Conhecer seus dados no nível de banco de dados

Compreender o impacto que determinados fatores no design do seu banco de dados têm no desempenho do Tableau, pode oferecer informações que podem ser usadas para trabalhar com a sua equipe para otimizar os dados no banco de dados.

Habilitar suporte para integridade referencial

Os bancos de dados compatíveis com integridade referencial também são compatíveis com o recurso Pressupor integridade referencial do Tableau para melhorar o desempenho das uniões internas. As uniões consomem tempo e recursos para serem processadas no servidor do banco de dados. Quando você une várias tabelas em uma fonte de dados, o Tableau usa a funcionalidade geralmente invisível ao usuário, denominada separação de união. A separação de união consulta somente as tabelas relevantes, em vez de todas as tabelas definidas na sua união. A separação de união ocorre somente onde a integridade referencial for definida entre as tabelas. Para obter mais informações, consulte Assumir a integridade referencial para uniões de colunas.

Certificar-se de que as permissões de banco de dados sejam compatíveis com a criação de tabelas temporárias

O seu banco de dados concede aos usuários a permissão de criar e soltar tabelas temporárias, também conhecidas como tabelas temp, e o ambiente tem espaço de spool suficiente para as consultas em execução? O Tableau cria tabelas temp para ajudar a melhorar o desempenho e acrescentar funcionalidade. As tabelas temp guardam temporariamente as informações específicas a uma conexão. Se a criação de tabelas temp no banco de dados for restrita, o desempenho geral de pastas de trabalho e exibições não será tão rápido quanto esperado.

Criar índices para tabelas

Indexe as tabelas em seu banco de dados relacional. Para indexar seu conjunto de dados com êxito, identifique os campos que costuma filtrar frequentemente e adicione-os ao índice. Se houver um campo que costuma usar como filtro de contexto, considere configurá-lo como seu índice primário. Se você estiver trabalhando com tabelas do Access que tenham mais de 200.000 linhas de dados, considere configurar índices nas tabelas. Você pode aprender a fazer isso procurando por “índice” na ajuda online do Access. Você pode armazenar oficialmente 2 GB de dados (aproximadamente 1-2 milhões de linhas) em um banco de dados do Access, mas seu desempenho não é muito bom sob esse limite.

Muitos ambientes do sistema de gerenciamento de banco de dados (DBMS) têm ferramentas de gerenciamento que analisarão uma consulta e recomendarão índices que seriam úteis.

Dividir seus dados

Frequentemente, é possível melhorar o desempenho se dividir uma tabela grande de banco de dados em várias tabelas menores. Por exemplo, você pode criar um cluster de tabelas do Access que lidem com subconjuntos específicos de dados.

Usar um servidor de banco de dados

Se você tiver muitos dados, poderá considerar armazená-los em um servidor de banco de dados, como Oracle, MySQL ou Microsoft SQL Server. O Tableau Professional Edition é capaz de se conectar a esses servidores de banco de dados grandes.

Agradecemos seu feedback!