trabalhando com o Suporte do Tableau, por exemplo). Para obter mais informações, consulte Alterar níveis de registro.

Alterado em 2019.2

A versão 2019.2 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

Os requisitos mínimos de hardware mudaram

A partir da versão 2019.2, o Tableau Server requer um mínimo de 4 núcleos e 16 GB de RAM para ser instalado. O programa de instalação verificará se o computador no qual você está instalando satisfaz esses requisitos mínimos antes de instalar. Se o computador não atender a esses requisitos mínimos de hardware, o Tableau não poderá ser instalado. Para obter detalhes, consulte Requisitos mínimos de hardware e recomendações para o Tableau Server. Para obter mais informações sobre essa alteração, consulte esta postagem no blog do Tableau: Requisitos de máquina atualizados para as versões de avaliação do Tableau Server.(Link opens in a new window)

A atualização requer pelo menos 15% de espaço livre em disco em cada nó

A atualização para a versão 2019.2 inclui uma atualização de versão para o banco de dados PostGRES usado pelo Tableau internamente. Isso significa que um backup do banco de dados é feito antes da atualização e requer um mínimo de 15% de espaço livre em cada nó.

Cabeçalho HTTP "Referrer-Policy" adicionado

A partir da versão 2019.2, o Tableau Server inclui a capacidade de configurar o comportamento do cabeçalho HTTP Referrer-Policy. Essa política é habilitada com um comportamento padrão que incluirá a URL de origem de todas as conexões "seguras como" (política no-referrer-when-downgrade). Nas versões anteriores, o cabeçalho Referrer-Policy não foi incluído nas respostas enviadas pelo Tableau Server. Essa alteração provavelmente não afetará os cenários de usuários para a maioria dos navegadores. No entanto, recomenda-se testar os cenários de usuários baseados em navegador após a atualização para a versão 2019.2. Caso um cenário de usuário seja afetado, você pode desabilitar ou alterar esse comportamento de cabeçalho. Consulte Cabeçalhos de resposta HTTP.

Os endereços de Internet relacionados ao mapa foram alterados

A partir da versão 2019.2, o Tableau Server precisa de acesso à porta 443 para dois novos locais de mapa: 

  • mapsconfig.tableau.com
  • api.mapbox.com

Eles substituem o endereço usado pelas versões anteriores: maps.tableau.com. Para obter detalhes sobre a configuração do Tableau Server para um acesso adequado à Internet, consulte Configuração de proxies no Tableau Server.

Versão 2019.1

Adicionado na versão 2019.1

A versão 2019.1 inclui os seguintes recursos novos.

Alterações na Ajuda do Tableau

Atualizações foram feitas para ajudar a acessar nosso conteúdo, incluindo um novo menu à direita para digitalizar rapidamente e selecionar diferentes tópicos na página. Também criamos conteúdo em guias, para mostrar facilmente como concluir tarefas da interface de linha de comando ou da Web.

Usuário

Administrador de site ou servidor

Recuperação automática da criação na Web

Com o Tableau Server 2019.1, a edição e criação de conteúdo no servidor será recuperada automaticamente no caso de falha no processo. Conforme você faz alterações no conteúdo, o Tableau Server salvará as alterações de forma intermitente (e silenciosa). Em versões anteriores, uma falha no processo resultava na perda de alterações que não foram salvas antes da falha. No Tableau Server 2019.1, as alterações feitas antes de uma falha serão mantidas ao se reconetar ao conteúdo.

Por padrão, o Tableau Server salvará o conteúdo depois de fazer cinco alterações. O administrador de servidor pode ajustar esse intervalo com a opção vizqlserver.NumberOfWorkbookChangesBetweenAutoSaves usando o Opções do tsm configuration set. O limite de tamanho de arquivo (vizqlserver.WorkbookTooLargeToCheckpointSizeKiB) e as tentativas de recuperação por sessão (vizqlserver.RecoveryAttemptLimitPerSession) também podem ser configurados.

Opção para instalar em um local não padrão no RHEL-distros

A partir da versão 2019.1, se estiver instalando o Tableau Server em uma distribuição do tipo RHEL do Linux, você poderá escolher instalar em um local não padrão. O local padrão é o /opt. Se quiser ou precisar instalar o Tableau em outro local, agora é possível, mesmo ao atualizar. A instalação em um local não padrão não é compatível no Ubuntu devido a limitações do pacote deb. Para obter mais informações sobre a instalação do Tableau Server, consulte Instalar e inicializar o TSM. Para obter mais informações sobre atualização, consulte Atualização da versão 2018.1 e posterior (Linux)).

