Criar com Marcas de densidade (Mapa de variações)

Use o gráfico de densidade para visualizar padrões ou tendências em dados densos com muitas marcas sobrepostas. O Tableau faz isso ao agrupar marcas sobrepostas e codificá-las por cor com base no número de marcas do grupo.

Os mapas de densidade ajudam a identificar os locais com mais ou menos pontos de dados.

No Tableau, é possível criar um gráfico usando a marca de densidade colocando ao menos uma medida contínua na divisória Colunas e ao menos uma dimensão ou medida na divisória Linhas (ou vice versa), em seguida adicionando um campo ao cartão Marcas.

Observação: os gráficos de densidade funcionam melhor quando usados com fontes de dados que contêm muitos pontos de dados.

Os principais elementos de um gráfico de densidade são:

Tipo de marca:

Densidade

Linhas e colunas:

Ao menos uma medida contínua e ao menos uma medida ou dimensão

Cartão Marcas:

Ao menos uma medida contínua

Os gráficos de densidade usam o tipo de marca de Densidade. Por padrão, o Tableau usa o tipo de marca Automático.

Para mostrar como os gráficos de densidade podem ajudar na compreensão das marcas sobrepostas no Tableau, começaremos com um gráfico de dispersão com um grande número de marcas e o recriaremos como um gráfico de densidade.

Para usar um gráfico de densidade para ver pedidos por data, siga estas etapas:

  1. Abra a fonte de dados Indicadores mundiais, na seção Fonte de dados salvas da tela inicial.

  2. Na pasta Saúde, arraste Mortalidade infantil para a divisória Colunas. O Tableau agrega a medida como uma soma e cria um eixo horizontal.

  3. Arraste a medida Expectativa de vida feminina até a divisória Linhas.

    Agora você tem um gráfico de dispersão de uma marca.

  4. Tanto Mortalidade infantil quanto Expectativa de vida estão listadas como uma Soma, em vez de média. Clique com o botão direito do mouse em ambas as medidas para alterar Medida(Soma) para Média.

  5. Arraste a dimensão País até Detalhes no cartão Marcas.

    Agora existem muito mais marcas na exibição. O número de marcas na exibição agora é igual ao número de países distintos neste conjunto de dados. Se passar o mouse sobre uma marca, poderá ver o nome do país, a expectativa de vida feminina e a taxa de mortalidade infantil.

    Criamos um gráfico de dispersão básico, mas há muitas marcas sobrepostas na exibição e é difícil ver onde as elas estão mais densas.

  6. No cartão Marcas, selecione Densidade no menu para tornar este gráfico de dispersão um gráfico de densidade.

    O Tableau criou um gráfico de densidade ao sobrepor marcas, chamadas kernels, e codificá-las por cor onde essas kernels eram sobrepostas. Quanto mais pontos de dados sobrepostos, maior a intensidade da cor.

    Por padrão, o Tableau selecionou uma paleta de cores azul, mas é possível escolher entre dez paletas de cores de densidade ou qualquer paleta de cor existente.

  7. Selecione Cor, no cartão Marcas, e selecione Luz multicolorida de densidade no menu.

    Os nomes das paletas de cores indicam se foram criadas para uso em gráficos com fundos escuros ou claros. Como nosso gráfico tem um fundo claro, escolhemos a paleta “Clara”.

    Isso altera a paleta de cores em seu gráfico. As áreas mais concentradas aparecerão em vermelho, enquanto que as áreas sem marcas sobrepostas aparecerão em verde.

    Observação: as legendas de cor não estão disponíveis para marcas de densidade.

  8. No menu Cor, use o controle deslizante Intensidade para aumentar ou diminuir a vivacidade das marcas de densidade. Por exemplo, aumentar a intensidade ou a vivacidade diminui os pontos de "variação máxima" dos dados, para que mais dados sejam exibidos.

  9. Selecione Tamanho, no cartão Marcas para ajustar o tamanho da kernel de densidade.

Para obter mais informações, consulte Alterar o tipo de marca na exibição e Criar Mapa de variações que mostram tendência ou densidade no Tableau.

 

Agradecemos seu feedback!