Processos do Contêiner de microsserviço

A versão 2019.1 adiciona alguns processos novos ao Tableau Server. Os dois processos de contêiner, Contêiner de microserviço interativo e Contêiner de microserviço não interativo, agora aparecem na página Status do TSM e na saída do comando do TSM tsm status -v. Esses processos contêm microsserviços e não podem ser configurados de forma independente por administradores. Para obter mais informações, consulte Contêiners de microsserviço do Tableau Server.

Módulos de autenticação plugáveis (PAM)

Na versão 2019.1,o processo de autenticação TSM usa o PAM diretamente e retorna a um esquema de autenticação usando o usuário substituto (su) se houver falha no PAM ou se não estiver configurado com um serviço do diretório. Esse aprimoramento fornece uma maior integração com os serviço serviço do diretório LDAP. Consulte Autenticação TSM.

Autenticação do cliente TSM

Na versão 2019.1, a confiança de certificado e o gerenciamento de cliente do TSM (interface do usuário na Web e CLI) foram atualizados para tornarem as conexões criptografadas com o Tableau Server mais fáceis de serem gerenciadas. Consulte Conexão de clientes do TSM.

Processos do Pergunte aos dados (Ask Data) e do Elastic Server

Com o Tableau Server 2019.1, os processos do Pergunte aos dados (Ask Data) e do Elastic Server foram adicionados ao Tableau Server para oferecer suporte ao novo recurso de Pergunte aos dados (Ask Data). Para obter mais informações, consulte Processos do Tableau Server.

O processo do Pergunte aos dados (Ask Data) é instalado e configurado automaticamente. Não pode ser configurado manualmente. Os logs são armazenados no diretório nlp. Para obter mais informações, consulte Localizações do arquivo de registro do servidor no arquivo ziplog.

O processo do Elastic Server é instalado e configurado automaticamente. O tamanho da pilha do Elastic Server pode ser configurado usando a opção de configuração elasticserver.vmopts do TSM. Para obter mais informações, consulte Opções do tsm configuration set. Somente um processo do Elastic Server pode ser executado e pode opcionalmente ser movido para qualquer nó no cluster.

Processo de servidor do Tableau Prep Conductor

O Tableau Prep Conductor é um novo processo de servidor adicionado ao Tableau Server para oferecer suporte à automação de execução e gerenciamento de fluxos. O Tableau Prep Conductor usa a funcionalidade de agendamento e monitoramento do Tableau Server para automatizar os fluxos em execução para atualizarem a saída do fluxo, em vez de fazer logon no Tableau Prep para executar manualmente fluxos individuais à medida que seus dados são alterados. Para obter mais detalhes, consulte Tableau Prep Conductor.

O Tableau Prep Conductor está licenciado por meio do Data Management Add-on. Para obter mais informações, consulte Licenciamento do Tableau Prep Conductor(Link opens in a new window).

Tableau Data Management Add-On

O Data Management Add-on é uma nova licença que inclui o Tableau Prep Conductor. Para obter mais informações, consulte Licenciamento do Tableau Prep Conductor(Link opens in a new window).

Funções de nó para o processo do Processador em segundo plano

Foi adicionado um novo comando tsm topology que fornece a capacidade de especificar o tipo de tarefas que processador em segundo plano pode executar. No 2019.1, usando o novo comando, você pode isolar determinados nós para executar apenas tarefas de fluxo ou executar todas as tarefas que não sejam fluxos. Isso é útil se você quiser usar o Tableau Prep Conductor para publicar, executar e agendar fluxos. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de carga de trabalho por meio das funções de nó e Tableau Prep Conductor.

Conexão SSL com o serviço externo do Rserve

As conexões SSL ao Rserve e TabPy não eram compatíveis em versões anteriores. No Tableau Server 2018.3, você pode configurar conexões SSL. Além disso, a conexão com serviços externos (habilitar, desabilitar e configurar) agora é feita com comandos tsm nativos em tsm security.

Alterado em 2019.1

A versão 2019.1 inclui as alterações a seguir que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

Instalação em locais não padrão (somente distribuições do tipo RHEL)

A partir da versão 2019.1, em distribuições do tipo RHEL, será possível instalar o Tableau Server em um local diferente do /opt padrão. Isso não é compatível no Ubutu devido a limitações do pacote deb. Para obter detalhes, consulte as instruções de instalação em Instalar e inicializar o TSM ou as instruções de atualização em Atualização da versão 2018.1 e posterior (Linux).

Miniaturas de alta resolução

Na versão 2019.1 e posteriores, as pastas de trabalho e exibições usam miniaturas com alta resolução. Ao atualizar para o Tableau Server versão 2019.1 ou posteriores, o Processador em segundo plano executa as tarefas Colocar atualização de miniaturas em fila e Atualizar miniaturas, que atualizam miniaturas de todas as exibições que não foram editadas ou publicadas desde a versão 2018.2 do Tableau e as converte de imagens de miniatura de baixa resolução (192 x 192 pixels) para alta resolução (300 x 300 pixels), conforme mostrado na figura abaixo.

Quando a tarefa de Atualizar miniaturas atualiza as imagens em miniatura, a data de modificação da exibição é alterada para corresponder à data de atualização da miniatura. A tarefa Atualizar miniaturas não altera a data de modificação das pastas de trabalho ao atualizar as miniaturas da exibição.

As miniaturas podem parecer desfocadas até que a tarefa de Atualizar miniaturas seja concluída. Dependendo do número de pastas de trabalho que você tiver, isso pode levar de alguns minutos a algumas horas. Você também pode notar que as imagens em miniatura podem aparecer em baixa resolução em até uma semana após a atualização para o Tableau Server 2019.1. Para obter mais informações, consulte Tarefa de atualizar miniaturas(Link opens in a new window).

Imagens do cartão Projeto

Na versão 2019.1 e posteriores, as imagens do cartão Projeto não serão exibidas, a menos que sejam adicionadas como o último item na descrição do projeto e encapsuladas com ! (pontos de exclamação). Para obter mais informações, consulte Adicionar uma imagem de projeto(Link opens in a new window).

Versão 2018.3

Adicionado na versão 2018.3

A versão 2018.3 inclui os seguintes recursos novos.

Alterações na Ajuda do Tableau

Os resultados de pesquisa na ajuda do produto foram expandidos para incluir resultados de todos os produtos do Tableau e artigos de ajuda. O layout e a navegação da Ajuda, como o posicionamento da tabela de conteúdos e navegação foram atualizados para criar uma experiência de ajuda entre produtos mais consistente.

Usuário

Administrador de site ou servidor

Materializar os cálculos em extrações já publicadas no Tableau Server

Se for preciso materializar cálculos retroativamente em extrações que já foram publicadas no Tableau Server, você poderá usar o tabcmd para atualizar a extração publicada com a opção --addcalculations. Para obter mais informações sobre como materializar os cálculos em extrações, consulte Materializar os cálculos na extração na Ajuda do usuário do Tableau. Para obter mais informações sobre a opção de comando tabcmd, consulte refreshextracts workbook-name or datasource-name.

Proteger dados de extração no nível de linha

Proteja os dados de extração no nível de linha usando abordagens existentes para implementar a segurança em nível de linha no Tableau. Para obter mais informações, consulte Restrição de acesso no nível de linha de dados(Link opens in a new window) na Ajuda do usuário do Tableau.

Pesquisa de conteúdo aprimorada (na versão beta)

Com o Tableau Online e o Tableau Server 2018.3, você e seus usuários da Web podem obter uma prévia da nossa experiência de navegação pelo conteúdo reorganizada. A nova experiência permite ver vários tipos de conteúdo (exibições, pastas de trabalho, fontes de dados, fluxos, projetos) em uma grade ou lista. Por exemplo, agora você pode ver todo o conteúdo de um projeto específico, assim como os subprojetos.

Essa nova experiência pretende tornar a descoberta de conteúdo mais intuitiva, e é a primeira de um conjunto de alterações planejadas que têm como objetivo aprimorar o auto atendimento e governança de seu conteúdo do Tableau.

Para testar a nova experiência de navegação, habilite a configuração a nível de site que fornecemos. Para obter mais informações, consulte Visualizar a experiência de navegação do conteúdo atualizado.

Depois de habilitar a nova experiência, estimule seus usuários a entrarem em nosso site Feedback antecipado(Link opens in a new window), compartilharem suas ideias e verem nossas atualizações de desenvolvimento regulares.

Suporte para Política de segurança de conteúdo

O Tableau Server oferece suporte ao padrão da Política de segurança de conteúdo (CSP). A CSP tem como objetivo ser uma camada adicional de segurança contra script entre sites e outros ataques de Web mal intencionados. A CSP foi implementada como um cabeçalho de resposta HTTP que permite especificas de onde recursos externos, como scripts e imagens, podem ser carregados com segurança.

Consulte Política de segurança de conteúdo.

Suporte aprimorado para LDAP

O Tableau Server 2018.3 inclui suporte aprimorado para LDAP, como pooling de conexão, configuração de raiz mais flexível e vírgulas em nomes de classes de objeto. Consulte o novo tópico, Referência de configuração do armazenamento de identidades externo.

Conexões a serviços externos de suporte ao SSL

As conexões SSL ao Rserve e TabPy não eram compatíveis em versões anteriores. No Tableau Server 2018.3, você pode configurar conexões SSL. Além disso, a conexão com serviços externos (habilitar, desabilitar e configurar) agora é feita com comandos tsm nativos em tsm security.

O SAML agora suporta arquivos PKCS#8 principais

Agora é possível usar arquivos principais protegidos por senha com o SAML. Consulte Configurar SAML em todo o servidor. A frase secreta é codificada e inativa junto com outros segredos do servidor. Consulte Gerenciar segredos do servidor.

Processo de atualização de chave e segredos aprimorado

Em versões anteriores do Tableau Server, a atualização de segredos, chaves e tokens do servidor exigiam que os administradores copiassem manualmente o repositório de chaves para cada nó em implantações distribuídas.

No Tableau Server 2018.3, o repositório de chaves é distribuído para todos os nós ao executar o comando tsm security regenerate-internal-tokens.

Backup sem compactação (adicionado na versão 2018.3.2)

O Tableau Server versão 2018.3.2 introduziu uma nova opção para o comando de backup de manutenção do tsm que permite desabilitara compactação ao fazer o backup. Isso pode beneficiar os clientes que têm backups com longa duração. Usar a opção acelera o tempo de backup, mas resulta em um arquivo maior. Caso use esta opção de comando em uma instalação em vários nós, recomendamos fortemente que tenha uma instância Armazenamento de arquivos configurada no nó inicial para reduzir a necessidade de backup nos nós. Para saber mais sobre o backup do TSM backup, consulte tsm maintenance backup.

Alterado em 2018.3

A versão 2018.3 inclui algumas mudanças que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização.

A conexão com os domínios secundários confiáveis do Active Directory pode resultar em erro

O Tableau Server é conectado a um domínio secundário para sincronização de usuários, porém o Tableau Server não está instalado nesse domínio. O Tableau Server tenta se conectar a domínios secundários para sincronização de usuários e grupos. Mas em alguns casos, não será possível conectar o Tableau Server ao domínio secundário, o que resulta no erro: “O domínio não está na lista de permissões (errorCode=101015)”.

A configuração da opção wgserver.domain.whitelist no TSM é exigida por uma correção da vulnerabilidade de segurança, [Importante] ADV-2020-003: autenticação forçada do Tableau Server(Link opens in a new window). A partir de fevereiro de 2020, a correção dessa vulnerabilidade está incluída em todas as versões mais recentes e versões de manutenção do Tableau Server. Consulte wgserver.domain.whitelist.

As legendas flutuantes da planilha ficam transparentes

Para tornar a legenda flutuante visível novamente, os autores de conteúdo precisarão alterar o fundo da legenda com uma cor.

Alterações em algumas opções de tsm configuration set do Processador de dados

Duas novas opções de configuração de tsm set configuration foram adicionadas: hyper.hard_concurrent_query_thread_limit e hyper.soft_concurrent_query_thread_limit

As novas opções substituem a hyper.num_job_worker_threads e a hyper.num_task_worker_threads disponíveis no Tableau Server versões 2018.3 e anteriores. A hyper.num_job_worker_threads e a hyper.num_task_worker_threads foram descontinuadas e não funcionarão mais nas versões 2019.1 e posteriores.

Descarregamento de SSL e SAML

A partir da versão 2018.3, o Tableau Server valida a mensagem de resposta do SAML retornada do IdP. Se a sua empresa encerrar conexões SSL do IdP em um servidor proxy, antes de enviar a solicitação de autenticação para o Tableau Server, os usuários podem não conseguir fazer logon com SAML após atualizar o 2018.2.

Nesse cenário, o SSL é "descarregado" no servidor proxy, o que significa que a solicitação https é encerrada no servidor proxy e depois encaminhada ao Tableau Server em http. Como o SSL é descarregado no proxy, o Tableau Server valida com o protocolo recebido (http), mas a resposta do IdP é formatada com https, então a validação falhará a menos que o servidor proxy inclua o cabeçalho X-Forwarded-Proto definido como https. Consulte Configuração de proxies no Tableau Server.

Versão 2018.2

Adicionado na versão 2018.2

A versão 2018.2 inclui os seguintes recursos novos.

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Incluir colegas em conversas sobre dados com @mentions

Para envolver pessoas em uma conversa sobre dados interessantes encontrados em uma exibição, use @mention para mencioná-los em comentários. Quando você começa a digitar um nome, as pessoas correspondentes às contas do Tableau na sua organização aparecem em uma lista na qual você pode fazer escolhas. Para obter mais informações, consulte Comentários nas exibições na Ajuda do usuário do Tableau.

Os administradores de site podem desabilitar @mentions na seção Geral das configurações do site.

Criar um caso de suporte na interface do usuário do TSM ou na CLI

Tire um instantâneo do arquivo de log e envie para o Suporte do Tableau diretamente da interface do usuário do Tableau Services Manager ou do CLI. Para saber como, consulte Instantâneos do arquivo de log (Arquivar logs)

Gerenciar extensões de painel no Tableau Server

As extensões de painel são aplicativos da Web que fornecem aos usuários novas maneiras de interagir com os dados de outros aplicativos diretamente no Tableau. É possível controlar as extensões de painel que você permite a execução no Tableau. Gerencie um acesso da extensão aos dados e bloqueie as extensões para impedir que sejam executadas. Para saber mais sobre como controlar extensões, consulte Gerenciar extensões de painel no Tableau Server.

Configuração da porta daemon automatizada

Em versões anteriores do Tableau Server no Linux, a configuração da porta daemon de licenciamento era uma etapa manual obrigatória para implantações de vários nós. Na versão 2018.2, esse processo acontece automaticamente. O Tableau Server no Linux vai detectar e configurar as portas adequadas do daemon de licenciamento automaticamente.

Amazon Linux 2 agora compatível

Começando com a versão 2018.2, o Amazon Linux 2 (AL2) agora é uma distro compatível para o Tableau Server no Linux. Para obter detalhes sobre todas as distros compatíveis, consulte Antes da instalação....

Alterado em 2018.2

A versão 2018.2 inclui algumas mudanças significativas que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização. As seguintes seções resumem as alterações significativas no Tableau Server 2018.2 e fornecem links para a obtenção de informações adicionais.

A movimentação do repositório para um cluster de dois nós não tem suporte

Atualizações nos logs do Apache no Tableau Server

Os arquivos de log armazenados no /logs/httpd agora contêm registros com vários aprimoramentos de formatação, incluindo o seguinte:

  • Os nome do servidor são mostrados de acordo com a configuração UseCanonicalName, que facilita a diferenciação entre nós em uma implantação de vários nós.
  • As datas e horas agora são monitoradas em uma única cadeia de caracteres de hora e data que pode ser reconhecida facilmente como um único valor por uma variedade de ferramentas de análise de dados, incluindo o Tableau Desktop.
  • Os fusos horários agora são fáceis de analisar
    • No Linux, o deslocamento numérico do UTC é fornecido.
    • No Windows, o nome do fuso horário aparece entre aspas

As alterações de formatação da data, hora e fuso horário são ilustradas por uma entrada de log de exemplo do Tableau Server versão 2018.1 e anteriores:

::1 - - 2018-05-09 08:51:48.872 GMT Daylight Time 80 "POST /vizql/w/Regional/v/Obesity/sessions/A971A92AF77A4F4A9813065BDCEB24D6-0:0/commands/tabsrv/render-tooltip-server HTTP/1.1" "-" 200 445 "593" 135021 WvKolPH4UcM5KrzUbLi8EwAAA@E

Para fins de comparação, a seguir uma entrada de log do Tableau Server versão 2018.2:

10.210.24.3 127.0.0.1 - 2018-05-09T16:07:58.120 "GMT Daylight Time" 80 "POST /vizql/w/Superstore/v/Overview/bootstrapSession/sessions/185CCDC854A44765BB0298E93B403879-0:3 HTTP/1.1" "-" 200 136026 "784" 2370951 WvMOzgKIhfzh9kFWO@ow2gAAA1Y

A função de site Somente leitura foi descontinuada

A função de site Somente leitura introduzida no Tableau Server versão 2018.1 foi descontinuada. Qualquer usuário atribuído à função de site Somente leitura na versão 2018.1 é reatribuído para a função de site Viewer (Visualizador) depois de uma atualização para a versão 2018.2. Para saber mais sobre as funções que os usuários exercem no site, consulte Definir funções dos usuários no site.

O comando tabcmd initialuser solicita uma senha

Nas versões anteriores, o comando tabcmd initialuser exigia um parâmetro --password para definir a senha inicial do administrador. No tabcmd incluído nessa versão do Tableau Server, é possível deixar o parâmetro --password fora do comando para que seja solicitado no shell. Consulte initialuser.

Novas portas adicionadas

Adicionamos novas portas de serviço na versão 2018.2.

Atribuição automática de porta

Para instalações em que a atribuição automática de porta está habilitada (essa é a opção recomendada e padrão), não deverá haver nenhum impacto na atualização. As novas portas serão selecionadas automaticamente na atualização.

Atribuição manual de porta

Se você desabilitou a atribuição automática de porta, será necessário especificar as novas portas na configuração antes da atualização. Para obter mais informações sobre a atribuição manual de porta, consulte Atribuição manual de porta.

Portas adicionadas na versão 2018.2

Nomes de porta Descrição
Caso desabilite o mapeamento dinâmico de portas, você deverá especificar isso para cada nó.
hyper.port Porta principal do processador de dados.
hyper.connection.port Porta de conexão do processador de dados.
licenseservice.vendor_daemon.port Porta daemon do fornecedor de serviços de licenciamento.
samlservice.port Porta do serviço SAML.
tabadminagent.columbo.port Porta de descoberta de serviço do Agente de administração
tabadminagent.filetransfer.port Porta de transferência de arquivo do Agente TSM.
vizportal_0.microservice.extensions.port Porta de extensões do servidor de aplicativos.
vizportal_0.monolith_grpc.port Porta GRPC do servidor de aplicativos.

 

Versão 2018.1

Adicionado na versão 2018.1

A versão 2018.1 inclui os seguintes recursos novos.

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Redimensionar cabeçalhos na Web

Ao editar uma exibição na Web, é possível redimensionar a largura e a altura dos cabeçalhos de coluna.

Simplificar tópicos de discussão excluindo comentários

Se um comentário em uma exibição é desnecessário ou incorreto, os usuários podem excluí-lo rapidamente ao clicar no X no canto superior direito. Para obter mais informações, consulte Comentários nas exibições na Ajuda do usuário do Tableau.

Para desabilitar a capacidade de excluir comentários, altere a opção tsm configuration set, vizportal.commenting.delete_enabled, para false.

Novas licenças com prazo limitado baseadas no usuário agora disponíveis

O Tableau oferece vários tipos de licenças com prazo baseadas no usuário que concedem uma variedade de criação na Web e outros recursos em várias faixas de preço, oferecendo a flexibilidade para que as empresas paguem pelos recursos de análise de dados e visualização de dados que cada tipo de usuário da empresa necessita. Para saber mais, consulte Licenças baseadas em usuário.

Funções no site novas e renomeadas agora estão disponíveis

Iniciando na versão 2018.1, funções no site e atualizadas agora estão disponíveis. Para saber mais sobre essas funções no site, consulte Definir funções dos usuários no site. Para saber mais alterações na REST API para acomodar novas funções no site, consulte O que há de novo na REST API.

Suporte aprimorado para o gerenciamento de conectores de dados da Web

O Tableau Server agora fornece suporte aprimorado para os conectores de dados da Web (WDCs):

Alterado em 2018.1

A versão 2018.1 inclui algumas mudanças que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização. As seguintes seções resumem as alterações significativas no Tableau Server 2018.1 e fornecem links para a obtenção de informações adicionais.

Opções do comando tabadmin removidas

As opções anteriores --license e --administrator obsoletas não estão mais disponíveis ao usar os comandos tabcmd createsiteusers, tabcmd createusers e tabcmd syncgroup. Essas são mudanças de quebra de código para todos os scripts que ainda usam as opções --license ou --administrator. Para atualizar os scripts, use a opção --role com esses comandos para especificar os níveis de licença ou as funções no site. Para obter detalhes, consulte Comandos tabcmd.

Comandos do tsm atualizados

A partir da versão 2018.1, adicionamos ou expandimos os seguintes comandos do tsm:

  • tsm maintenace cleanup—O comando de limpeza de manutenção do tsm foi adicionado na versão 10.5.1. Na versão 2018.1, ele foi melhorado com opções adicionais que geram mais flexibilidade. Para obter detalhes, consulte tsm maintenance cleanup.
  • tsm reset —Adicionado na versão 2018.1, esse comando permite redefinir o usuário administrativo inicial. Para obter detalhes, consulte tsm reset.

Script upgrade-tsm atualizado

A partir da versão 2018.1, o script upgrade-tsm executado ao atualizar de uma versão anterior agora exige a inclusão do nome de um administrador do TSM ao executá-lo. Por exemplo:

sudo /opt/tableau/tableau_server/packages/scripts.<version_code>/upgrade-tsm -u <tsm_system_admin> -p <tsm_system_admin_password> --accepteula

onde tsm_system_admin é um usuário com permissões administrativas no computador do nó inicial.

Versão 10.5

Adicionado na versão 10.5

A versão 10.5 inclui os seguintes recursos novos.

Usuário

Os novos recursos e aprimoramentos relacionados à criação na Web e interação com exibições na Web estão listados em O que há de novo no Tableau para os usuários(Link opens in a new window) e Criação na Web e Comparação de recursos do Tableau Desktop(Link opens in a new window). Para tópicos relacionados à criação na Web e interação com exibições, consulte Usar o Tableau na Web(Link opens in a new window).

Administrador de site ou servidor

Desempenho aprimorado do servidor para alertas de dados

Agora, para melhorar o desempenho geral, o Tableau Server repete a verificação de alertas de dados com falhas somente quando for verificar as condições de dados de todos os alteras em seguida. Para reverter para a definição anterior, que executa a verificação de alertas com falhas a cada 5 minutos, altere a opção conjunto de configuração tsm,dataAlerts.retryFailedAlertsAfterCheckInterval, para false.

Projetos aninhados

Agora é possível criar hierarquias de projetos quando você desejar criar segmentos e conteúdo em uma área mais ampla. Por exemplo, você um projeto para cada departamento, como Operações. Em cada um desses projetos avançados, separe o conteúdo com base em com ele é usado pelo público-alvo (por exemplo, conexão com dados certificados vs. colaborações em andamento). Para obter mais informações, consulte os artigos a seguir:

Pesquisa filtrada oculta por padrão

Agora, as opções de pesquisa filtrada estão localizadas no lado direito das páginas e ficam ocultas por padrão. O ícone de alternar ficará escuro () quando o painel Filtros estiver aberto, e claro () quando o painel Filtros estiver fechado. Para obter detalhes sobre a pesquisa, consulte Pesquisar conteúdo.

Para usar a pesquisa filtrada, clique em .

Processador de dados do Tableau com Hyper

O Hyper é a nova tecnologia do Processador de dados na memória do Tableau, otimizada para fornecer um desempenho de extração e consulta mais rápido e com maior escalabilidade. Agora é possível analisar grandes conjuntos de dados e criar extrações de forma mais rápida. Para obter mais informações, consulte Processador de dados do Tableau Server.

Extrações usam o novo formato .hyper

A partir da versão 10.5, as novas extrações usarão o novo formato .hyper. Com o novo formato, as extrações aproveitam o mecanismo de dados aprimorado, que é compatível com o desempenho de análise e consulta que o mecanismo de dados anterior, e suportam extrações maiores. Da mesma forma, quando uma tarefa de atualização é executada em uma extração .tde usando a versão 10.5, faz-se o upgrade para o formato .hyper. Para obter mais informações, consulte Atualização de extrações para o formato .hyper.

Alterações na maneira como os valores são calculados

Para melhorar a eficiência e a escalabilidade da fonte de dados e produzir resultados consistentes com bancos de dados comerciais, os valores na sua fonte de dados podem ser computados de forma diferente na versão 10.5. Em alguns casos, essas mudanças podem causar diferenças com os valores e as marcas na exibição entre a versão 10.4 (e anterior) e a versão 10.5 (e posterior). Isso se aplica a fontes de dados de extração e pode se aplicar a: fontes de dados com várias conexões, fontes de dados que usam conexões ativas com dados baseados no arquivo, fontes de dados que se conectam a dados das Planilhas Google, fontes de dados baseadas na nuvem, fontes de dados somente para extração e fontes de dados WDC. Para obter mais informações, consulte Alterações a valores e marcas na exibição na Ajuda do usuário do Tableau.

Tableau Services Manager

O Tableau Server versão 10.5 apresenta a nova configuração do servidor baseado na Web e aplicativo de gerenciamento, o Tableau Services Manager (TSM). Para saber mais sobre o TSM, consulte Visão geral do Tableau Services Manager.

Suporte para topologia quente

O Tableau Server inclui suporte para alterações de topologia quente. Isso permite alterar o número de processos do processador em segundo plano e dos processos VizQL que executam nos nós que já têm esses processos, sem a necessidade de reinicializar o Tableau Server. Para saber mais sobre esses e outros processos do Tableau Server, consulte Processos do Tableau Server.

Suporte para Lightweight Directory Access Protocol (LDAP).

O Tableau Server agora oferece suporte ao Lightweight Directory Access Protocol (LDAP). Para saber mais sobre o suporte ao LDAP no Tableau Server, consulte Repositório de identidades

Alterado na versão 10.5

A versão 10.5 inclui algumas mudanças que o usuário deve conhecer antes de fazer a atualização. As seguintes seções resumem as alterações significativas no Tableau Server 10.5 e fornecem links para a obtenção de informações adicionais.

Alterações na configuração do Tableau Server

O Hyper potencializa o novo processador de dados no Tableau Server 10.5 e apresenta as alterações descritas abaixo. Para obter mais informações, consulte Processador de dados do Tableau Server.

A partir da versão 10.5, o instalador do Tableau instala o processador de dados automaticamente na instalação do armazenamento de arquivo, Vizportal, VizQLServer, servidor de dados ou processador em segundo plano e não pode ser instalado separadamente. Cada nó com uma instância de um desses processos também terá uma única instância do processo de processador de dados. Não é mais possível configurar mais de uma instância do processador de dados em um nó. Para saber mais sobre os processos do Tableau Server, consulte Processos do Tableau Server.

Anteriormente, nas versões 10.4 e anteriores, para instalações distribuídas, o processo do processador em segundo plano lançou temporariamente instâncias do processo do processador de dados (tdeserver64.exe) durante a criação ou atualizações de extração. No Tableau Server 10.5, uma única instância do processador de dados é instalada automaticamente na instalação do processador em segundo plano. O processo do processador em segundo plano usa essa única instância do processador de dados instalada no mesmo nó. Para obter mais informações sobre as recomendações de configuração, consulte Recomendações de instalações distribuídas.

A atualização pode afetar a configuração atual em clusters com vários nós, especialmente se houver certos processos isolados em um nó separado. Para obter mais informações, consulte Processador de dados do Tableau Server.

Alterações nas extrações

A partir da versão 10.5, as novas extrações usarão o novo formato .hyper. O processador de dados melhorado pode ler os formatos de arquivo .tde e .hyper, então a versão mais recente do Tableau Server pode continuar a visualizar e ler pastas de trabalho que usam as extrações .tde.

As extrações existentes não serão automaticamente atualizadas para o novo formato .hyper durante o processo de atualização do Tableau Server ou do Tableau Desktop. Somente quando determinadas tarefas de extração são realizadas na extração .tde, ela é atualizada para uma extração .hyper. Por exemplo, uma atualização automática ou agendada atualizará uma extração .tde para .hyper.

OBSERVAÇÃO: use a API de extração 2.0 para criar extrações (.hyper), que necessitam do Tableau 10.5 e posterior. Se você estiver usando o Tableau 10.4 e anterior, continue a usar o SDK do Tableau para criar as extrações .tde. O SDK do Tableau não tem mais manutenção. Para obter mais informações, consulte API de extração 2.0.

Compatibilidade de versão

As extrações atualizadas não têm retrocompatibilidade. Após as extrações serem atualizadas do formato .tde para o .hyper, elas não podem ser abertas ou atualizadas no Tableau Desktop 10.4 e anterior. A Tableau recomenda que o Tableau Server e todos os Tableau Desktops da sua empresa sejam da mesma versão e estejam atualizados para a versão 10.5 ao mesmo tempo. Para obter mais informações sobre cenários de compatibilidade específicos, consulte Impacto da atualização de extração

Funções no site removidas: visualizador (pode publicar) e não licenciado (pode publicar)

As funções no site de Visualizador (pode publicar) e Não licenciado (pode publicar) se tornaram obsoletas e não estão mais disponíveis. Os usuários com qualquer uma dessas funções no Tableau Server 10.4 ou anteriores serão atribuídos novas funções no Tableau Server 10.5.

Função no site obsoleta No 10.5 será atribuída a função
Visualizador (pode publicar) Viewer
Não licenciado (pode publicar) Não licenciado

Projetos aninhados e navegação de conteúdo

Agora é possível criar hierarquias de projeto quando quiser segmentar o conteúdo em subseções dentro de uma área mais ampla. Por exemplo, você pode criar um projeto para cada departamento. Em cada um desses projetos de nível superior, é possível separar o conteúdo com base em como ele é usado pelo público-alvo (por exemplo, conexão com dados certificados versus colaborações em andamento). Para obter mais informações, consulte os artigos a seguir:

Projetos aninhados e o tabcmd

Ao usar o tabcmd, só é possível especificar um projeto de nível superior na hierarquia de um projeto. Para automatizar tarefas que deseja realizar em um subprojeto ou conteúdo em um subprojeto, é necessário usar a chamada equivalente a API REST(Link opens in a new window) do Tableau.

Nem todas as ações estão disponíveis por meio da API REST. Se usar o Server no Windows e quiser executar uma atualização de extração não agendada ou anexar um arquivo a uma extração, uma alternativa possível é usar o Utilitário de linha de comando para extração de dados do Tableau(Link opens in a new window).

Pesquisa filtrada oculta por padrão

Agora, as opções de pesquisa filtrada estão localizadas no lado direito das páginas e ficam ocultas por padrão. O ícone de alternar ficará escuro () quando o painel Filtros estiver aberto, e claro () quando o painel Filtros estiver fechado. Para obter detalhes sobre a pesquisa, consulte Pesquisar conteúdo.

Para usar a pesquisa filtrada, clique em .

Agradecemos seu feedback! Ocorreu um erro ao enviar o feedback. Tente novamente ou envie-nos uma mensagem.